Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





...

por afifenoticias, em 30.06.19

     AFIFE  DIGIT@L             

Jornal on-line de Afife  editado aos sábados. contacto --    afifenoticias@sapo.pt

NECROLOGIA ROTEIRO AFIFE NOTICIAS REGIONAIS CARTAZ CULTURAL
RADIO AFIFENSE  JUNTA DE FREGUESIA    

-----------------------------------------------------------------

----------------------------------------------------------------

FOI APRESENTADO O MOVIMENTO ASSOCIATIVO DE AFIFE, 2019.

67174948_2383618878551095_8248502249794306048_n.jpg

Coordenado pela junta de freguesia em colaboração com as associações de Afife, foi apresentada a edição 10, do Movimento Associativo de Afife, que acontece nos dias 2 e 3 de Agosto. Este ano os organizadores, resolveram mudar de espaço e deixam o Largo Tomas Fernandes Pinto, para se fixarem em Empostalha, junto do parque infantil. Aqui, ganham no espaço, não ocupam a via publica e contam com melhores condições, para acomodarem as associações, até porquue o teste foi feito na feira do artesanato, ali realizada. Do programa agora dado a conhecer, destaca-se no primeiro dia a abertura pelas 6 da tarde com a atuação do grupo de triquelitraques de Afife e a abertura das tasquinhas, que vão apresentar as ementas mais características da gastronomia local, Haverá a atuação do grupo das concertinas, o grupo musical, The Hurt Fingers, O Grupo Coral, Vozes ao Vento e a noite será longa com o DJ Ruca. No sábado dia 3, o destaque vai para a gastronomia, com as tasquinhas a abrir portas pelas 6 da tarde, onde as associações preparam novidades, que só na hora serão conhecidas, porque o segredo é a alma do negocio, contando ainda com a animação do grupo, Banda Fenix, seguindo-se pela noite dentro a animação com o DJ Ruca. O Movimento Associativo de Afife, é uma ação que atingiu afluências significativas e este novo espaço, vai permitir aumentar os lugares sentados em mesas e mais espaço para as associações poderem trabalhar.

....................................................

----------------------------------------

PROCISSÃO E LEILÃO DE OFERENDAS, FINALIZARAM AS FESTAS DE SANTO ANTÓNIO E SANTA CRISTINA DE AFIFE.

FINAL DE FESTA, terminadas que estão as festas de Santo António e Santa Cristina, é agora tempo de balanço e pensar na próxima edição a tempo e horas.

DSC06622.JPG

A festa terminou com a sua quarta Procissão, que como é habitual reuniu um numero significativo de participantes e figurado, com os nove andores floridos, as Cruzes e Bandeiras da freguesia e contou ainda com a presença do vereador da câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre. A Procissão este ano teve um atraso de uma hora em relação aquilo que era habitual, pois a saída aconteceu pelas 4 e meia da tarde e uma hora mais cedo deu entrada a banda de musica de Marrazes, Leiria, que deu entrada no Largo do Casino e depois acompanhada pela comissão e por Lavradeira, envergando o traje de luxo de Afife, desfilaram até à Igreja Paroquial e daqui acompanharam a Procissão. Esta bem organizada, não contando como sempre com a colaboração do Joaquim Parente, que devido a uma pequena intervenção cirúrgica, não pode dar o seu contributo, sempre muito valido, até porque este tem sido sempre o responsável pelos atos religiosos. O senão, foi o vento forte de norte que soprou durante o dia e que de certa maneira veio a prejudicar, tanto quem transportou os andores, como o figurado. No Final a banda actuou no recinto da Capela e depois junto do Bar. O padre Domingos, pároco da freguesia no final da Procissão, agradeceu à comissão de festas e a todos aqueles que colaboraram, destacando ainda a junta de freguesia e a câmara de Viana do Castelo.

O PRESIDENTE DA FESTA:

DSC06641.JPG

Manuel Sousa, o presidente da festa, em termos de balanço final, foi-nos dizendo que tudo acabou por correr bem, embora o tempo na sexta feira, não tivesse ajudado, mas no sábado as coisas correram melhor, com o publico a marcar presença. Considerou que a gente de Afife deu uma ajuda preciosa, ao contribuir para a festa nos peditórios e em contas feitas por alto, tudo aponta para que a festa, tivesse sido coberta pelas verbas angariadas, embora também considere que em termos de licenças e autorizações, foram pagos muitas centenas de euros. Considerou que a  Comissão sente-se cansada, pois foi muito o trabalho e esta não é constituída por gente muito jovem, mas sente que cumpriu a missão de fazer voltar 10 anos depois as festas de Afife. Quanto à continuidade da comissão, para dar assim seguimento as festas, considerou que todos estarão disponíveis, mas  adianta que não são suficientes e por isso é necessário que entrem novos elementos, mas diz que agora o importante é concluir estas e depois de feitos os pagamentos a quem se deve, saber o saldo, se este existir, como parece e depois de tudo arrumado, começar a pensar na festa do próximo ano.

O LEILÃO.

DSC06792.JPG

O leilão de oferendas, voltou a fazer lembrar os tempos antigos, com os produtos da terra a ser oferecidos pelas gentes de Afife, como o caso de sacos de batatas, chouriços, galos, patos, coelhos e outros produtos, tendo todos eles sido rematados, com um certo despique. Albino Pires, voltou a ser o leiloeiro, como tem sido habitual, desta vez sem amplificação sonora, o que o obrigou a puxar mais pela garganta, mas acabou por ser um animador do leilão.

DSC06643.JPG

DSC06651.JPG

DSC06663.JPG

DSC06667.JPG

DSC06668.JPG

DSC06669.JPG

DSC06672.JPG

DSC06677.JPG

DSC06681.JPG

DSC06682.JPG

DSC06684.JPG

DSC06687.JPG

DSC06692.JPG

DSC06694.JPG

Os juizes da festa.

DSC06695.JPG

DSC06700.JPG

A representação da Assembleia de freguesia de Afife, camara municipal e junta de freguesia.

DSC06703.JPG

A banda de musica que ao contrario do que é habitual, em desfilar logo a seguir ao Palio, desta vez desfilou no fim  do publico.

DSC06740.jpg

 

DSC06769.JPG

DSC06774.JPG

----------------------------------------------------------------------

--------------------------------------------------

----------------------------------

PROCISSÃO AO CRUZEIRO.

DSC06568.JPG

A colocação de flores, com a Luísa das Chapas, o Armando Cavalheiro e a esposa do senhor Manuel do Cruzeiro

A habitual Procissão ao Cruzeiro, ponto integrante da festa de Santo António, realizou-se, com muitos participantes e com os moradores a enfeitarem a rua com flores, como tem sido característico. Este ano o vento forte que se fez sentir, não deixou que o tapete florido ficasse vistoso, como é sempre pretensão das gentes daquele Lugar, já que as flores foram colocadas nos momentos que antecediam a saída da Procissão, estava a Procissão a sair da Igreja e ainda os moradores colocavam as flores, para evitar que estas fossem levadas pelo vento. A Procissão que incorporava as Cruzes da freguesia e bandeiras, o Palio e outros paramentos religiosos da freguesia, sai pela porta principal da Igreja, dá a volta ao Cruzeiro e regressa à Igreja, pela sua parte traseira. De referir que a grande parte dos moradores que fazem questão de colocar as flores, são pessoas de idade avançada, mas que não querem perder a tradição, o mais novo, era o Tomas do Pinto, que embora já não seja morador do local, faz questão em participar, seguindo a vontade da mão, a Maria do Pinto, que já em idade avançada e com dificuldades de mobilidade para  enfeitar a rua, pagava a uma mulher, para fazer esse trabalho.

DSC06570.JPG

O senhor Manuel do Cruzeiro, com o carrinho de mão a colocar as flores.

DSC06574.JPG

DSC06575.JPG

DSC06577.JPG

DSC06580.JPG

DSC06589.JPG

DSC06597.JPG

 

----------------------------------------

XORNAS, FIZERAM REVIVER OS BONS TEMPOS DA MUSICA.

DSC06563.JPG

O Monte de Santo António, encheu para ver os Xornas actuar e desta vez, ou seja 50 anos depois, voltaram a actuar no monte, para homenagear José Afonso, que aquando das verbenas que eles organizaram, o cantou atuou, nos chamados cabeços, onde veio gente de toda a parte, o que originou a que as verbenas tivessem seguimento no domingo seguinte e de novo com enchente. Os Xornas vão continuar a fazer espectáculos de homenagem as Zeca Afonso, durante este ano.

O espectáculo dos Xornas iniciou e terminou, com uma musica que eles próprios compuseram, pegando em alguns refrãos de musicas do Zeca, adaptadas a um tipo de musica popular. No entanto e durante o espectáculo que teve a apresentação de Sérgio Mesquita, foram interpretadas musicas de intervenção dos anos 60, entre os quais, Simon e Garfunkel. No final o publico pediu mais duas e então tiveram mesmo que voltar a palco, para cantar o Galo de Barcelos, Molhar o Pé no Rio Minho e uma outra, de sua autoria.

A seguir foi o DJ Afifense, Ruca, que alegrou a noite e fez muitos dar ao pé.

O fogo de artificio, foi do agrado geral, ainda foram uns largos minutos, a colorirem o céu de Afife. O fogo foi lançado da veiga de Afife, junto da estrada de acesso à praia do Caracol. O tempo e ao contrario daquilo que havia acontecido na sexta feira, deu uma trégua, embora o vento se fizesse sentir. Acontece que o monte dado a sua elevação, em termos geográficos e sempre que o vento sopra de norte, é frio, devido à falta de árvores, como em outros tempos teve e que tornavam o recinto mais ameno.

DSC06530.JPG

DSC06541.JPG

DSC06544.JPG

 

-------------------------------------

PROCISSÃO DE SANTO ANTÓNIO, SAIU COM VENTO FORTE DE NORTE.

DSC06444.JPG

A Procissão de Santo António para a Igreja, que como é habitual ao sábado, desce a rampa da Agrela, passando pelo Cruzeiro e termina na Igreja, contou com nove andores, confeccionados com flores naturais e teve um acompanhamento  significativo. O vento forte que se fez sentir, veio inclusive a remover as flores que haviam sido colocadas pelos moradores, entre a Agrela e o Cruzeiro. Aqui como tem sido habito, os moradores destas artérias, pouco antes da Procissão sair, colocam flores nos caminhos, em jeito de tapete florido, para passar a Procissão. Esta  é uma tradição que se vai mantendo, até porque a festa não se realiza há 10 anos e os moradores destes caminhos, fizeram questão de manter este costume. Em Afife e para a Procissão ao Cruzeiro, que se realiza no domingo a meio da Missa de  festa, os moradores, enfeitam com flores o caminho em volta do Cruzeiro e o acesso à Igreja e uma das pessoas que sempre colaborava ativamente, era a falecida, Maria do Pinto, que já debilitada em termos físicos e como não podia colocar as flores, pagava a uma mulher, para fazer esse enfeite. Recorde-se que os moradores da área do Cruzeiro, sempre tiveram um carinho especial pela Procissão e pelo espaço, pois eram sempre eles, que tratavam do espaço ajardinado deste largo. A Procissão contou com nove andores,  com os Santos que foram trazidos das suas Capelas, assim como as bandeiras da Igreja. A parte religiosa desta festa, é sempre muito participada, este ano os andores foram todos eles de pequenas dimensões e de flores naturais, o que facilita o seu transporte, embora possam não ser tão artesanais, pois estes eram sempre mais pesados e para fazer a descida da Agrela, era sempre necessário ajuda, ou homens fortes, para transportar os mais pesados, como era o caso do de Santo António. Ao longo do percurso, aglomeravam-se pessoas, com especial na Agrela, Largo das Tílias e Cruzeiro, situação esta que sempre se registou desde  que as festas se realizam, desde os anos 40.

DSC06447.JPG

DSC06449.JPG

DSC06453.JPG

DSC06457.JPG

DSC06459.JPG

DSC06460.JPG

DSC06470.JPG

 

DSC06466.JPG

DSC06489.JPG

DSC06492.JPG

 

-----------------------------------------

MASTRO DE SANTO ANTÓNIO, FOI QUEBRADO PELO TEMPORAL E A COMISSÃO, TEVE QUE COLOCAR A BANDEIRA DA FESTA, NUM PAU.

2075056_wzLf9.jpg

A Bandeira da festa, há 10 anos, a que na altura se juntou a bandeira Nacional, em apoio à seleção que jogava o campeonato do Mundo.

DSC06428.JPG

A bandeira da festa deste ano,  numa vara, presa ao mastro quebrado.

Um temporal danificou o mastro de Santo António, há mais de dois anos, quebrando o primeiro lance e assim como este não foi recuperado, obrigou a comissão de festas a resolver a situação e a solução encontrada, foi de colocar uma vara de eucalipto, para aí içar a bandeira. Assim esta ficou, não tão visível, como se estivesse no mastro, mas terá sido esta a solução encontrada, pois a bandeira é visível a partir de sul da freguesia.

-----------------------------------------------

POLICIA JUDICIARIA, ESTÁ A INVESTIGAR, UM PRESUMÍVEL ABUSO A UMA PEREGRINA PARA SANTIAGO.

Ao que conseguimos apurar, o caso terá sido passado esta semana, num dos caminhos de Santiago em Afife, onde uma peregrina se sentiu em dificuldades com feridas nos pés. Terá aparecido um homem que se apercebendo da situação se ofereceu para a levar no seu carro à farmácia, o que esta terá aceitado. No entanto o sujeito passou para alem da farmácia, ao que a peregrina a seguir pelo GPS do seu telemóvel alertou que havia passado já a farmácia, a que o sujeito terá respondido que havia outra em Ancora. No entanto o sujeito terá feito entender que estava armado. A peregrina terá enviado uma mensagem a outras peregrinas que havia conhecido numa das paragens e estas terão alertado as forças policiais. No entanto a peregrina aproveitando uma distração do sujeito na condução, terá atirado sobre este a sua mochila, abriu a porta e saiu com o carro em andamento, tendo depois sido recolhida pelas forças policiais, com vários ferimentos. Segundo dados que esta terá fornecido, tratava-se de um sujeito forte de baixa estatura e com uma certa barriga, com telemóvel no bolso da camisa e de bigode, que se fazia transportar num Mercedes de cor preta. A policia judiciaria esteve esta semana em Afife a recolher pistas, assim como a verificar varias câmaras de vigilância de vários estabelecimentos. Até ao momento ainda não foi dado a conhecer se o tal individuo, foi ao não detido, uma vez que tudo indica que a situação, pode ser considerada como tentativa de rapto e envolveu uma arma.

 

------------------------------

Este sábado o destaque vai para a Procissão, pelas 6 e meia da tarde, com os andores floridos.

DSC02365.JPG

A partir das 10 da noite, os Xornas, 50 anos depois, voltam ao Monte de Santo António, para homenagear José Afonso, que havia estado neste local, aquando das verbenas realizadas pelos Xornas.

19581328_OQhHG.jpg

--------------------------------------

O TEMPO, RETIROU PUBLICO DA FESTA DE SANTO ANTÓNIO.

_DSC2347.JPG

O tempo pregou a partida e o publico foi em numero reduzido ao Monte de Santo António, onde a atracão era a orquestra, Sirilanka. O nevoeiro intenso que se fez sentir ao cair da noite, tornou a noite fria e debaixo das árvores, caiam pingas, como se estivesse a chover. Para a comissão, não foi mais que somar prejuízo, pois não havendo gente, não puderam fazer sair os produtos gastronómicos que haviam preparado. No entanto o agrupamento musical, alegrou a noite, estavam vários estrangeiros, mas cedo abandonaram o espaço. Este ano o tempo está a pregar a partida aqueles que estão de ferias, porque não tem sido muito convidativo para uma ida à praia e agora prega igualmente a partida à comissão de festas, que estavam a contar com tempo quente, que levaria certamente, bem mais gente à festa.

_DSC2350.JPG

_DSC2353.JPG

 

---------------------------

PROCISSÃO DE VELAS, DA FESTA DE AFIFE.

DSC06389.JPG

Depois de uma paragem de 10 anos, regressaram as festas de Santo António, a que este ano se juntou a padroeira da freguesia Santa Cristina, tudo para que em termos religiosos a festa pudesse ser realizada em Julho. No entanto e nestas coisas, é necessário ter sempre a ajuda do S. Pedro, pois a quinta feira apresentou-se muito ventosa, mas quando a Procissão, o vento acalmou e a noite mostrou-se agradável. Como de costume a Procissão saiu da Capela de S. Roque, com os andores do S Roque e da Senhora de Fátima, estes atravessaram a via férrea e pode ter sido esta a ultima vez que assim acontece, pois está previsto e encerramenrto desta passagem, para dar lugar a uma passagem inferior pedonal, coma eletrificação da linha do Minho até Valença e que deve estar concluída em 2020.

DSC06397.JPG

A comissão, apresentou-se em força, com os elementos usando coletes reflectores e só permitindo que fosse utilizada uma das faixas de rodagem. A junta de freguesia colaborou, colocando a sua carrinha com sinalização luminosa a abrir a procissão e tudo correu da melhor maneira.

DSC06402.JPG

A Procissão chegou a Santo António, encontrando a Capela sem a iluminação ligada, mas acabaria por ser colocada em funcionamento, no entanto a EDP, teima em não resolver o problemas dos pontos de luz avariados, alguns há mais de dois anos, como o caso do candeeiro da Capela, que parece ser apenas uma situação em que a lâmpada se desapertou. Foram muitos aqueles que participaram na Procissão de velas, inclusive muitos estrangeiros que estão a passar ferias em Afife.

------------------------------------

-------------------------------------

1ft-afife (2).jpg

 

 FEIRA DE ARTESANATO,   FOI ENSAIO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO.

Finalizada que está a primeira feira de artesanato de Afife, o balanço só poderia ser positivo e serviu até como ensaio para a próxima edição do Movimento Associativo de Afife, marcado para o primeiro fim de semana de Agosto. As associações participaram o publico apareceu e a animação agradou, as vendas foram satisfatórias e a cerveja artesanal esteve presente, com gentes de Afife, como o Elias e o Paulo Presa, que apresentaram a cerveja e o queijo artesanal, fabricado na freguesia, seguindo os mais característicos parâmetros artesanais. Não faltou a gastronomia, com as chouriças e chouriços caseiros, o arroz doce e o caldo verde, isto só para falar nos pratos mais característicos da terra.

Agora e questionado o presidente da junta, refere que  esta iniciativa se deve  em muito à participação das associações e dos Afifenses e por tal o seu êxito, tendo em conta ser esta a primeira edição. Já para o autarca da terra, deixou em primeira mão a indicação, que depois de ter contactado com as associações, ficou já decidido a alteração do local para a realização da próxima edição do Movimento Associativo de Agosto, pois este vai ser transferido do Largo Tomas Fernandes Pinto, para o espaço relvado junto ao parque infantil, o que vai ser ganho um maior espaço em área, será feita uma nova disposição de mesas e lugares sentados e acima de tudo não será necessário ter presente as forças de segurança, uma vez que não é ocupado o espaço publico, mas sim   o espaço da junta de freguesia.

 

-------------------------------------------------

BOMBEIROS, VIERAM APAGAR INICIO DE REACENDIMENTO EM AFIFE, ESTE SÁBADO.
Ainda parece não estar totalmente extinto o incendeio que se iniciou a 3 de Maio na parte sul do monte de Gateira
e que já envolveu  em varias alturas, meios aéreos de varias corporações de bombeiros. Este sábado de manhã, o alerta terá sido dado, por começar a haver fumo e que poderia deflagrar de novo em incêndio. Por aquilo que conseguimos apurar, a
dificuldade  em eliminar este foco, prende-se com a grande quantidade de folhagem que se acumulou naquele local e nem sequer a chuva que se fez sentir ao longo dos últimos meses, conseguiu apagar por completo as partes mais à face do solo.

 

---------------------------------

Dia 20 de julho, realiza-se mais um percursoPassos de Memória”, com a designação de PR24 - Trilho dos Castros (Afife), integrado na Rede Municipal de Percursos Pedestres do Município. A Rede Municipal de Percursos Pedestres de Viana do Castelo é mais do que uma ementa de trilhos de mar, rio e de montanha. Pé ante pé, leva o caminhante ao encontro de si mesmo, através da relação com a natureza e com as idiossincrasias das comunidades locais.

Este percurso situa-se em Afife, concelho de Viana do Castelo e revela a riqueza paisagística, ecológica e cultural desta freguesia.

Pontos de interesse do Trilho: Capela e Castro de Santo António, Igreja Paroquial, Edifício da Antiga Junta de Freguesia, Cruzeiro, Capela da Senhora da Rocha, Casino Afifense e Núcleo Museológico de Afife, Capela de Nossa Senhora da Nazaré, Ponte e Moinhos do Loureiro, Convento de São João de Cabanas, Moinhos de Água, Azenha da Formiga, Castro de Agrichouso, Capela da Senhora das Dores, Poço Azul, Capela da Senhora do Amparo, Cruzeiro do Vale, Gravuras Rupestres, Cividade de Afife e Calvário.                                                                                        
Participação gratuita, mas sujeita a inscrição através do preenchimento de um formulário disponível online, a partir das 13h00 do dia 11 de julho (quinta-feira), no link: 

-----------------------------------------

FORAM IÇADAS AS BANDEIRAS AZUIS, NAS PRAIAS DE AFIFE.

20539793_bWQl3.jpg

Foi este sábado que as praias da Arda e Caracol, viram içadas as bandeiras azuis, que este ano a entrega aconteceu no navio Gil Eanes. Afife ostenta desde quase a primeira hora a bandeira azul na praia do Caracol, depois foi a praia da Arda e mais tarde a da Ínsua, só que esta praia, não iça a bandeira, dado a falta das estruturas previstas e ainda não concluídas, como é o caso dos apoios de praia e outros. Refira-se que os parques das outras praias, também estão há espera das estruturas de apoio prometidas e englobadas na requalificação, inseridas no Polis do Litoral Norte.

---------------------------------------

FEIRA DE ARTESANATO DE AFIFE, ESTA SEXTA E SÁBADO, DIAS 5 E 6 DE JULHO.

 

Feira-Artesanato-Viana-do-Castelo.jpg

foto Olhar Vianadocasteloblogspot

Esta acontece no espaço relvado, entre o parque infantil e a farmácia, em pleno centro da freguesia.

O artesanato, vai estar de mãos dadas com a gastronomia, esta sexta e sábado no espaço entre o parque infantil de Afife e a farmácia, naquela que é a primeira feira de artesanato da freguesia, promovida pelo Movimento Associativo de Afife, que é coordenado pela junta de freguesia e que envolve todas as associações de Afife. Alem do programa da feira, tem ainda lugar a animação, com a musica popular a marcar presença. Nesta feira, alem das associações da freguesia, vão ainda participar com stands próprios, artesãos e outros que efeturam a sua inscrição para tal. Recorde-se que o Movimento Associativo de Afife, tem o seu ponto alto, no primeiro fim de semana de Agosto, no Largo Tomas Fernandes Pinto, com uma programação que será divulgada proximamente.

Quanto a esta primeira feira e por aquilo que conseguimos apurar, já são varias as associações e individuais, que efetuaram a sua inscrição para participar.

-----------------------------------

CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE AFIFE, EM DESTAQUE NA AÇÃO HISTORIAS DE VIDA DAS GENTES DE AFIFE.

a13_84.jpg

Os utentes do Centro de Dia de Afife, estiveram envolvidos na Festa Convívio, Vencer a Idade Com Saúde, promovida pela Câmara de Viana e que aconteceu no Centro Cultural de Viana, onde desfilaram com a intervenção artística da designer Isabel Lima,. O Centro de dia de Afife apresentou o desfile de moda intitulado "HISTÓRIAS DE VIDA DAS GENTES DE AFIFE" em parceria com a Estilista Isabel Lima.  Durante o desfile aconteceram ainda, momentos culturais com: declamação de Poemas de Pedro Homem de Mello, com o ator Afifense António Neiva, momentos musicais com Fado de Coimbra (TOADAS DO LIMA); com Fado de Amália Rodrigues (Povo que lavas no Rio; Havemos de ir a Viana) interpretado por FILIPA BARREIROS; com concertinas; com Danças Antigas de Afife, Sarração da velha e os triquilitraques, entre outras coisas. Esta ação teve honras televisivas e este integrada nas comemorações dos 25 anos do Centro Social de Afife, que tem ainda outras realizações agendadas, até muito perto do final do ano. Assim sendo estão de parabéns os utentes deste Centro, pela sua representação e no seu envolvimento no recordar das tradições Afifenses, assim como todos os dirigentes e técnicos do Centro, por esta realização. Na ultima reunião de Assembleia de Afife, todos os elementos, se congratularam com o êxito desta realização, inserida nas comemorações dos 25 anos do Centro Social e pela maneira como os seus utentes desempenharam o seu papel em toda esta atividade.

65655143_1064080157131545_8282164446818729984_n.jpg

65392528_1064024670470427_3888421175117742080_n.jpg

Foto de Isabel Lima facebook

65454844_1064024567137104_7036338968488574976_n.jpg

Foto de Isabel Lima facebook

65653063_1064024487137112_2770843888397582336_n.jpg

A designer Isabel Lima, um casal de idosos do Centro de Dia de Afife e a diretora tecnica do Centro, Sandrina Esteves.

 

 

-----------------------------------------------------------------------------

TEMPORARIAMENTE SEM EDIÇÃO NORMAL...

--------------------------------------------------------------------------

-----------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:25


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos