Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





MONTE ARDE EM JANEIRO

por afifenoticias, em 29.01.11

   MONTE DE AFIFE, ESTEVE A ARDER ESTA QUINTA FEIRA.        

Um incêndio florestal foi registado no final da manhã da passada quinta feira no monte de Afife, na área da Chão e facilmente era visível, tanto pelo fumo, como pelas labaredas que eram visíveis da freguesia. Há registos de incêndios florestais nos nossos montados em Janeiro e que desbastaram áreas consideráveis, mas tudo aconteceu em anos de pouca chuva e em que o ano corria seco. No entanto e nesta altura tal não sucede, pois tem chovido mais que o habitual e o monte não se encontra tão seco como isso. Ao que conseguimos apurar, embora de fonte não oficial, é que este incendio poderá ter  sido uma queimada, com o intuito de queimar áreas de mato, afim de criar pasto para animais, como cavalos e vacas essencialmente. No entanto os Bombeiros Municipais de Viana do Castelo, haviam sido alertados para o caso e deslocaram-se ao local durante o inicio da tarde e deixaram o incêndio extinto, mas pelas 21h00, voltaram a ser alertados para um novo reacendimento e assim voltaram ao local. Pelo contacto que efectuamos com esta corporação de Bombeiros, não havia ainda confirmação  se terá sido uma queimada a origem do fogo, ou se terão sido outras as causas do incêndio. O monte de Afife encontra-se abandonado, sem arborização devido aos incêndios que ao longo dos anos desbastaram todo aquele espaço que foi verde, está povoado de gado garrano, que segundo alguns entendidos tem feito referencia, que estes comem os rebentos de certas arvores e por tal estas não chegam a adultas, por outro lado há aqueles que dizem que os garranos, não comem os rebentos de arvores que estejam a crescer, por tal esta situação carece de esclarecimento técnico, o qual não conseguimos a tempo de editar esta edição. Por outro lado, certamente que caso a ZIF de Santa Luzia, viesse a avançar com o tal projecto de recuperação da área florestal, seria benéfico para toda esta mancha florestal que já conheceu melhores dias, produziu mato e madeira e era uma fonte de receita, tanto para a autarquia, que possui trechos no monte de Afife,como para os particulares.

Os incêndios florestais ao longo da ultima década, reduziram a negro o verde do nosso monte, dizimaram a enorme área de pinheiros e eucaliptos e deram lugar ao aparecimento da vegetação infestante, como é o caso das mimosas e acácias, que impedem toda e qualquer vegetação de crescer no espaço por estas ocupado. Depois e para o estado em que o monte se encontra, contribuem os proprietários de bouças e sortes, que não procedem à limpeza das mesmas e muitos até nem sabem a sua localização. Por tal e se tudo continuar como até aqui, vamos certamente a ter uma floresta cada vez mais degradada, em que os incêndios se farão certamente sentir e será em termos ambientais futuramente um grave problema para a própria freguesia, até porque a falta de vegetação autóctone, pode vir a causar mesmo o deslizamento de terras, ou outros problemas ainda mais graves. É certo que ninguém neste momento quer saber da floresta e quando aparece alguem a querer apresentar qualquer projecto de valorização da mesma, ninguém concorda e já todos querem saber dos seus espaços de sortes ou bouças. È caso para se dizer, que  quando se trata para recuperar a floresta, ou para limpar as bouças, logo surge a oposição dos seus donos e por tal como diz o povo, logo  "dá em aguas de bacalhau".

29 de Janeiro de 2011

Afife Noticias Informação

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D



Favoritos