Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

ARVORE DO ADRO DA IGREJA, PODE NÃO SER SEGURA, DADO A SUA IDADE.

DSC03178.JPG

O Adro da Igreja de Afife, é composto por algumas arvores antigas, que podem não dar garantias da sua segurança, dado a sua extensa ramificação, que chega a locais de passagem para a entrada da Igreja e mesmo para a estrada Pedro Homem de Mello. Tendo em conta que uma delas se situa num local onde diariamente circulam pessoas e utentes do Centro de Dia, pessoas de alguma idade, se em caso de uma dessa ramificações se venha a quebrar, não possa criar um grave acidente, se atingir algum transeunte. Agora, há entendidos, que podem garantir ou não, se a arvore tem a resistência suficiente para em caso de condições em que o vento sopre mais forte, esta possa resistir e não desprender a sua ramificação mais prolongada. Sabe-se que estas arvores, para as pessoas de Afife tem um significado especial e um valor estimativo, mas este não pode superar a segurança das pessoas. Recordamos que ainda há bem pouco tempo, o vento derrubou uma outra arvore, que parecia oferecer todas as condições de segurança, mesmo ao lado do Adro da Igreja e no Monte de Santo António no mesmo dia, caiu uma outra arvore de grande dimensão e que nada fazia prever que poderia cair e esta ficou só a escassos metros da traseira da Capela. Também ficaria a sugestão, que uma vez que o Adro da Igreja vai ser alvo de uma intervenção de requalificação, porque não se pensar em substituir estas arvores de idade avançada.

DSC03178 (1).JPG

DSC03186.JPG

 

Pág. 1/16

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub