Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

...

    AFIFE  DIGITAL.             

Semanario On-Line de Afife                      
Edição actualizada aos sábados pelas 21h30     
Editado por Afife Noticias,Caminho da Cabriteira, Afife 4900-012    

Mail--   afifenoticias@sapo.pt                      

LOCAL ON_LINE-00   REGIONAL ON_LINE00  NECROLOGIA-00
JUNTA de FREGUESIACASINO AFIFENSE          RADIO AFIFENSE     
APCA                             ROTEIRO                         ASS DES AFIFENSE  

 Retomamos as noticias on-line, locais e regionais, para saber tudo na hora , click em cima na janela, LOCAL ON-LINE  ou  emREGIONAL ON-LINE  ,                                  

Desporto

 ANDEBOL.

                 FUTSAL------Pedro Vaz (PIRA), é o treinador de futsal do Afifense, Pira, como é conhecido na modalidade, treinou a epoca passada o Ponte da Barca

        NOTICIAS NA HORA  ON-LINE          

 

Durante o mes  de Agosto e devido a altura de ferias, não vamos ter a edição semanal de noticias, mas vamos ficar on-line, em noticias na hora, voltamos a 3 de Setembro.

Assim click em cima no tópico e saiba tudo o que se passa em Afife.

------------------------------------------------------------

 ---------------------------------------------------------------

 -----------------------------------------------------------------

 Foram mais de duzentos os idosos de Afife, Carreço, Soutelo e Amonde, que conviveram em Afife,integrados na CSIF, a que agora se juntou a freguesia de  Amonde.

Noite de folclore do Movimento Associativo de Afife, esteve bem animada, com muito publico e com Francisco Sampaio a palestrar sobre o folclore e os trajes do Minho.

  

 

Fados e poesia, na penúltima homenagem do ano ao poeta Pedro Homem de Mello, A fadista  de Vile, Elsa Gomes, animou a noite e Maria José Colaço e António Neiva, recitaram poesia

 .

BTT e caminhada, do Movimento Associativo e 2011. movimentou cerca de 70 pessoas.

    Pode ver fotos,da caminhada  

-

Pode  ver fotos do BTT              

 

Dinis Car, eles são os papa torneios de futsal e venceram pela quarta vez, o torneio de Afife, numa final, com 300 espetadores

 Ultima noite gastronómica, no movimento associativo, com tuna e musica atéàs tantas. 

-  

 

Emília Areias, expôs pela primeira vez em Afife e surpreendeu todos, porque eram poucos aqueles que lhe conheciam esta veia artística.

 A crise e o tempo, condicionam a afluência de veraneantes ás praias e esta tem sido a mais baixa dos últimos 20 anos.

 

Não havia necessidade de deixarem  o lixo junto do caminho da Revolta.

 Assaltos em Afife, em plena luz do dia e numa  das mais movimentadas estradas da freguesia

 

Revista "FAROL 100 REPUBLICA" volta à cena sexta feira em Carreço.

 APCA, alerta em comunicado, para a situação em que se encontra o Rio do Pêgo em Areosa.

  
  
  
  
  

 Praça da Liberdade vista do Rio Lima

noticias de Viana 

 Navio Hospital Gil Eannes vai acolher porta de entrada do Centro de Mar .

 Reaberta Rua dos Poveiros, na Ribeira.

Romaria d’Agonia: Alterações de Trânsito.

500 mil euros em eficiência energética das piscinas municipais.

Museu do Traje expõe criações de estilistas.

 Caminha

noticias de Caminha

 

 

noticias de Valença 

 

Convento de Sanfins - Monumento Nacional .

 

O Mundo a Dançar em Valença.

Travessia a Nado do Rio Minho.

 

Câmara Apoia Famílias Valencianas.

 

Largada da Vaca em Valença.

 

Semana do Rio em Valença.

 

 

 

 

 

  
  

CONVIVIO CSIF

      IDOSOS DE AFIFE, CARREÇO, SOUTELO E AMONDE, REUNIRAM-SE EM AFIFE.      

         

Cerca de duzentos idosos das freguesias de Afife, Carreço, Freixieiro de Soutelo, estiveram reunidos em convívio, integrados na Comissão Social Inter-freguesias, que agora se lhe juntou a freguesia de Amonde, que saiu da CSIF (Comissão Social Inter-Freguesias) da montanha, para integrar esta do litoral, passando agora de três para quatro as freguesias. Estes convívios, tem lugar um em cada das freguesia integrada, durante o ano, faltando agora o ultimo do ano, que se vai realizar em Amonde, possivelmente em Novembro. Estes convívios, são organizados pelas respetivas  juntas de freguesias  e contam sempre com animação, um lanche e um convívio entre as pessoas das varias freguesias. Este penúltimo convívio do ano, teve lugar no espaço  exterior do Casino Afifense, contou com animação musical a cargo do conjunto de Mingos Ribeiro e houve ainda sardinha assada, fêveras, broa, vinho e outros petiscos.

No caso de Afife, foram muitas as pessoas de mais idade da freguesia, que se juntaram à iniciativa, o que fez aumentar significativamente o numero de participantes, tendo sido este , o convívio que com mais participantes contou.

 A animação não faltou aos participantes, que ao som da musica lá foram dando ao pé e nem sequer esqueceram as danças do folclore e muitos ainda mostraram estar em grande forma.

Para o presidente de Amonde, freguesia que agora integra a CSIF, salienta serem estas ações importantes, já que permite a reunião entre as pessoas de mais idade em franco convívio e por tal motivo, não teve dúvidas em aderir a esta, dado aqui haver mais atividade. Para o autarca Afifense, considerou que este foi o convívio que de todos mais pessoas reuniu e que se saldou pela positiva, já que os participantes ficaram agradados com o convívio.

 

No caso de gentes de Afife, ainda há muita que não esqueceu as danças do folclore da terra, dançaram e até mostraram que ainda estão em boa forma física, como o caso da Lúcia das Carvalhas, a São do Lauro entre outros.

Quem não teve mãos a medir, foram os que prepararam e cozinharam as fêveras e sardinhas, como o Luís São João e até o presidente da junta deu uma ajudinha.

.Em baixo, pode ver vídeo.

 

6-08-11
ANI

 

FALOU-SE E DANÇOU-SE O FOLCLORE

                                      FOLCLORE, NO MOVIMENTO.`               

  

Foram muitos aqueles que fizeram questão de estarem presentes no Casino Afifense, no quarto dia do Movimento Associativo, não só para ouvirem a palestra de Francisco Sampaio, como para apreciarem as danças e os cantares, que foram apresentados pelos grupos de Folclore de Gondar, do concelho de Caminha, assim como do Etnográfico de Areosa e Danças e Cantares de Afife.

 A noite dedicada ao folclore, iniciou-se com a intervenção de Francisco Sampaio, que focou os trajes do Minho, as danças e as representações de folclore da região. Algumas lavradeiras ajudaram ao tema, mostrando os seus trajes, a que Sampaio, foi dando algumas indicações.

O publico presente fez-se representar em numero significativo, muito embora ali ao lado no pavilhão gimno-desportivo,  estivesse a ser realizado o torneio de futsal, com casa cheia. Todos os grupos no decorrer das suas atuações, foram muito aplaudidos pelo publico presente, como raramente se vê.

 

FADOS E GASTRONOMIA, NO MOVIMENTO ASSOCIATIVO

        FADOS,  TASQUINHAS E CHUVA, NO MOVIMENTO ASSOCIATIVO DE AFIFE.              

          

Não começou da melhor maneira, a noite gastronómica e de fados, inserida no segundo Movimento associativo de Afife, já que  a sessão de fados estava prevista para um palco previamente montado frente da capela da Senhora da Nazaré, ao ar livre e decido ás condições de tempos, estes tiveram que ser transferidos para o salão do Casino. O espetaculo de fados e poesia, tiveram o apoio da Câmara de Viana  e estavam inseridos no programa de homenagem ao poeta Pedro Homem de Mello, com a organização da Tertúlia, Homem de Mello. Foram vários os fadistas que mostraram os seus dotes artísticos, com momentos de poesia por António Neiva e Maria Colaço, onde Pedro Homem de Mello esteve presente através dos poemas que escreveu, assim como  José Carlos Ari dos Santos.

 

O publico esteve presente em força neste espetaculo e aplaudiu os  cantores e até participou, cantando alguns dos fados mais conhecidos. Camilo Ramos, da Tertúlia Pedro Homem de Mello, teceu algumas considerações  ao acontecimento e realçou o poeta homenageado, até porque este ciclo de homenagens, relativos a 2011,vai encerrar já no próximo mêsde Setembro, igualmente no Casino.

 Para encerrar a noite de fados, a  cantora Elsa Gomes, da vizinha freguesia de Vile, cantou alguns fados com as letras do poeta e até lembrou que leva sempre consigo para as suas atuações, Pedro Homem de Mello, porque fecha sempre os seus espetaculos com o "Havemos de ir a Viana" um fado cantado pela Amália Rodrigues com um poema de Homem de Mello.

Na parte das tasquinhas, em que as associações apresentaram alguns pratos gastronómicos locais e não só, estas podem-se queixar apenas do tempo, onde a chuva até se fez sentir e isso certamente que afastou algum publico de estar presente, mas mesmo assim ainda foram alguns aqueles que não quiseram provar os petiscos da região e até à uma da manhã, lá se foram vendendo os produtos apresentados. Haviam algumas ementas curiosas e que despertaram as atenções dos presentes, como a sopa de pedra, ou os lamparões, chouriço assado e os de braseiro.

Para as associações,o trabalho é que foi acrescido, já que na ultima da hora, tiveram que procurar guarda sois e tendas, para abrigarem, da chuva os seus espaços de venda.

06-08-11

ani

 

 

 

 

 

CAMINHADA E BTT

           CAMINHADA E BTT, POR AFIFE.     

 

O encerramento do segundo Movimento Associativo de Afife, culminou com a parte desportiva e de lazer, com as já habituais, caminhada e  BTT. Assim foram muitos aqueles que participaram, tanto na caminhada, como no BTT, embora aqui tivessem participado alguns dos melhores atletas da bicicleta. Na caminhada, a partida foi dada logo pela manhã e pela frente estavam cerca de dez quilómetros para percorrer por entre caminhos de Afife, passando por alguns dos seus pontos mais emblemáticos. à partida foram algumas dezenas de participantes que encetaram o percurso que havia de terminar já pouco depois do meio-dia.

Quanto ao BTT, estes com um percurso de mais de vinte quilómetros e com vários andamentos, dada a preparação física de cada participante, mas todos chegaram ao fim, com mais ou menos dificuldade. Este percurso, decorreu por caminhos da freguesia e do monte, passando ainda por Carreço, com alguns caminhos sinuosos, onde era necessário levar a bicicleta à mão. No final,todos ficaram satisfeitos com o percurso, que estava devidamente marcado com fitas em amarelo e acima de tudo foi um dia de convívio.

Para os caminhantes, que englobava gentes de todas as idades, alguns até repetentes, gostaram de ter participado e com mais ou menos cansaço, tudos chegaram ao fim e praticamente em grupo.-

 

 

 

 

As fotos da caminhada, foram cedidas, por um participante na mesma.

BTT

0708201112584

0708201112678

0708201112664

0708201112652

0708201112633

0708201112607

0708201112605

0708201112594

0708201112588

0708201112534

 

DINIS CAR, VENCE TORNEIO AFIFENSE, PELA QUARTA VEZ

                       FUTSAL, COM BALANÇO POSITIVO.                  

    

 

DINIS CAR, É O PAPA TORNEIOS DE FUTSAL.

FINAL.

EQUIPA VENCEDORA--- -DINIS CAR

2º-------------------------ZB WEAR

3º------------------------  LUNAS

EQUIPA FAIR PLAY-------VIANA SEGUROS

MELHOR JOGADOR-------HUGO COSTA  LUAR CAFE

MELHOR GUARDA REDES--MATOUÇOS   ZB WEAR

MELHOR MARCADOR-------RUDY            ZB-WEAR

 

OS ARBITROS DA FINAL, QUE ESTIVERAM  Á ALTURA DO TORNEIO.

 DINIS CAR--4  ZB WEar  3 apos prolongamento

LUNAS------3  LUAR CAFE----1

No jogo de apuramento para o terceiro lugar O Lunas ficou em terceiro, já que venceu o Luar Café por 3-1, numa partida de pouca qualidade técnica, onde o Lunas foi a equipa mais concretizadora.

Quanto ao jogo que determinaria o campeão, também não foi uma grande partida de futsal. O ZB Wear, marcou  primeiro e até ao intervalo manteve o 1-0. No segundo tempo o Dinis Car,com jogadores mais experientes, optou por prescindir do guarda redes em algumas situações de ataque e veio a empatar a partida 1-1, no entanto o ZB fez o 2-1 e já perto do intervalo surge o 2-2. Partiu-se então para prolongamento e o Dinis Car, faz o 3-2 e 4-2, embora o ZB tenha chegado ao 4-3, numa altura em que já nada havia a fazer.

Quanto ao torneio, teve equipas de grande qualidade, assistiu-se a bons jogos de futsal e a boas arbitragens e o publico apareceu em todos os jogos em grande numero.

 por MEIAS FINAIS.

A equipa Dinis Car, constituída por jogadores do Afifense e Santa Luzia, venceu pela quarta vez consecutiva, o torneio de futsal de Afife e no computo geral, foi a equipa mais regular do torneio, aquela que melhor técnica mostrou, com jogadores experientes e que nunca deixavam de acreditar, mesmo quando perdiam por 1-4 e conseguiram vencer o jogo.

Os jogos das meias finais, foram os mais emotivos, com o publico, cerca de 300 pessoas, a vibrar,tanto por uma como por outra equipa. O primeiro jogo das meias de finais, Dinis Car e Luar Cafe , começou por dar vantagem ao Luar Café, que chegou ao intervalo a vencer por 3-0, dadas as facilidades que a equipa do Dinis Car ofereceu . No entanto e na senda parte, a equipa veio determinada a dar a volta ao resultado, prescindiu do guarda redes em situações de ataque e conseguiu chegar ao fim do tempo regulamentar com uma igualdade de 6-6. Passou-se então ao prolongamento de cinco minutos para cada lado e aqui o Dinis Car venceu por 10-7. A equipa do Luar Café era constituida por jogadores do Ancorense, mas  não conseguiram dar a volta ao melhor futebol praticado pela equipa vencedora. Esta partida, foi uma autentica final, disputada ate quase ao apito final e com o publico a vibrar.

 

No segundo jogo da noite, Lunas  e ZB Wear, proporcionaram uma partida de menor qualidade técnica e mais lenta e foi com uma certa facilidade que o ZB Wear, veio a vencer a equipa constituída por jogadores que atuam no Santa Luzia.

Assim, Luar Café e Lunas, vão jogar para o terceiro lugar, enquanto que ZB Wera e Dinis Car, vão discutir quem vai ganhar o torneio.

 

TERMINOU O TORNEIO DE 2011

Finalizada que está a quarta edição do torneio de futsal do Afifense, o balanço traçado é considerado de positivo em todos os aspetos, embora este tenha começado com algumas dificuldades, dado que até à data prevista para o fecho das inscrições, não se registava o numero mínimo de equipas inscritas que viabilizasse a realização do torneio. A organização resolveu então dar mais oito dias para alem da data estabelecida e assim  foram feitas mais duas inscrições que passou a haver dez equipas participantes e aí já dava garantias para a realização do torneio. Quanto ao nível das equipas, todas elas demonstraram grande qualidade no futsal praticado, aconteceram jogos muito equilibrados e disputados até ao ultimo segundo e o publico apareceu e vibrou com os jogos. A organização e para fazer face ás despesas, organizou, tal como tem sido habitual, o sorteio de brindes, através de uma senha de entrada ao preço de um euro, no entanto e com a crise que se faz sentir, nem todos contribuíram.

O publico medio durante o torneio, era de certa maneira significativo e sempre muito barulhento,no apoio as equipas.

Este torneio, já ganhou raízes em Afife e é já considerado como o torneio de melhor qualidade no Alto Minho.

GASTRONOMIA, TUNA E MUSICA

                         ULTIMA NOITE GASTRONÓMICA.                                     

 

O Movimento Associativo de Afife, encerra com a ultima noite gastronómica, onde as associações guardaram para a ultima noite os seus melhores petiscos e que só  deram a conhecer apenas no inicio da noite, isto porque o segredo é neste caso alma do negocio. Aqui e com o tempo a dar já uma ajudinha, o espaço abriu tal como estava previsto pelas sete da tarde  e desde logo se notou uma participação do publico que se juntava junto das tasquinhas das associações, como do Casino Afifense, Centro de Dia, Clube de Caçadores, Grupo de Folclore e Associação Desportiva Afifense.

As tasquinhas, ficaram situadas este ano, encostadas ao muro da escola, com esplanadas desde o pátio do casino, o que permitiu uma nova funcionalidade do espaço, que ficou vedado ao transito.

A primeira  das tasquinhas, foi a da Associação Desportiva Afifense, que era facilmente identificada pelo verde das suas cores e pela bandeira com o símbolo. Aqui podiam-se encontrar as pataniscas, o arroz doce, leitão, mexilhão, entre outros petiscos, bem como o vinho verde da região.

.

Logo a seguir, o Centro de Dia apresentava a sua tasquinha, que igualmente apresentou vários petiscos e algumas especialidades, como feijoada de búzio, sopa de chora, doçaria variada entre  outros.

O Centro de Dia, alem dos petiscos, também vendia produtos feitos pelos seus utentes.

O Grupo de Danças e cantares de Afife, situava a sua tasquinha  no espaço seguinte, tendo apresentado como especialidades, o chispe, orelha, pá de porco, moelas entre outros.

Mas também contavam com doçaria variada.

No final deste  espaço ocupado por quatro associações, estava a tasquinha do Clube de Caçadores da Encosta de Santa Luzia,, que logo chamava a atenção com as cabeças de javali, até porque o seu prato forte, era precisamente o javali no pote, a sopa de pedra e ainda aguardente com mel e mel, como especialidades.

Aqui, não gavia tempo para descanso, já que foi uma das tasquinhas mais movimentadas, já que o javali no pote tinha sido um sucesso o ano passado.

No local podiam-se ver os potes em ferro, onde era confecionado o javali.

O Casino Afifense, teve o São João, como principal cozinheiro e tambem não deu mãos a medir.

Por sua vez o Casino Afifense, não precisou de sair das suas instalações, pois possui espaço para as suas atividades de exterior e desde cedo que começou a preparar os seus petiscos, a cargo do Luís São João e o João, que mais tarde teriam reforços, porque era muito trabalho só para dois. Como especialidades o casino apresentou o misto de carnes, as sardinhas assadas, o caldo verde entre outros.

Quanto aos petiscos apresentados, estes foram de agrado dos visitantes, mas o javali, voltou a ser o prato mais vendido e voltou a ser o mais elogiado,tanto pelos que  o provaram pela primeira vez, como pelos que  o ano passado experimentaram. O javali, era servido com batata cozida e até houveram aqueles que repetiram a dose.

 

O presidente da junta, Arlindo Sobral, procedeu  em palco montado, frente da capela da Senhora da Nazaré, à entrega de uma jarra em porcelana, feita propositadamente para evocar este segundo movimento associativo, ás associações que participaram em mais esta ação na freguesia.

Seguiu-se a animação, primeiramente a cargo da tuna do Instituto Politecnico de Viana, que contribuiu para a animação da noite, num recinto praticamente cheio, em que no seu reportorio musical, apresentaram musicas alegres e populares que a todos agradou.

Para finalizar a musica ao vivo, foi a vez das concertinas, com um grupo onde integram a Sabrina, do grupo de folclore de Afife, um outro elemento, que nos falhou o nome em cima da altura desta edição, mas que mais tarde o vamos referenciar e faz parte do  mesmo grupo, mas que não pode estar presente o doutor Abílio, que também lhe mordeu o bichinho das concertinas.

Para finalizar a noite, foi a vez do DJ Ruca, mostrar as suas habilidades, começando logo com o estou na lua, numa sessão em que foi passada a melhor musica dos últimos 50 anos.

Em termos de balanço final desta mostra gastronómica e aqueles que contactamos das diversas associações, diziam-nos que foi positiva a sua participação, já que dá sempre para arrecadar mais uns trocados para as suas atividades. Consideram que não esgotaram a maioria dos seus produtos preparados para este movimento, mas também salientam que se o tempo estivesse melhor, certamente que o negocio seria outro.

O publico compareceu uma vez mais em força e o Largo tomas Pinto, ficou praticamente repleto e os lugares nas esplanadas, rapidamente se esgotaram, não só de gente de Afife, como também se notou a presença de muitos forasteiros e gentes de Carreço, com destaque também para o grupo de teatro da Sociedade, que sempre faz questão de estar presente.

06-08-11

 

EXPOSIÇÃO DE EMILIA AREIAS

                           EMÍLIA AREIAS, EXPÕE PINTURA NO CASINO.                           

Inserido neste movimento, Emília Miranda Areias, natural de Ponte de Lima, mas residente em Afife, há vários anos, expõe trabalhos de pintura de sua autoria,na sala nascente do Casino Afifense e esta exposição, pode ser visitada até domingo.

Emília Areias, trata-se de um talento encoberto, como alguém dizia quando foi visitar a exposição e tomou conhecimento de quem eram os trabalhos ali expostos, já que poucos conheciam esta sua vertente artística.  Emília Areias, expõe pela primeira vez em Afife, mas já andou por outros lados, a mostrar aquilo que executa com grande imaginação e arte. Iniciou-se na pintura no atelier mestre Simões e já pinta desde 2004.

Os trabalhos aqui expostos, mostravam paisagens  variadas, como o mar, o farol,  os rios de Santa Marta, ou a ponte de Ponte de Lima, ou mesmo uma bailarina, que a muitos chamou a atenção e que foi muito admirado este trabalho.

Para a maior parte das pessoas de Afife e que a conhecem, ficaram surpreendidas pela positiva, com os trabalhos expostos, que retratam vários temas e varias áreas, não faltando quadros alusivos a Ponte de Lima, terra onde nasceu e a Afife, terra onde vive, salienta que não pretende vender quadros com esta exposição, até porque  alguns, que tem para si valor muito especial.

Durante esta semana, foram muitos os que visitaram a exposição e para a organização deste segundo movimento associativo, esta exposição,veio a trazer mais publico, já que há muitos admiradores deste tipo de pintura, que não perdem a oportunidade de fazer uma visita  à exposição.

A artista, já realizou variadas exposições, inclusive em Viana do Castelo e promete não ficar por aqui e em Afife, devem acontecer mais mostras e quem sabe com novos trabalhos. Emília Areias, tem a vocação para a pintura desde criança, já pintou anteriormente figuras para presépios e até fez esses trabalhos para a mulher do presidente da Republica, que era coleccionadora de presépios, depois foi fazer a aprendizagem de algumas técnicas de pintura, pois jeito, é coisa que não lhe falta. Em Afife, esta exposição contou com a visita de inúmeras pessoas que foram unânimes em elogiar a artista e os seus trabalhos expostos.

6-08-11

ANI 

PRAIAS CONTINUAM COM POUCA GENTE.

                                VERANEANTES, CONTAM-SE PELOS DEDOS.                   

    

Este ano as capítulos ás nossas praias, andam pelas horas da crise, não só pela falta de dinheiro, como também pela crise que o tempo instalou, com tempo de chuva e encoberto, que  tira logo a vontade aos mais corajosos de irem para a praia. A situação verificada é geral e não só das praias de Afife, que por sinal até continuam a ser aquelas que mais veraneantes tem registado. Numa antevisão daquilo que venham a ser  os registos de afluências de veraneantes ás praias este ano, pode-se antever que este será certamente o ano de mais fracas afluências pelo menos dos últimos 20 anos. Se tivermos em conta que por norma as afluências começam a cair a partir do 15 de Agosto, isto pelos dados recolhidos em anos anteriores, leva-nos a pensar que estes últimos dias do mês, nada vão trazer de novo e se se mantiver a tradição, vão ser os emigrantes em França que mais se vão fazer sentir e estes não perdem as festas de Viana e logo a seguir regressam aos seus trabalhos.

No caso da praia do Caracol em Afife, há também a registar que desde que encerraram o restaurante Praia,esta estancia balnear, perdeu muitos dos habituais frequentadores, tanto na época alta, como na baixa e assim é quase unânime a opinião que em nada se justificava este encerramento e mais valia ter continuado, porque haviam todas as condições para tal e quando com o avançar do POLIS, então o seu encerramento teria uma melhor concordância. Assim perdeu Afife, perdeu o norte e perderam aqueles que de certa maneira tinham com o verão o seu S. Miguel, isto sem já contar com aqueles que com este encerramento foram lançados para o desemprego.

E perguntam frequentemente  os utilizadores do espaço da praia, muitos até revoltados, se  não haveria mais condições e qualidade com o bar a funcionar como estava, onde havia higiene, casas de banho, esplanada e outros, que com as barracas que agora ali instalaram, mais parecendo os estaleiros de uma obra.

 

 

06-08-11

ANI

NÃO HAVIA NECESSIDADE DE FEITAR O LIXO, NO CAMINHO

                           DEIXARAM O LIXO, NA BEIRA DO CAMINHO.                 

   

Não havia necessidade de deixar uma caixa de garrafas e outro lixo, à beira de um caminho de acesso à floresta. Certamente que ficaria mais perto levar todas as garrafas )que se encontram dentro de uma caixa de cartão à beira do caminho de acesso ao Cruzeiro de S. João, mais propriamente , junto da Revolta)  ao contentor de recolha seletiva da Casa do Povo, que as deixar ali, pois é coisa que ninguém as quer. Pois acontece que alguém, que certamente não sabe que há recipientes próprios para a deposição de matérias diversos, como o vidro, em vários pontos da freguesia e por tal não se justifica que venham a deixar este tipo de lixos nas bermas dos caminhos, até porque  é uma infração à Lei e contribui para a degradação do ambiente.

Esta não é situação única nos últimos tempos  na freguesia, até porque na beira mar se encontram diversos lixos depositados e até recentemente ali foram depositados restos de animais mortos, o que provocou fortes cheiros. 

Ma freguesia de Afife, existem todas as condições para a recolha de todo o tipo de lixos, domésticos, industriais e pesados, em que o utente nada tem a pagar, apenas tem que se ignorar na sede da Junta de Freguesia, por tal não se justifica de maneira alguma, que andem a depositar todo o tipo de lixo, por tudo quanto é sitio, numa clara infração à Lei e onde as coimas são bastante pesadas.

6-08-11

ANI

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONTADOR

Contador Gratis

Favoritos

Links

.

  • .

.

  • .

.

  • .
  • .

.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

on line


contador de visitas