Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

...

AFIFE  DIGITAL.               

semanario on-line de Afife   atualização, aos sábados pelas 21h30        

Editado por Afife Noticias,Caminho da Cabriteira, Afife 4900-012 

o nosso contacto  afifenoticias@sapo.pt                  

 

LOCAL     ON-LINE 00   . REGIONAL ON-LINE 00  NECROLOGIA 00      

JUNTA de FREGUESIA  . CASINO AFIFENSE           .RADIO AFIFENSE   .   

APCA                  .ROTEIRO                       .  ASS DESP AFIFENSE             . 

FUTSAL  

 AFIFENSE, sábado recebe o Leça   .                 

ANDEBOL

 

Afifense. vai sábado ao reduto da Sanjoanense

 

  ESTA QUINTA FEIRA, PODE SEGUIR NA RADIO AFIFENSE, PELAS 21H10, ENTREVISTA COM A DIRETO

ENTRAMOS NA HORA DE INVERNO, NÃO ESQUEÇA DE ATRASAR OS PONTEIROS DO RELÓGIO,QUANDO FOREM DUAS DA MANHÃ DESTE DOMINGO, DEVE ATRASAR PARA A UMA E VAI SER ASSIM ATÉ AO FIM DE MARÇO DO ANO QUE VEM.         

As instalações da escola de surf,na praia da Arda em Afife foram alvo de ato de vandalismo, já que foi arrombada a porta,mas parece que nada foi roubado do seu interior.

 Aves marinhas, apareceram mortas na praia de Afife, encontramos cinco gansos patolas e cinco gaivotas em estado de decomposição,mas garantiram-nos,que à duas ou três semanas atrás, seriam mais de duas dezenas, espalhadas pelo praial

 

 

Vento forte do passado domingo,levantou autenticas nuvens de po na veiga de Afife, que só acalmou quando a chuva se fez sentir. As leiras estavam lavradas e a terra seca, por isso o vento forte removeu a terra com facilidade.

 Os Homens tem o cérebro, nos tomates,subiu uma vez mais à cena no bar do Casino e a companhia, À Margem, Armazém Teatral, pode repetir a peça mais vezes no casino.

Teatro

 

 

Com os regos foreiros por limpar,os caminhos da veiga com as primeiras chuvas, transformaram-se em autênticos rios.Um dos regos de maior caudal, situa-se face à estrada da Arda, mas passava mais agua pelo caminho, que pelo rego.

 Foi mais um convívio, daqueles que foram às inpeções militares, no ultimo ano em que estas se realizaram no ex BC9 em Viana do Castelo, não estiveram todos,porque alguns estão no estrangeiro e outros,perdeu-se-lhe o rasto.

 

O estado da floresta, foi o tema em debate na entrevista da radio, da passada quinta feira, onde  se falou do estado atual e daquilo que se espera para o futuro, mas também se falou da industria do fogo, em que se disse aver  intereses  para que tal se verifique.

FUTSAL,  a equipa do Afifense este fim de semana fica a ver jogar mais uma eliminatória da Taça,porque já foi arredada desta competição, a equipa dica de folga, para recarregar energias, pois sábado recebe o Leça, líder do campeonato.

 

 

Andebol,O Afifense regressa ao campeonato depois de uma paragem de uma semana e recebe o Salgueiros, à procura da primeira vitoria.

 Ricardina Silva,pintora de Esposente,mas radicada em Leiria,  expõe trabalhos desua autoria em Paredes de Coura.

  Tribunal "anula" demolição do prédio Coutinho

Moradores do predio do Coutinho de Viana do  Castelo, fizeram mais um comunicado.

 Centro de  Estufos Regionais de Viana, retomou a atividade da sua academia senior.

Centro de Estudos Regionais

 

Veleiro, Santa Maria  Manuela, passou pela costa de Afife este sábado, numa viagem de passeio até Caminha, Amanhã, domingo, pode ser visitado em Viana do Castelo

 
  
  
 Noticias do Concelho de VIANA DO CASTELO    

 Brasão de Viana do Castelo

 

Abertura do concurso para vender lotes de terreno do Parque da Cidade de Viana do Castelo

Santa Maria Manuela visitável no próximo domingo .

Linha do Minho: Presidente da Câmara pede intervenção de Durão Barroso

Aprovados seis projectos no âmbito do Grupo de Acção Costeira do Alto Minho.

Viana do Castelo acolhe Jogos Intercélticos em 2013 .

 Museu do Traje recebeu doação do etnógrafo Amadeu Costa .

 Parque Desportivo das Neves vai ser beneficiado e vão ser criados novos acessos rodoviários .

Viana do Castelo na Ferpália, Salão de Turismo da Galiza dedicado ao enoturismo .

Presidente satisfeito com esforços do governo para resolver questão do “Atlântida.

Câmara Municipal aprova requalificação da Avenida Capitão Gaspar de Castro .

 

 Noticias do Concelho de CAMINHA                

Brasão de Caminha

 

Chuva, vento e sucesso no Grande Trail da Serra d’Arga.

  

Noticias do Concelho de VALENÇA                 

 

Brasão de Valença

 

 

Feira Anual dos Santos de Cerdal

       A Última Feira Romaria Galaico-Minhota

Candidatura às Bolsas de Estudo

Até 4 de Novembro.

Valença Promove-se na Vigoferia.

Mercado das Lavradeiras de Valença.

  
  
  
  
  
  
  
  

comunicado,dos moradores do predio do Coutinho

 
C/ Conhecimento aos Grupos Parlamentares na A.R.

COMUNICADO DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO PRÉDIO COUTINHO

Andaram mais de 5 anos a esconder a realidade económico-financeira da VianaPolis, S.A, mas finalmente, começa a destapar-se o véu do descalabro financeiro que representa a teimosia de um autarca.

Desde o inicio da intervenção da VianaPolis, S.A, a Comissão de Moradores, tem publica e insistentemente alertado para o facto de que a intervenção  em causa é um buraco financeiro.

E, pelos vistos a Comissão de Moradores tinha razão.

Custou, mas ao fim de mais de 5 anos, é finalmente assumido publicamente que a VianaPolis, S.A tem um buraco financeiro de mais de 19 milhões de euros.

Buraco esse que aumentará se a VianaPolis, S.A insistir no erro.

Nos tempos que correm e em que se exigem tantos sacrifícios aos Portugueses, ninguém compreende que se continue a gastar milhões de euros para demolir um edifício quando já se percebeu que essa teimosia já representa um buraco de mais de 19 milhões de euros.

Neste contexto e perante a situação económica do País é imperioso encerrar a VianaPolis, S.A, o que aliás já devia ter acontecido em 2006.

Os funcionários da Câmara de Viana do Castelo vão deixar de receber o subsídio de Natal e de Férias porque o Estado tem de pagar muitas facturas e buracos financeiros idênticos ao da VianaPolis, S.A,

mas o Presidente da Câmara de Viana do Castelo prefere insistir no erro e para isso prefere uma vez mais iludir os Vianenses e defender a continuidade da VianaPolis, S.A, ou seja, gastar mais uns milhões a satisfazer a teimosia de demolição do edifício.

A insistir no erro talvez para o ano, já nem haja condições para pagar os salários dos funcionários da Câmara de Viana do Castelo.

A Vellozo Ferreira e Associados, advogados dos moradores, afirmam que é falso que a solução de encerramento da VianaPolis, S.A seja uma solução cara ou sequer complicada.

A maioria dos expropriados que acordaram a venda das suas fracções à VianaPolis, S.A renunciaram ao direito de reversão, pelo que a VianaPolis, S.A pode facilmente vender ou arrendar as fracções de que é proprietária.

Sendo que, neste momento a Comissão de Moradores tem investidores potencialmente interessados em comprar as fracções de que a VianaPolis, S.A é proprietária no Edifício Coutinho.

E os expropriados que possam exercer o direito de reversão terão sempre que reembolsar a VianaPolis, S.A pelo mesmo valor  que receberam.

A venda das fracções de que a VianaPolis, S.A é proprietária no Edifício Coutinho, representaria um encaixe financeiro para a VianaPolis, S.A de 9 a 10 milhões de euros.

 E, com a venda dos lotes no parque da cidade, a VianaPolis,S.A, ficava em condições de pagar aquilo que deve.

Portanto, como dizemos desde inicio a VianaPolis, S.A deve encerrar com a maior urgência e, para tanto, a solução passa por vender os seus activos.

Viana do Castelo, 27 de Outubro de 2011

chuva e vento

 CHUVA DEIXOU ALGUMAS MARCAS.         

     

Depois de uma seca prolongada,a chuva que se fez sentir no passado domingo, apanhou alguns pontos de escoamento de agua  obstruídos e por tal originou em alguns caminhos, inundações e foram muitos os que ficaram debaixo de agua a desentupir sarjetas e outros.

Aqui,pode ver-se a nuvem de terra das leiras a ser levantada pelo forte vento,que toda a manhã do passado domingo se fez sentir,só quanto começou a chover,é que a nuvem de pó desapareceu, esta situação foi verificada durante toda a manhã.

A meteorologia previa,chuva e vento forte e não se enganaram muito, pois na manhã do passado domingo, o vento era forte  e levantava autenticas nuvens de terra, na veiga de Afife, já que as terras haviam sido lavradas recentemente, alem da terra se encontrar seca. Com o começo da chuva, o pó foi acalmando, mas as chuvas mais intensas, fizeram-se sentir já a partir do inicio da noite e foi nessa altura em que foram registadas algumas situações de caminhos cheios de agua, pois os locais de escoamento ou estavam obstruídos, ou desde logo as folhas arrastadas pela cheia,vieram a obstruir as grelhas e outros pontos de escoamento. Em relação ao rio de Afife, este veio a ter um caudal significativo, que originou a sua abertura na foz,a meio do praial, tal como já havia sucedido no inicio deste ano, muito embora se perspetivasse, que agora o rio pudesse seguir o seu curso para norte, para desaguar junto das Pedras do Rio, tal como sempre sucedia.

 

Quanto a estragos causados pela corrente do rio,à a salientar o rebentamento  do tubo de aguas dos serviços municipalizados, que alimenta a rede de aguas de Gateira, junto da ponte do Loureiro, o que originou,o escoamento do deposito de agua dos Ferreiros,originando assim uma quebra no abastecimento de agua ao Lugar de Gateira, assim como a junta a repor os níveis, através de cisternas,tal como o fez durante a época de verão.

 

29-10-11

ANI

RICARDINA SILVA, EXPÕE EM PAREDES DE COURA

 

 Exposição de Pintura na Galeria do Centro Cultural de Paredes de Coura - Avenida Cónego Bernardo Chousal – Paredes de Coura.
A mostra decorrerá entre os dias 1 a 27 de Novembro de 2011.
A Exposição pode ser visitada de 3ª a Domingo das 14h00 às 18h00.
E a entrada é livre.
O Título da exposição é "Mais além...".
Porquê este título: "isto porque pretendo chegar mais além, descobrir, transformar, criar....".
Exposição composta por obras a óleo, a acrílico e técnica mista.
As obras que compõe a exposição são de carácter Surrealista e Realista e abordam várias temáticas

ENTREVISTA

               ENTREVISTA  DA RADIO, FOI SOBRE O ESTADO DA FLORESTA.       

     

Esta semana a entrevista da Radio Afifense, que foi difundida em direto na passada quinta feira e é repetida ao domingo pelas 21h00 na mesma estação emissora e retratada no seu essencial aqui no Afife Digital. Esta semana tivemos em estúdio,Cândido Carvalho, comandante dos Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo, Joaquim Viana da Rocha, presidente da Associação Florestal do Lima, Engenheiro Paulo Vieira chefe de divisão de recursos naturais da Câmara de Viana e Arlindo Sobral, presidente da junta de freguesia de Afife. A conversa sobre o estado da floresta, começou com a intervenção do comandante dos bombeiros voluntarios  de Viana, que questionado sobre o que foi  a época de incêndios florestais,começou por salientar  que este até nem foi  um dos piores anos,embora este ano  o verão alargado que se fez sentir, provocou alguns incêndios já na sua parte final,quanto  a meios para combater incêndios,salientou que a corporação tem os necessários,mas deixou claro que nunca se tem todos os meios quando  no terreno se depara com situações de maior envergadura. Cândido Carvalho, diz que o importante é a prevenção e que tem que se começar logo em Janeiro a fazer a prevenção e a sensibilização das pessoas para evitar depois os incêndios.Questionado se este ano a Serra de Santa Luzia foi mais afetada que outros anos, salientou que ouveram algumas ameaças,mas não foi afetada como aconteceu em anos anteriores,mas também salientou que a vigilância apertada com militares, também teve os seus efeitos positivos.

.

Quanto aos riscos de alerta de temperaturas elevadas e que no vermelho, impede  o acesso ao monte, considerou que esta situação não funciona, pois em muitas situações de alerta vermelho, continuava a verificar-se a presença de varias pessoas  na floresta.

Para o Eng.. Paulo Vieira e questionado a se pronunciar sobre a floresta  que temos, foi dizendo  que desde que as pessoas deixaram de utilizar a floresta,esta ficou dividida por muita gente  e está abandonada à sua sorte e por tal não à limpeza nem uma gestão eficaz,o que propicia  o aparecimento dos incêndios florestais.

Considerou que a gestão da floresta esteve muitos anos ligada à parte agrícola, mas com o desaparecimento dos agricultores,esta deixou de ser cuidada e os pinheiros e eucaliptos que existiam,deram o lugar em muitos casos a acácias, que são uma vegetação infestante e que não é de maneira alguma rentável para os proprietários dos terrenos e ainda por cima dá mais trabalho, porque se trata de um grande infestante e salienta que esta situação,tende a piorar.

Não tem avido reflorestações recentes na Serra de Santa Luzia, salvo alguma situação pontual de algum proprietário. Considerou que os incêndios tem efeito negativo na Serra já que queimam as arvores e abrem caminho para a proliferação de infestantes e salientou os incêndios de 2005 que queimaram  grande parte da Serra de Santa Luzia,Salientou ainda o regulamento municipal da floresta,que é necessário, para evitar que se façam cortes de arvores e se deixem ficar cascas e galhos abandonados,o que depois vem contribuir para que  os incêndios se façam sentir.

Quanto ao regulamento,este está já elaborado por parte da Câmara e espera só o suporte legal para poder vir a ser aplicado.

Para Viana da Rocha,presidente da Associação Florestal do Lima e questionado sobre a AFL na proteção da floresta,começou por dizer que se queira ou não,existe a industria do fogo e salienta que todos os anos à incêndios, porque à interessados em pegar fogo e diz que já foram presos e estão em julgamento no Tribunal,varias pessoas da nossa região e diz que muitos dos fogos que aconteceram, foram pegados e diz que é preciso denunciar essas situações. Salientou que a floresta é uma das poucas riquezas que temos e muitos nem sabem o que tem, porque à potencialidades económicas, ambientais e mesmo turísticas.

Considerou que com a ZIF, a gestão da floresta vai mudar e nos proximos cinco anos a floresta de Santa Luzia, vai ter novas vias, vai ser reflorestada e vai criar riqueza, com o avançar da Zona de Intervenção Florestal.

Para Arlindo Sobral, presidente da junta de freguesia de Afife salientou que a floresta de Afife tem sido alvo de vários incêndios ao longo deste ano e só não tomaram proporções elevadas, porque ouveram meios disponíveis, inclusive um meio aéreo e os bombeiros também não estavam na altura a combater outros fogos.Considerou que a parte importante é as acessibilidades e em Afife  este é um problema, porque foi necessário em alguns casos utilizar uma maquina para abrir caminho,para os carros dos bombeiros terem acesso a um incêndio na freguesia. Arlindo Sobral,salientou que em alguns caminhos da área de Formiga, vão ter uma intervenção para os tornar transitáveis, já que estes são importante para o acesso à floresta de veículos de bombeiros. Deixou claro que no caso dos fogos registados na freguesia,estes foram de origem criminosa e até ouveram pessoas que foram notificadas nesse sentido.Considerou que à uma riqueza  enorme na floresta da freguesia e enalteceu o trabalho do corpo de sapadores que foi feito na freguesia e não só.

Arlindo  Sobral,disse que à a necessidade de ordenar certas praticas da floresta e deu como exemplo o caso dos madeireiros, que destroem tudo por onde passam, deixam caminhos e muros derrubados e a estilha nas bouças, por tal diz que é urgente e implementação de um regulamento, para se poder controlar esta situação.

Para o comandante dos Bombeiros de Viana, Cândido Carvalho, salientou que em Afife e em alturas em que vieram combater incêndios florestais. se depararam com inúmeros amontoados de restos de cortes de madeiras, que muitas vezes até originam avarias mecânicas nas viaturas, diz ser abitual na floresta se depararem com  estas situações, por tal a limpeza da floresta, é caso esquecido e muito especialmente por que procede ao corte de arvores.

Para o Eng...Paulo Vieira e questionado se está para breve algum regulamento que venha a disciplinar algumas praticas na floresta, salientou se aguarda apenas por um enquadramento legal para que esse seja aplicado. Quanto a incenfios  florestais, adiantou que em Viana do castelo, ocorreram 550 incêndios, com uma área ardida significativa e em Afife ocorreram 26 incêndios e só não foram mais,dado a intervenção rápida que sempre existiu, salientando as inúmeras vezes que o elicoptero se deslocou a Afife, referenciou que o panorama vai ter que mudar, porque não à verbas para poder sopurtar  este tipo de combate a incêndios.

Alertou para numa área de 100 metros da floresta,os proprietários te,m que manter essas áreas limpas, porque,são  sempre afixados editais nas juntas de freguesias dessas áreas e as pessoas tem que consultar, pois se não procederem à limpeza nessa área estipulada, podem ocorrer contra-ordenações, como o já tem sido em Afife.

Salientou que em Afife em 2005 arderam 674 ectares num total de 921, quanto a caminhos florestais, lembrou que já à uma malha de caminhos em piso natural, mas que é necessário proceder à sua manutenção, como a limpeza das valetas, que vão sendo entupidas pela vegetação.Salientou que neste momento a Câmara tem uma maquina  a melhorar o estradão florestal e que vem já desde Viana e neste momento encontra-se  já em Afife.

 

 

29-10-11

ANI

Com Filipe Costa

CONVIVIO DE ANTIGOS MILITARES

 INPECIONADOS  PARA A TROPA EM 78, REUNIRAM EM CONVÍVIO. 

     

Afifenses que  foram às inspeções militares em 78, fizeram mais um dos seus habituais convívios, só que este foi extra e teve como objetivo, a marcação do convívio anual, para 2012. Desde à alguns anos a esta parte, embora com uma interrupção,  este grupo tem levado por diante anualmente o seu convívio, que decorre sempre numa unidade de restauração, escolhida pela pessoa encarregue da realização do convívio. A organização em cada ano, é rotativa pelos elementos que compõe o grupo e de forma alfabética. Este terá sido o grupo mais numeroso de Afifenses que  se apresentou às inspeções militares e certamente o mais numeroso em termos de elementos que  foram nesse ano cumprir o serviço militar em vários quartéis do Pais. Este ano, presentes estiveram onze elementos, no entanto o grupo é de quinze, mas alguns encontram-se fora do País e um perdeu-se o contacto.

Assim já foi decidida a data do próximo convívio, que é a 29 de Fevereiro de 2012 e encarregue da sua organização nesse ano  está um Afifense, o Pedro, que fixou residência em terras do Lima. Em Afife, parece ser este o único grupo de antigos militares que ainda mantêm o seu convívio, pois outros já deixaram cair no esquecimento.

Agora, esperamos pelo ultimo dia de Fevereiro do ano que vem, para dar a conhecer as  peripécias deste convívio, que certamente vai ser regado com o verde da região, pois para os lados de Ponte, diz-se que o verde da região, é rei, mas atenção à condução, porque na altura em que todos foram para a tropa, até se podia conduzir com uma bebedeira, mas agora a coisa mudou de figura.

 

29-10-11

ANI

 

Viana

Abertura do concurso para vender lotes de terreno do Parque da Cidade de Viana do Castelo .

A Câmara Municipal de Viana do Castelo e a VianaPolis – Sociedade para o Desenvolvimento do Programa Polis de Viana do Castelo SA, acabam de lançar o concurso para a venda dos lotes dos terrenos do Parque da Cidade. O concurso destina-se à venda destinada à construção de edifícios de habitação, equipamento hoteleiro e equipamento social/educativo e a apresentação de propostas decorre até ao dia 22 de Novembro.

O edital do concurso refere que este tem “por objecto a venda de lotes de terreno infra-estruturados para construção de edifícios predominantemente de habitação, um equipamento social/educativo e um equipamento/ hoteleiro, situados no Parque da Cidade em Viana do Castelo”. A apresentação de propostas poderá ser feita até às 18 horas do dia 22 de Novembro de 2011 em carta fechada e podem contemplar a totalidade dos lotes, com excepção do equipamento social/educativo e equipamento hoteleiro, tendo como preço base 9 milhões de euros.

A abertura das propostas será efectuada no dia 23 de Novembro, às 11horas, em sessão pública, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Viana do Castelo. Ao acto público pode assistir qualquer interessado, apenas podendo intervir os interessados proponentes e seus representantes, devidamente credenciados.

No caso de não existirem propostas de preço em carta fechada, será efectuado um leilão, no mesmo local, no dia 30 de Novembro de 2011, às 11horas, sendo as Unidades de Projecto levadas a leilão com as bases de licitação indicadas no quadro seguinte sendo aceites lances mínimos dez mil euros.

Refira-se que Parque da Cidade de Viana do Castelo é uma vasta área totalmente reabilitada e onde a qualidade ambiental é a pedra de toque. Com um parque ecológico interpretativo e de lazer com 23 hectares, um centro de interpretação ambiental e equipamentos desportivos, tem uma privilegiada localização à beira rio e junto ao Centro Histórico da cidade.

 

 

Aprovados seis projectos no âmbito do Grupo de Acção Costeira do Alto Minho .gac

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo defendeu ontem, durante o quarto encontro da Rede Nacional de Grupos de Acção Costeira (GAC) em Viana do Castelo, uma estratégia integrada para o litoral, juntando os múltiplos investimentos que estão a ser levados a cabo não só no GAC Alto Minho, mas também através do Polis Litoral Norte do grande projecto do Centro de Mar, a nascer em Viana do Castelo.

O edil, que também presidente ao GAC Alto Minho, lembrou que os objectivos do encontro passam pelo aprofundamento do conhecimento do trabalho que está a ser desenvolvido no âmbito dos grupos, o intercâmbio de experiências e metodologias, identificar projectos e iniciativas de cooperação social e transfronteiriça e abordar perspectivas futuras para as pescas.

O GAC Alto Minho, sublinhe-se, tem já seis projectos aprovados, no valor global de 310 mil euros, sendo por isso considerado exemplar pelos seus responsáveis. Neste encontro, onde participaram também o subdirector de desenvolvimento da Direcção Geral de Desenvolvimento Pesqueiro da Conselleria do Mar da Xunta da Galicia e o Gestor do Promar, José Apolinário, José Maria Costa aproveitou para defender uma estratégia para o litoral, apoiada em diversos investimentos previstos para o litoral.

O GAC Alto Minho foi criado ao abrigo do PROMAR – Programa Operacional da Pesca 2007-2013, Eixo Prioritário IV - “Desenvolvimento Sustentável das Zonas de Pesca” para, através de parcerias público-privadas locais, apoiar e desenvolver projectos que beneficiem as comunidades locais, tendo em vista sobretudo a valorização das comunidades piscatórias e o desenvolvimento sustentável da actividade e das zonas de pesca do Litoral Norte.

Viana do Castelo acolhe Jogos Intercélticos em 2013 .

 

Viana do Castelo foi a cidade escolhida para acolher os Jogos Intercélticos em 2013. O anúncio foi feito hoje, durante a primeira Conferência Europeia Náutica do Espaço Atlântico, em Brest, na Bretanha, onde Vitor Lemos, o Vereador com o Pelouro do Desporto da Câmara Municipal e vários representantes de clubes náuticos de Viana do Castelo participam para apresentar o Centro de Mar.

 

Esta conferência, sob a temática “Desafios e Oportunidades de Desenvolvimento Sustentável do Sector Náutico nas Regiões Atlânticas”, conta com a participação de 50 peritos da náutica, oriundos de Espanha, Irlanda, Reino Unido, França e Portugal e de representantes da Comissão Europeia, assumindo-se como um espaço privilegiado de partilha de boas práticas do projecto NEA2 e um contributo decisivo para o êxito da Estratégia Europeia do Atlântico, catapultando a Náutica Atlântica como referência internacional.

 

Organizada pelo Conselho Regional da Bretanha, pelo Conselho Geral de Finistèrre e pelos parceiros do projecto NEA2, com o apoio da União Europeia, a iniciativa reveste-se de maior importância pelo facto de o cluster da náutica se ter tornado, nas últimas décadas, um dos principais factores de desenvolvimento económico das regiões atlânticas.

 

            Durante a primeira sessão, foi anunciado que Viana do Castelo irá acolher os Jogos Intercélticos em 2013, uma novidade que para a autarquia se reveste da maior importância, numa altura em que Viana do Castelo se pretende impor como cidade náutica e destino de excelência do turismo náutico, juntamente com a estratégia do Centro de Mar que irá nascer.

 

O futuro Centro de Mar, um projecto aprovado no âmbito do Programa Operacional dos Factores de Competitividade – COMPETE do QREN e que integra o Cluster do Mar da região norte com investimentos a rondar os 25 milhões de euros, terá como missão contribuir para o desenvolvimento económico e social da região. O objectivo principal é constituir como uma verdadeira região atlântica de qualidade, e possibilitar a criação de uma marca distintiva ligada à costa atlântica.

 

Esta estrutura do Centro de Mar vai, por isso, apostar na náutica de recreio e dos desportos náuticos através da articulação em rede de um conjunto de actividades que englobam a construção e reparação de embarcações de recreio, a expansão e qualificação de instalações náuticas, o turismo náutico e a valorização de elementos patrimoniais e ambientais.

 

 

 Museu do Traje recebeu doação do etnógrafo Amadeu Costa .AB31378_amadeu_costa

A Câmara Municipal de Viana do Castelo assinou, com os descendentes de Amadeu Costa, um protocolo de doação de uma valiosa colecção de trajes daquele etnógrafo vianense ao Museu do Traje. Na cerimónia, que integrou ainda a abertura da exposição “Amadeu Costa – Traje e Chieira”, José Maria Costa agradeceu aos familiares o “acto de generosidade” e lembrou uma “das figuras mais relevantes da vida cultural vianense”.

Esta doação inclui algibeiras, aventais, saias, coletes, casacas, camisas, lenços, calçado, meias, toalhas e trajes de homem e mulher e vem enriquecer assim o património do Museu do Traje de Viana do Castelo.

 

 São dezenas de fatos que a sua família decidiu doar ao Museu do Traje, numa colecção que demonstra a sensibilidade com que Amadeu Costa viu o traje, e o povo vianense, incluindo trajes ricos, mas também os mais humildes, mais esquecidos, aqueles que chamaram menos a atenção dos coleccionadores: os trajes de trabalho, grosseiros, com pouca decoração, do quotidiano duro, das idas ao monte para cortarem o mato para as camas dos animais, ou das lavradas que duravam dias inteiros.

 

É esta a colecção que agora vai estar patente até final do ano e que tem uma fundamental importância para que o Museu possa cumprir a sua missão de estudar e divulgar os modos de vida tradicionais do Alto Minho dos finais do século XIX e inícios do XX, que formam a identidade vianense e alto minhota.

 

Amadeu Costa, recorde-se, foi um incansável lutador pela criação de um museu dedicado ao traje regional em Viana do Castelo. No momento da aquisição do edifício do Banco de Portugal para a instalação desse Museu, em 1996, foi ele que organizou a exposição Traje Regional, a primeira que aqui se realizou e, no ano seguinte, organizou também a exposição que marcou a inauguração do Museu: Ambientes Regionais e Trajes. Por esta razão o Museu atribuiu a uma das suas salas o nome de Galeria Amadeu Costa.

 

Por todas estas razões, o Presidente da Câmara agradeceu à família o acto de generosidade, lembrando o “Sr. Amadeu Costa como uma das figuras mais relevantes da vida cultural vianense”.

 

“O Museu do Traje, a sua «menina dos olhos» deve muito ao seu trabalho, esforço e preservação de peças de grande valor patrimonial que enriquecem o seu espólio, tal como todos os que têm cedido ou oferecido peças para exposição e para o património cultural do Museu do Traje de Viana do Castelo”, concluiu.

 

 

 Parque Desportivo das Neves vai ser beneficiado e vão ser criados novos acessos rodoviários .AB31329_neves

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e os Presidentes da Junta de Freguesia de Mujães e Vila de Punhe assinaram um protocolo de colaboração para beneficiar as instalações do Parque Desportivo das Neves e os respectivos acessos rodoviários. Na sessão, José Maria Costa lembrou que se trata de assumir um compromisso para com o desenvolvimento desportivo do Vale do Neiva e, em especial, do Neves Futebol Clube.

Na sessão, onde não faltaram os autarcas locais, o vereador com o pelouro do Desporto mas também dirigentes técnicos e associativos e ainda o corpo técnico e atletas do Neves F.C., foi assinado um protocolo de colaboração que, reconhecendo a dinâmica desportiva abrangente do território entre Mujães e Vila de Punhe, sublinha a necessidade da adequação das infra-estruturas existentes.

 

Para tal, será requalificada a rede de equipamentos existentes e melhorado o quadro das acessibilidades locais com a criação de um projecto de requalificação do Parque, incluindo uma nova unidade de balneários de apoio, e ainda criados arruamentos de ligação de Mujães e Vila de Punhe ao Parque Desportivo.

 

Estes estudos e projectos vão, segundo descreveu o Presidente da Câmara, permitir reorganizar e estruturar a rede viária entre Mujães e Vila de Punhe, adequar as actuais instalações do Neves F.C. com balneários e campo de jogos sintético e áreas de apoio e estacionamento.

 

Para o edil, esta é a resposta aos anseios de autarcas locais e dirigentes que, com este protocolo, “ficarão dotados de infra-estruturas do século XXI e para que, em 2013, ano das suas bodas de diamante, possam ter estruturas que permitam o apoio à prática desportiva e formação desportiva de jovens”.


 

 

 

Viana do Castelo na Ferpália, Salão de Turismo da Galiza dedicado ao enoturismo .

 

    

 

ferplia_2011_cartazA Câmara Municipal de Viana do Castelo está presente, até amanhã na FERPÁLIA – Salão de Turismo da Galiza, uma feira profissional do sector, este ano dedicada ao Enoturismo, a decorrer na cidade galega de Pontevedra. Para os eventos, a autarquia convidou empresários locais para promoverem os seus produtos e serviços.

Este certame inclui diversas actividades paralelas, nomeadamente as Jornadas Técnicas sobre Enoturismo, a Bolsa de Contratação Turística, Provas de Vinhos comentadas e dirigidas a profissionais, a Praça do Vinho, apresentações de produtos relacionados com o vinho (velas, produtos cosméticos), demonstração de Spa-Vinoterapia, XIII Concurso – Exposição de Fotografia Turística, entre outros.

Aproveitando esta presença, a Câmara Municipal convidou proprietários de alguns estabelecimentos comerciais, unidades de alojamento e de produção de vinho relacionados com o Enoturismo, para promoveram os seus produtos e serviços neste certame, com especial ênfase na bolsa de contratação turística, que conta com a presença de operadores turísticos de toda a Espanha e Brasil.

Nos dois dias da feira, hoje e amanhã, será realizada uma degustação de produtos gastronómicos e vinhos aberta ao público em geral, que conta com o apoio da APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo e dos produtores de vinho.

Esta participação materializa a aposta que a autarquia tem vindo a fazer no mercado turístico espanhol, nomeadamente no mercado galego, neste caso com a aposta num nicho de mercado da maior importância económica para a região, como é o enoturismo.

 

Presidente satisfeito com esforços do governo para resolver questão do “Atlântida.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, endereçou ao Secretário de Estado da Defesa, Paulo Braga Lino, a sua gratidão pelos esforços que levado a cabo para resolver a questão do navio Atlântida.

 

Perante as mais recentes notícias que dão conta dos esforços em encontrar uma solução definitiva para o navio Atlântida, construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, José Maria Costa deu nota do sua satisfação e lembra que se trata de um negócio que poderá por em causa a viabilização dos ENVC.

 

Recorde-se que o Secretário de Estado da Defesa defendeu hoje que o navio, rejeitado pelos Açores para o transporte de passageiros e viaturas entre ilhas por não atingir a velocidade contratada, seria uma solução para as ilhas que consistiria em menor prejuízo para os utentes.

 

O navio Atlântida foi construído em 2009, tendo custado 46,5 milhões de euros. Depois de ancorado durante quase dois anos nos ENVC, rumou recentemente a Lisboa, demonstrando que ultrapassa mesmo a velocidade contratada, mas está sem destinatário final após a recusa do Governo Regional dos Açores.

 

 

Câmara Municipal aprova requalificação da Avenida Capitão Gaspar de Castro .

 

A Câmara Municipal aprovou, em reunião de câmara, o projecto de modernização da Avenida Capitão Gaspar de Castro e respectiva abertura do concurso público. Esta avenida, uma das mais movimentadas da cidade, vai agora ser intervencionada, sendo o valor base do concurso 1.8 milhões de euros.

 

 A requalificação da Avenida, onde estão vários equipamentos públicos como estabelecimentos de ensino, mercado, piscinas e pavilhões, vai permitir a sua beneficiação com prolongamento das vias de circulação, redefinição das áreas de estacionamento e colocação de infra-estruturas das redes públicas e arborização, iluminação pública de eficiência energética, mobiliário urbano e sinalética.

 

A requalificação da Avenida será submetida a candidatura a fundos comunitários e vai melhorar sobretudo a segurança rodoviária e pedonal, sendo a área total de intervenção de cerca de 35 mil metros quadrados, custando 1.8 milhões de euros e com tem um prazo de execução de seis meses.

 

Na mesma reunião, a Câmara Municipal aprovou o contrato promessa para a instalação da empresa SAERTEX no Parque Empresarial de Lanheses, assim como o apoio à actividade regular dos grupos folclóricos do concelho no valor de 35.500 euros e ainda para as escolas de música e grupos corais de Viana do Castelo, no valor global de 33 mil euros.

 

Linha do Minho: Presidente da Câmara pede intervenção de Durão Barroso .

 

O Presidente da Câmara de Viana do Castelo pediu a intervenção de Durão Barroso no processo da modernização da via ferrea. Numa carta, José Maria Costa apela ao Presidente da Comissão Europeia que, no âmbito das políticas comunitárias, a modernização da Linha do Minho seja “objecto de uma atenção e priorização”.

Na carta, o edil lembra que “desde há muitos anos que existe um conjunto de relações muito estreitas entre a Região Norte de Portugal e a Galiza, que faz deste espaço transfronteiriço um local privilegiado de coesão territorial, de construção de uma economia inter-regional, com dinâmicas relevantes a nível económico, social, laboral, financeiro, universitário e cultural” e que a “mobilidade é um factor determinante para o desenvolvimento, porque sem meios de transporte adequados e modernos não há crescimento, não há circulação de mercadorias, de cidadãos e de turistas e que a ferrovia é uma prioridade estratégica europeia para o século XXI”.

Nesse âmbito, José Maria Costa informou ainda o responsável europeu que autarcas, associações empresariais, responsáveis das instituições e de utentes do Norte Portugal e da Galiza reuniram no dia 12 de Setembro, em Viana do Castelo, com o objectivo de debater a necessidade de modernização da ligação ferroviária Porto Vigo como pressuposto para potenciar a euro-região Norte Portugal – Galiza e que, como resultado, foi elaborado um documento em que se demonstra, junto dos Governos Português e Espanhol, a prioridade o interesse das populações desta Euro – Região na manutenção, melhoramento e modernização da linha férrea entre Porto e Vigo.

Para tal, José Maria Costa pede ao Presidente da Comissão Europeia que “a obra de modernização da actual  Linha do Minho, que liga Porto a Vigo, seja objecto de uma atenção e priorização da sua execução”.

Com o mesmo objectivo, o autarca enviou também o documento aos eurodeputados portugueses.

 

Santa Maria Manuela visitável no próximo domingo .

 

 

ABELO_6042O lugre Santa Maria Manuela, ancorado no porto de mar de Viana do Castelo no âmbito do 4.º Encontro da rede Nacional de Grupos de Acção Costeira, poderá ser visitado no próximo domingo (30 de Outubro) entre as 10h00 e as 17h00. Para tal, os interessados devem deslocar-se à portaria do Porto de Mar (Cabedelo) e seguir em miniautocarro até ao local onde está acostado o navio.

Recorde-se que existe uma história e laços desta embarcação com Viana do Castelo, já que foi um armador de Viana do Castelo que o encomendou aos estaleiros da CUF em Lisboa, em 1937 (Vasco d’Orey, da Empresa de Pesca de Viana). O “Santa Maria Manuela”, encomendado pela Empresa de Pesca de Viana, foi construído no tempo recorde de 62 dias úteis. Com os seus 68,64m de comprimento fora-a-fora enverga regularmente 11 velas latinas com uma área total de 1.130m2, dispõe ainda de propulsão a motor com uma potência de 746kW (1.010Cv).

O aço utilizado na construção é de elevada qualidade, uma vez que se destinava à construção de 2 navios de guerra, acabando por ser utilizado nos cascos do “Santa Maria Manuela” e do seu gémeo “Creoula”.

Durante a sua longa vida como navio de pesca, o “Santa Maria Manuela” perdeu muitas das características típicas dos grandes veleiros do início do séc. XX e, particularmente, dos veleiros com tradição de construção portuguesa. Por desejo do armador, grande parte do processo de recuperação foi dedicado à reconstituição, em moldes actualistas, desses detalhes diferenciadores

 

Escola da Meadela entre os vencedores de projecto no FAPAS

.

CIMG3428A Escola EB1 da Igreja, da Meadela, ficou classificada em segundo lugar no projecto “Preservação e Recuperação de Habitats Dunares” do FAPAS (Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens). O prémio foi recentemente entregue e distinguiu aquele estabelecimento pelas actividades dinamizadas no projecto desenvolvido em parceria com o Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo.

 

Este projecto teve como principal objectivo incrementar o conhecimento da fauna e da flora dos ecossistemas dunares, nomeadamente os principais factores de degradação das dunas e processos dinâmicos associados à conservação destes sistemas. O projecto revestia-se ainda de uma componente prática com intervenções no terreno por parte dos alunos envolvidos com actividades de arranque de infestantes com plantação de vegetação autóctone e colocação de elementos de sensibilização da população em geral.

 

Na primeira saída de campo, as duas turmas envolvidas efectuaram a plantação de cinquenta pés de estorno depois de arrancarem de cerca de novecentos quilos de chorão, uma espécie invasora. Na segunda saída de campo foi desenvolvida uma acção de estudo dos diferentes valores naturais das dunas (fauna e flora), nas praias da Arda e Praia de Afife, em Viana do Castelo. Dinamizaram ainda actividades de sensibilização para a restante comunidade escolar e encarregados de educação - palestras, exposições, criação de brochuras, entre outras.

 

O primeiro lugar foi entregue à E.B. 1 de Seixas (Caminha), o segundo à escola da Meadela e o terceiro lugar foi para Jardim Escola João de Deus (Matosinhos).

 

AVES MORTAS NA PRAIA

        GANSOS E GAIVOTAS MORTAS NA PRAIA              

      

Cinco gansos patolas e cinco gaivotas, foram encontradas mortas na praia de Afife e por nos registadas, no entanto foi-nos garantido que  que seriam mais de  duas dezenas as aves marinhas que se encontravam sem vida na praia de Afife, há sensivelmente duas semanas. O caso foi-nos alertado esta semana e  a sul da foz do rio,encontramos em estado de degradação e numa área restrita, cinco gaivotas,em adiantado estado de degradação e dois gansos, estes, certamente terão morrido mais recentemente,dado se encontrarem mais conservados. Encontramos mais um junto das Pedras do Rio, outro junto do bar da praia e ainda outro na praia do Porto.Tudo indica que tenham morrido na mesma altura, dado o estado de degradação em que se encontravam. No caso do praial e onde encontramos dois gansos e cinco gaivotas, trata-se de um local

 onde é abitual ver-se uma colónia de gaivotas.

Aqui podem ver-se dois gansos patolas

Difícil será certamente nesta altura determinar as causas destas mortes, que não está afastada a ipotse de terem sido abatidas, ou mesmo terem sido contaminadas por algum produto ingerido, ou mesmo por qualquer causa natural., no entanto foi-nos dito que havia um ganso patola com um fio de pesca  no bico, mas não o encontramos, em que se dizia que terá ficado preso em um anzol.

Este ganso em adiantado estado de degradação, mostra um fio de pesca agarrado ao bico mas não encontramos anzol,embora a parte do pescoço  esteja já muito degradada, por tal será na altura em que o encontramos,difícil assegurar se terá ou não,comido algum anzol que tivesse isca para peixe. Este ganso patola, encontra-se a 50 metros anorte da foz do rio,na duna. 

Na nossa visita à praia, alguns surfistas, garantiram-nos que eram muitas mais as aves mortas que se verificavam na praia, à uma ou duas semanas atrás e dizem-nos que o mar mais alteroso do passado domingo, em que a maré  cobriu e limpou  a praia, terá levado aquelas que mais perto do mar se encontravam,dizendo-nos que seriam mais de duas dezenas de aves mortas à duas ou três semanas antes.

Na praia de Afife, não tem sido normal o aparecimento de tantas aves marinhas mortas e num só local.

Este ganso patola,  encontra-se na praia do Porto, a sul do passadiço, na duna.

 

29-10-11

ANI

ANDEBOL

            CAMPEONATO DE REGRESSO.                         

   

Salgeiros/80, veio conseguir um preciso empate a Afife                                                                       

Regressou depois de uma paragem para ser jogada mais uma eliminatória da taça de Portugal, o campeonato nacional de andebol da terceira divisão e o Afifense recebeu o Salgueiros. e não foi alem de uma igualdade a 25-25,mas para a equipa da casa, mais sabe a derrota que a empate.

O Salgueiros, tambem  nos pareceu uma equipa das mais fracas deste campeonato, mas também o Afifense se apresentou com uma maior movimentação do seu jogo, com mais velocidade no ataque e até parece que a paragem fe uma semana fez bem à equipa.

O Afifense entrou bem na partida,esteve sempre na frente do marcador, embora tenha visto uma contrariedade de jogo logo aos 20 minutos, quando o arbitro procedeu à expulsão do Tiago e de um jogador do Salgueiros, por ter considerado que os jogadores se envolveram em jogada mais dura e por tal considerou agressão.

Esta foi uma baixa de peso na equipada casa,pois o Tiago  até aí, avia marcado dois golos e atirou por seis vezes ao lado.

O Afifense, ficou assim sem um rematador de meia distancia,mas conseguiu impor-se e nos derradeiro cinco minutos da primeira parte,conseguiu uma vantagem de quatro golos que lhe permitia um certo à vontade para o segundo tempo e tudo apontava para que viesse a conseguir a primeira vitoria da época. Ao intervalo o Afifense vencia por 14-10,este era um resultado magro para o Afifense, porque poderia ter aproveitado outras oportunidades que não conseguiu converter em golo.

No segundo tempo,o Salgueiros entrou forte e com muita velocidade e nos primeiros cinco minutos conseguiu três golos sem resposta e colocou-se no marcador com uma desvantagem mínima.

No entanto o Afifense foi assentando o seu jogo, até porque aquele força toda do Salgueiros acalmou, mas também não teve rematadores à altura para se distanciar no marcador e voltaram a sentir-se algumas falhas no ataque, que uma vez mais vieram a causar alguma intranquilidade na equipa, na altura em que era necessário jogar mais com a cabeça.

Até aos 20 minutos foi golo cá, golo lá, como Afifense a manter a vantagem de um golo,mas as coisas entornaram aos 25 minutos, quando o Salgueiros chega à igualdade de 23-23 e depois faz o 23-24,entretanto Luís Valadares è expulso, já que teve que fazer falta sobre um jogador do Salgueiros que caminhava isolado para a baliza Afifense.

No entanto a equipa da casa ainda consegue dar a volta ao marcador e faz o 35-23 a um minuto do final e a jogar em inferioridade numérica,mas na jogada seguinte o Salgueiros volta a marcar e coloca o marcador em25-24,estávamos a menos de 30segundos para o apito final e era o Afifense a sair a jogar, no entanto e  já em cima do apito final, João Pedro perde a bola no ataque e permitiu uma incursão rápida do salgueiros que deu o golo da igualdade, isto é como se dizer, que o Afifense deixou fugir o pássaro da mão.

A um minuto do final, poucos acreditavam que a vitoria  iria fugir ao Afifense, porque levava dois golos de vantagem, mas o jogo tem destas coisas,o João Pedro é o mais experiente jogador do Afifense,em 20 livres de sete metros falha um e teve que ser logo hoje a falhar  e  depois numa situação em que nunca perde a bola, teria que ser logo hoje a perde-la numa altura crucial da partida.

De qualquer maneira a equipa saiu motivada deste jogo, ao fim de seis jornadas quebrou o enguiço e pode ser que esteja aberto o caminho para os bons resultados, que tanta falta fazem à equipa, embora sediga que ainda faltam muitos jogos, mas é no inicio que se devem amealhar os pontos,que fazem falta no fim.

 

QUEM MARCOU OS GOLOS.

João Pedro-----------5

Juca------------------ 4

hugo------------------3

Eduardo-------------- 3

Luis Verde----------- 3

Luis Valadares------ 2

Marcio--------------   2

Tiago--------------- -2

Morais--------------- 1

 

DISCIPLINA

 

VERMELHOS-  2

Tiago- - - - ----------20 minutos 1ª parte

Luis Valadares------27 minutos  2ª parte

 

AMARELOS---1

Juca

 

EXCLUSÕES DE 2 MINUTOS:

Eduardo---------  -1

Morais------------  1

Marcio-----------  -1

Juca-------------  -1

Tiago------------    1

João Pedro-------  1

 

O EVOLUIR DO MARCADOR EM CADA  5 MINUTOS.

    1ª parte             2ª parte

05-----3--2             15--14

10-----5--4             17--16

15---- 7--7             19--18

20---10--9              19--21

25---13--10            23--23

30---14--10            25--25

 

 

 O QUE SE DISSE DESTA PARTIDA.

 

Não ouvimos o treinador do Salgueiros, já que não se deslocou ao nosso posto de reportagem depois de ter sido convidado e ter acedido ao convite.

Começamos por ouvir Juca,o pivot do Afifense em ralação ao jogo. começou por dizer que o empate foi uma distração do Afifense e que perder a vitoria nos últimos segundos é sempre difícil, mas considera que não ganharam o jogo,mas ganharam uma equipa.Quanto à expulsão do Tiago,fiz que o arbitro foi injusto para com o jogador,  considerou que o Tiago faz muita falta tanto a atacar como a defender. Disse ainda que a equipa tem muita gente nova que precisa de ganhar ritmo,mas as coisas estão a melhorar e estão perto já de conseguir a primeira vitoria e a equipa vai dar o seu melhor,para que os resultados positivos venham a aparecer.

Para o treinador Afifense Carlos Tenedorio, considerou que a vitoria fugiu nos últimos segundos por uma distração esperava vencer este jogo, talco mo o esperava em Leça, mas faltou uma pontinha de sorte, considerou ter entrado mal no segundo tempo e as muitas exclusões, também tiveram as suas influencias. Considerou que a equipa está a melhorar, hoje procuraram soluções e a equipa esteve unida.Quanto à expulsão do Tiago,fiz não se ter apercebido da falta,mas fez muita falta,embora tivessem que superar a falta de um jogador importante como é o Tiago.

Considera que ainda nada está perdido, mas está complicado,embora este empate tenha contribuído para levantar a moral da equipa,agora segue-se a Sanjoanense,que embora não seja tarefa fácil, será um bom teste para o Afifense.

Quanto aos vermelhos mostrados a Tiago e a Luis Valadares, sujeitam-se a apanhar pelo menos tres jogos de suspensão, já que neste tipo de jogadas o conselho de disciplinatem sempre a mão pesada.

 .

.

VisitadoResult.VisitanteDataHoraRecinto
810A.C.D. Monte-BOAVISTA F. C.01/11/201119:00MONTE
811A.D. Sanjoanense21-28A.D.MODICUS SANDIM15/10/201117:00MUN. TRAVESSAS
812SC Salgueiros 0830-31FC Gaia15/10/201121:00PAVILHÃO LIMA
813CA Leça28-22AD Afifense15/10/201119:00MUN. LEÇA PALMEIRA
814S. C. ESPINHO25-26CCR Fermentoes15/10/201118:00NAVE MUN. ESPINHO

.

classificação atual, embora ainda à equipas com jogos em atraso.

 

1a Fase Zona Norte
PosEquipaPtsJGVEDGMGSGD
1CCR Fermentoes16650116413826
2A.D.MODICUS SANDIM14541014511035
3FC Gaia1464021731694
4S. C. ESPINHO12531113211913
5A.D. Sanjoanense1263031631576
6SC Salgueiros 08116213151165-14
7A.C.D. Monte842021099910
8CA Leça86105130168-38
9AD Afifense76015131169-38
10BOAVISTA F. C.6410396100-4

 

 

 

           INICIADOS, CAMPEONATO NACIONAL DA PRIMEIRA DIVISÃO.           

       

O Afifense,recebeu hoje ao meio dia a formação do ISMAI da Maia e perdeu por  27--34,mas o resultado não espelha aquilo que foi o jogo, já que o Afifense apenas se pode  queixar um pouco de falta de sorte,para sair vencedor deste confronto com a equipa que lidera o campeonato. A equipa verde e branca,entrou bem no jogo, chegou com facilidade à vantagem de 3-0,mas permitiu uma aproximação no marcador, devido a algumas faltas técnicas no ataque que a equipa Maiata aproveitou da melhor maneira,dada a sua maior experiencia e com jogadores de ultimo ano e por tal em vantagem fisicamente.

O Afifense tentou sempre reagir pela positiva e no segundo tempo ainda se pensou que iria dar a volta ao resultado, mas tal não aconteceu por pouco.

Este foi um bom jogo de andebol e que prendeu até ao apito final muitos daqueles que assistiram à partida,mesmo em hora um pouco ingrata.

A equipa Afifense caiu agora para a terceira posição,com menos quatro pontos que o líder ISMAI e menos dois que o segundo ABC de Braga.

O Afifense vilta a jogar em casa no dia 12, frente ao Fermentões,já que no próximo sábado,o campeonato vai parar.

 

         JUVENIS                                     

  

A equipa de juvenis desloca-se este domingo ao Callidas em jogo marcado para as 15h00, o Afifense neste campeonato é segundo com menos dois pontos que o ABC de Braga.

 

    INFANTIS.                                          

A equipa de Afife que ainda não venceu nesta fase, desloca-se este domingo ao Callidas

 

 

 

NOTICIA EM ATUALIZAÇÃO

caminha

 
 
'Burlas - Como se prevenir' em destaque no Museu Municipal de Caminha.'Burlas - Como se prevenir' em destaque no Museu Municipal de Caminha

A Câmara Municipal de Caminha e o Destacamento Territorial da GNR de Viana do Castelo vão promover duas acções de sensibilização designadas de 'Burlas - Como se prevenir'. Estas acções dirigem-se à população idosa do concelho. A primeira realiza-se já no dia 8 de Novembro, às 14h30, no Auditório do Museu Municipal de Caminha.

Esta iniciativa decorre no âmbito do programa "Apoio 65 - Idoso em Segurança" da GNR.

A GNR pretende com estas acções alertar os idosos para as burlas, bem como indicar os cuidados que devem ter.

Nos tempos que correm, em que o número de casos de burlas entre os idosos aumenta de dia para dia, o Município, preocupado com a população mais idosa do concelho, considera que estas acções podem ser muito úteis na identificação de possíveis casos de burla. Isto é, podem ajudar a população a não se deixar enganar.

A próxima acção 'Burlas - Como se prevenir' vai decorrer no dia 15 de Novembro, às 14h30, no Auditório do Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora.

 

 

Funcionários Municipais beneficiam o concelho   .Funcionários Municipais beneficiam o concelho

Trabalhar diariamente em prol das freguesias e contribuir para o bem-estar dos munícipes são os propósitos do Município de Caminha. As últimas intervenções realizadas, pelos funcionários autárquicos, nas ruas 5 de Outubro e Contra Almirante Ramos Pereira, no cemitério e na zona envolvente às escolas em Vila Praia de Âncora, atestam isso mesmo.

Na Rua 5 de Outubro, designadamente no cruzamento com a Rua da Sandia, os funcionários eliminaram as barreiras arquitectónicas, com a realização de rampas nos passeios. Os passeios eram demasiado altos e dificultavam a circulação. Agora, circular pela Rua 5 de Outubro é mais seguro, inclusive para as pessoas com mobilidade reduzida.

A Rua Contra Almirante Ramos Pereira foi também alvo de uma pequena intervenção. O pavimento da rua foi reparado e a berma, que se encontrava atulhada de pedras, também foi beneficiada, de modo a melhorar a segurança de quem transita naquele local.

As casas de banho e muros do Cemitério de Vila Praia de Âncora foram igualmente pintados. Os funcionários do Município embelezaram ainda a zona envolvente às escolas com a colocação de bancos e, ainda, pintaram as guias dos passeios

 

Feriado dos Santos dá mote a Feirão e Mostra de Artesanato.Feriado dos Santos dá mote a Feirão e Mostra de Artesanato

O Feirão dos Santos e a Mostra de Artesanato Dia de Todos os Santos vão transformar a Praça Conselheiro Silva Torres, em Caminha, num verdadeiro "mercado" de artesanato e de produtos da terra, no próximo fim-de-semana. A Mostra de Artesanato prolonga-se até terça-feira, dia 1 de Novembro.

No Feirão dos Santos, para além dos tradicionais produtos agrícolas genuínos das terras do concelho e de excelente qualidade, o visitante pode adquirir as mais variadas flores características desta época do ano.

As Mostras de Artesanato Local exibem as mais variadas obras de artesãos do concelho, tais como: artesanato urbano, tecelagem do linho, rendas e bordados, trajes regionais, artefactos em madeira, entre outros.

A Câmara com a promoção destes certames pretende, por um lado, revitalizar a agricultura local e, por outro, promover o artesanato, contribuindo para o desenvolvimento da economia local.

 

 

Chuva, vento e sucesso no Grande Trail da Serra d’Arga     .Chuva, vento e sucesso no Grande Trail da Serra d’Arga

A primeira edição do Grande Trail da Serra d'Arga decorreu com sucesso. Durante o fim-de-semana, dias 22 e 23, cerca de 620 atletas estiveram em Caminha para correr na primeira prova da modalidade de trail running na Serra d'Arga.

No sábado, os participantes tomaram nota de todos os pormenores da prova nas Jornadas Técnicas. Tiveram ainda oportunidade de ouvir os conselhos de João Garcia, alpinista português de renome.

No domingo, as condições climatéricas eram as já anunciadas: muita chuva e vento forte. Nada que assustasse os cerca de 400 atletas do Trail e os 120 da Maratona. As partidas decorreram às 8h e 9h, na freguesia de Dem, envoltas em boa disposição.

Contudo, devido ao nevoeiro muito intenso que se fez sentir no alto da serra, a organização decidiu suspender metade da prova da Maratona. Assim, ambas as provas - o Trail e a Maratona - terminaram em S. Lourenço da Montaria, concelho de Viana do Castelo, perfazendo um total de 20km.

Esta foi a melhor decisão, com a qual os participantes concordaram, de forma a não pôr em causa a segurança dos atletas. 

Durante a entrega de prémios, Carlos Sá, o ultramaratonista de sucesso que foi o mentor da prova, agradeceu a todos os participantes, patrocinadores e apoiantes, e marcou encontro com todos no próximo ano, para o segundo Grande Trail da Serra d'Arga.

Também Flamiano Martins, vice-presidente da Câmara de Caminha; Vítor Lemos, vice-presidente da Câmara de Viana do Castelo; e os presidentes de junta anfitriões da prova, marcaram presença e a mensagem deixada pelos autarcas resume-se na vontade de continuar o evento. Na próxima edição, para além de Caminha, Viana do Castelo e Ponte de Lima, espera-se também o apoio de Vila Nova de Cerveira.

Ajudaram ainda na entrega de medalhas e de prémios as atletas Alzira Lário e Manuela Machado

Pág. 1/8

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONTADOR

Contador Gratis

Favoritos

Links

.

  • .

.

  • .

.

  • .
  • .

.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

on line


contador de visitas