Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





...

por afifenoticias, em 05.07.15

 AFIFE DIGITAL      

Semanario on-line de Afife, com atualização aos sábados. Editado por Afife Noticias, caminho da Cabriteira, Afife 4900-012. O nosso contacto afifenoticias@sapo.pt LOCAL ON-LINE 00. REGIONAL ON-LINE 06 . NECROLOGIA 01 . JUNTA de FREGUESIA. CASINO AFIFENSE .RADIO AFIFENSE . APCA . ROTEIRO . ASS DESP AFIFENSE..

-----------------------------------------------------Estamos com a apresentação do Afife Digital um pouco reduzida e diferente, o que vai acontecer até  finais de Julho, dado à falta de tempo para a habitual edição, devido a compromissos assumidos com outros órgãos de comunicação social até finais de Julho, o que nos limita. Por vezes pode mesmo acontecer de não nos ser possível fazer a respetiva atualização em tempo útil, no entanto mant   emos em atualização permanente a informação da região, no ícone em cima em amarelo REGIONAL ON-LINE-----------------

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

PÂNDEGA EM CABANAS, JUNTOU POUCOS MAS BONS.       

DSC01569.JPG

A Tertúlia Homem de Melo, Câmara de Viana, junta de Afife e Casino Afifense, realizaram este sábado a recriação de uma das antigas pândega de Cabanas, que eram habituais a 6 de Setembro, aquando o aniversario do poeta Pedro Homem de Mello. Assim  pelas 3 da tarde concentraram-se no largo Tomas Fernandes Pinto, aqueles que quiseram participar nesta ação, onde Camilo Ramos da Tertúlia Homem de Mello, começou por fazer referencia ao poeta e lembrando o Raul, sapateiro de profissão e tocador de concertina nas goras vagas, onde ao domingo realizava bailes na sua eira e onde os homens tinham que pagar um escudo e sempre que se apercebia que estava a dançar alguém que não havia pago, parava logo o baile, afim de ser saldada a divida, O Raul, morava em Senra e era uma pessoa em que o poeta sempre acompanhava na musica. Depois de feitas as apresentações, lá partiram com destino ao terreiro de Cabanas, o grupo de folclore de danças e cantares de Afife, o grupo de danças genuínas da serra de Arga entre outros e o publico em geral. Pelo caminho foi ainda tempo para a leitura de um poema de Homem de Mello, por José Escaleira e depois por Sérgio Mesquita, que desta  maneira se estreou a recitar. Chegado ao terreiro de Cabanas, foi a altura do canto, um ponto alto desta ação, onde se fez silencio para ouvir cantar Maria Teresa Dias, acompanha à viola por um musico de Riba de Ancora. O publico não foi muito, mas foi atento e participativo, assim como a vereadora do pelouro da cultura da Câmara de Viana que ate recitou Homem de Mello. seguiu-se algumas danças pelo folclore de Afife e também pelo grupo de Danças genuínas da Serra de Arga onde o poeta percorria as romarias daquela área. Ainda o Barros Lopes com a sua concertina, recriou poemas do poeta de Cabanas e lembrou passagens vividas, Não esqueceu algumas das figuras que nunca faltavam ás pândegas de Cabanas e que eram sempre convidados do poeta, não só de Afife, como de outras terras. Também Mariana Homem de Mello, que diz considerar-se uma Afifense, recitou um poema de autoria de sua mãe, dedicado a Cabanas. O folclore de Afife e o genuíno da Serra de Arga, também esteve presente e dançou-se o vira geral, ao som das concertinas do Lopes de Areosa e do Rogério de Afife, depois foi a caminhada de regresso ao local da partida, o largo Tomas Pinto e aqui  em frente da fachada principal do casino, todos em uníssono cantaram o Havemos de Ir a Viana. Assim terminou esta recriação das antigas pândegas de Cabanas, no entanto ficou no ar que outras realizações se vãos seguir, para reavivar a memoria do poeta de Cabanas. Quanto a afluência de publico, esperava-se por mais e muito especial por parte dos Afifenses, no entanto havia uma outra realização na mesma altura, organizada pela ADA e esse pode ser o motivo em que ambas as realizações, tenham ficado prejudicadas.

DSC01570.JPG

O Fotografo Vianense Boa Morte, também marcou presença neste evento.

DSC01588.JPG

A Partida do Largo Tomas Pinto.

DSC01594.JPG

O Folclore de Afife.

DSC01595.JPG

Tocadores de concertina do grupo de folclore de Afife

DSC01597.JPG

 Maria José Colaço, Camilo Ramos, José Escaleira e Cristina Presa.

DSC01600.JPG

 A Longa fila pela estrada de Cabanas acima.

DSC01605.JPG

 Folclore Genuíno da Serra de Arga

DSC01606.JPG

 Mariana Homem de Mello, neta do poeta e o Lopes de Areosa

DSC01607.JPG

 Os declamadores, e atores, António Neiva e Júlio Cardoso

DSC01627.JPG

 Mais uma paragem para ouvir o recitar de mais um poema, junto a Cruz Nova.

DSC01643.JPG

 O canto à chegada a Cabanas

DSC01652.JPG

 Na entrada da ponte

DSC01662.JPG

 O terreiro,Voltou e depois de muitos anos, a receber uma pândega,com poesia

DSC01729.JPG

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

Pág. 10/10



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos