Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





FESTA DA RADIO.

por afifenoticias, em 26.12.09

 

FESTA DA RADIO, ENCHEU O CASINO.

 

A Rádio Popular Afifense, organizou uma vez mais um espectáculo com vários cantores do panorama musical Português e até conseguiu fazer com que as pessoas ocorressem em força, para assistirem ao espectáculo que durou quase seis horas. Tal como tem acontecido ao longo das ultimas décadas, a festa da rádio, como assim é designada vem-se realizando, sempre em Dezembro e próximo do natal, muito embora um ano não se tenha realizado, devido ao Casino se encontrar em obras e numa outra altura, foi realizada na sociedade Ancorense, devido às obras que decorriam no salão do Casino. No entanto a afluência aqui, ficou longe daquilo que era esperado, pois sempre que se realiza a festa, o Casino regista sempre grandes afluências de espectadores.

Este ano o cartaz apresentava pela primeira vez a participação de um pianista e não se tratava de um pianista qualquer, já que António Vitorino de Almeida, é figura bastante conhecida e até este ano realizou uma serie de concertos pelo concelho de Caminha. O espectáculo, foi iniciado pelas nove e meia da noite e terminou já perto das três da manhã, muito embora tivessem sido poucos aqueles que arredaram pé, mesmo com o frio que se fazia sentir.

A afluência maior, até foi de gente de fora, registando-se ainda a não presença de vários convidados, mas no caso de Afife, estava representada a Junta e Assembleia de Freguesia, com os seus presidentes e secretario e até o padre da Freguesia, fez questão de estar uma vez mais presente, pelo menos para ouvir o seu colega, padre Borga. Ao piano António Vitorino de Almeida, iniciou o espectáculo, para o pianista, esta foi a sua primeira passagem pelo Casino, casa que desconhecia e que teceu algumas considerações pelas suas condições óptimas para espectáculos. A prata da casa, também se fez representar com a actuação do Grupo Folclórico de Afife, que se apresentou com poucos, mas bons elementos, dançando três das mais típicas danças da freguesia e que a todos agradou.

O grupo apresentou-se com muita juventude e bem ensaiados, com imagem renovada que a todos agradou. Depois do piano e do folclore, o espectáculo teve continuidade com os cantores convidados e foi precisamente o Nelo Silva, que já não é estreante neste espectáculo, apresentou três temas, pois esse foi o critério adoptado para todos.

Ricardo Azevedo, acompanhado de viola, foi o senhor que se seguiu, este era precisamente um dos nomes mais sonantes da noite, até porque em termos do panorama musical nacional, está bem cotado, com um dos que mais discos vende.

O cantor seguinte, foi o padre Borga, que acompanhado de viola, apresentou três musicas conhecidas e o publico até o acompanhou. Apenas se registou um contratempo técnico na actuação do padre Borga e que não constava do programa, é que a amplificação do som da viola, resolveu não funcionar, Borga ainda tentou fazer um compasso de espera com algumas palavras, mas teve mesmo que iniciar a sua actuação com o acompanhamento de guitarrista que o acompanhou, já no final da música e com a troca de um cabo, lá se fez som. Tal como acontece neste tipo de realizações, a organização atribuiu em forma de troféu, uma lembrança aos cantores, registando assim a sai participação neste espectáculo e assim o apresentador e homem da rádio, Joaquim Oliveira, chamou o padre Domingos a palco, para fazer a entrega da lembrança ao padre Borga.

Da música mais calma, passou-se então para a mais radical de origem Africana com um rap, cantados por três jovens da freguesia “SUMBLA”. 

Aqui todos aplaudiram até gostaram daquele estilo em que o carlitos se apresentou à altura dos colegas, já mais experientes nestas coisas da música. Carlos Soutelo e a sua banda, fizeram a apresentação do seu novo trabalho, com três temas calmos que a todos agradou. Da Sociedade Ancorense, vieram as classes de dança de salão, que se apresentarão com dois pares, das classes mais jovens. O humor com o professor Vilas, também se fez representar uma vez mais, pois este humorista, já havia estado presente na edição anterior. O grupo Sinal, em que os elementos do grupo, já haviam estado presentes em espectáculo anterior, mas integrados numa outra banda.

Augusto Canário e Amigos, fizeram a festa à sua maneira, com alguns temas já conhecidos, assim com finalizaram com a habitual desgarrada de ocasião.

Os dois últimos foram Brasileiros, Iran Costa, que teve que alterar o seu programa, pois o CD, resolveu não tocar, nas músicas previstas e por tal, teve que apresentar outras e Jesse, outro Brasileiro, veio a finalizar o espectáculo, quando a noite já ia longa e cantou a última música “Teresa da praia” uma musica brasileira antiga e recriada por Jesse e Nelo Silva, cantando esta em dueto.

O balanço é mais que positivo, só pelo facto de ter havido uma afluência de publico muito significativa, já que todas estas casas de queixam de crise de publico, quanto à organização e graças à experiencia adquirida, saldou-se igualmente pelo melhor. O sorteio do tradicional cabaz do natal, foi este ano para Manuel Laranjo, que por sinal, foi um dos que mais contribuiu para o cabaz.

             

 Em anos anteriores o cabaz era sempre oferta do restaurante praia de Afife, mas este ano, o restaurante foi encerrado por falta de uma licença, o que fez com que a organização tivesse que optar por outro lado. Este encerramento, deixou igualmente a praia de Afife um pouco abandonada, já que era habitual vermos o parque sempre cheio de carros e agora com o restaurante fechado as pessoas nem por ali passam.  Agora concluída que foi esta edição da festa da radio, espera-se que tenha servido como incentivo a outras realizações que possam ter lugar no casino, de modo a atrair de novo os seus associados.

26 de Dezembro de 2009

Afife Noticias Informação

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos