Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

A APCA, DIZ-SE PREOCUPADA COM A MORTE DE GOLFINHOS

A Associação ambientalista de Afife, APCA diz-se preocupada com o número de mortes de golfinhos no Alto Minho e diz que a criação de uma reserva marinha, pode ajudar a diminuir as mortes ultimamente verificadas.


Segundo a associação, só durante este ano são quatro os casos verificados e identificados pela APCA, situação que consideram preocupante, até porque no decorrer do ano de 2007 a associação registou oito arrojamentos. Referem ainda os ambientalistas que nos últimos vinte e cinco anos, foram arrojados já mortos ás praias do Alto Minho, duzentos e cinquenta destes mamíferos marinhos. Esta espécie de golfinhos existe ao largo da nossa costa, essencialmente em mar aberto com mais de cento e oitenta metros de profundidade e a menos de dez quilómetros da costa, podendo esporadicamente entrar em estuários, rias e baías abrigadas.
Recordam ainda, que a Lei nº 140/99 de 24 Abril, anexo-B-IV, aponta o golfinho comum “Delphinus delphis” como uma espécie animal de interesse comunitário que exige protecção rigorosa, por outro lado a captura voluntária de cetáceos ou a comercialização de partes do corpo destes mamíferos marinhos constitui crime, severamente punido pela legislação Portuguesa vigente.


Adianta ainda a APCA que em 2006 a União Europeia notificou o nosso País por incumprimento das directivas comunitárias de protecção dos cetáceos, tendo-lhe concedido um prazo para pôr termo a tais desmandos, que parece não estar a surtir efeito. A APCA, tem ao longo dos últimos oito anos alertado constantemente para a urgência dos Ministros do Ambiente da Agricultura e Pescas de Portugal e Espanha, em articulação com os pescadores locais e os respectivos homólogos espanhóis definirem com a máxima brevidade, as medidas adequadas de protecção dos mamíferos e repteis marinhos no espaço marítimo de ambos os Países, em que a APCA aponta entre outras medidas a criação de uma Reserva Marinha entre a praia Norte (Areosa) e a Gelfa se na realidade se pretende evitar esta mortandade de cetáceos no Alto Minho.

23-Fevereiro --08


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub