Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

  AFIFENSES, DIZEM-SE MAL INFORMADOS, SOBRE A CONTAMINAÇÃO DO MEXILHÃO.  

                                 

Ultimamente tem estado interdita a apanha e comercialização do molúsculos bivalves, como é o caso do mexilhão, mas essa informação não chegou ás pessoas a tempo, ou simplesmente  a população de Afife neste caso, não foi informada. Acontece que por esta altura do ano e porque o mar se encontra mais calmo, é susceptível a contaminação dos molusculos por uma toxina que pode ser perigosa para a saúde publica e a qual é detectada através das analises que são efectuadas. É normal que as pessoas por vezes andem com diarreia e atribuam as causas a terem ingerido mexilhão, mas não estão informadas para os perigos deste consumo. A informação em Afife só foi colocada num espaço do placard da praia e num espaço pouco visível, já depois da interdição ter sido decretada, enquanto que saíram do mar de Afife, sacos de mexilhão que certamente terão sido consumidos e sabe-se lá com quantas diarreias, certamente por falta de informação adequada. No caso de Afife, ventila-se quer a indicação sobre a proibição da apanha de mexilhão, só aconteceu, cerca de 15 dias depois das analises terem sido conhecidas e os meios de comunicação social, junta de Freguesia, paroco ou outras entidades, não foram informadas, pois o alerta foi dado a 2 de Julho e neste caso deve a autoridade maritima, despoletar logo  os meios necessarios para interditar a apanha, o que não se verificou de imediato, assim como nos 15 dias seguintes.

 -

 

Interdição da apanha de bivalves na orla costeira vianense – Toxina DSP

A orla costeira de Viana do Castelo insere-se na chamada Zona de Produção L1 Litoral Viana, afecta à Capitania de Viana do Castelo, sendo a apanha e comercialização dos respectivos moluscos bivalves monitorizada pelo Instituto Nacional dos Recursos Biológicos, I.P (INRB,I.P.).

apanha de mexilhões na orla costeira vianense encontra-se interdita desde pelo menos 2 de Julho passado, permanecendo a interdição com a informação difundida no dia 16 de Julho último. As análises efectuadas aos mexilhões detectaram a presença de biotoxinas DSP (Diarrhetic Shellfish Poisoning) que ocasionam intoxicação diarreica.

 Deve ser afixado nas praias e o seu conteúdo difundido, junto da comunicação social, Juntas de Freguesia e párocos de forma a evitar a apanha de mexilhões na orla costeira vianense e a inerente intoxicação diarreica dos consumidores.

Inserindo-se a presente matéria nos objectivos do documento, recentemente apresentado, sob a designação de Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente, Segurança e Higiene do Trabalho nas praias vianenses, vai-se acompanhar a evolução da presente situação, até ser levantada a interdição da apanha de mexilhões na orla costeira vianense.

31 de Julho de 2010

Afife Noticias Informação

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub