Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Viana

por afifenoticias, em 29.01.11

O vinho e a Vinha em Objectos” nos Antigos Paços do Concelho de Viana do Castelo.vinho

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, através do Gabinete de Arqueologia, tem patente a partir de hoje e até dia 09 de Fevereiro, a exposição “O Vinho e a Vinha em Objectos”. Da mostra, que integra os eventos de Viana do Castelo como Cidade do Vinho 2011, destacam-se diversas imagens e desenhos e ainda vestígios arqueológicos romanos.

“O Vinho e a Vinha em Objectos”, patente nos Antigos Paços do Concelho, esteve já no Solar de Merufe no âmbito das Jornadas Europeias do Património e integra as comemorações anuais da distinção “Viana do Castelo Cidade do Vinho 2011”. A mostra inclui imagens de várias épocas clássicas e contemporâneas, desenhos de lagares, fragmentos de ânforas romanas que serviam para transporte de vinho de longo curso e ainda copos romanos em bronze de Castelo de Neiva (Castro de Moldes).

De salientar que a exposição integra o programa da Gala do Vinho, que abre as comemorações da Cidade do Vinho e que decorre no próximo domingo, pelas 16h00, no Teatro Municipal Sá de Miranda. Recorde-se que Viana do Castelo foi eleita “Cidade do Vinho 2011” pelo Conselho Directivo da Associação de Municípios Portugueses do Vinho tendo em conta “critérios de qualidade, nomeadamente pelo programa de actividades apresentado, pelas parcerias e pela envolvência na sociedade civil local ao projecto, que releva o vinho enquanto valor de desenvolvimento económico e de preservação da tradição e cultura portuguesas”.

A candidatura, que passou pelo crivo da Associação de Municípios, aponta as raízes da produção vinícola no concelho, nomeadamente a vocação mercantil de Viana do Castelo e do vinho, passando pela importância da barra de Viana do Castelo na sua exportação. Abonatório é também o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal em torno da marca “Vinhos das Terras de Geraz” com vista à criação de riqueza económica do concelho e respectivas acções de dinamização como a participação no Festival Nacional do Vinho, a celebração do Dia do Vinho e as Jornadas Europeias do Património.

Assim, sendo “Cidade do Vinho 2011”, Viana do Castelo vai acolher diversos eventos, com destaque para a Gala da Cidade do Vinho, o Dia de Reis, os Fins-de-Semana Gastronómicos, a Gala da Eleição da Rainha das Vindimas Nacional, as Conversas à Volta do Vinho, as Jornadas Europeias do Património e o Dia Europeu do Enoturismo, para além de cursos e acções de formação, acções comerciais de promoção de vinhos no Mercado Municipal.

Para além de associar as questões do vinho e da vinha aos grandes eventos de Viana do Castelo, a Câmara Municipal quer também dar início a novas actividades de promoção do enoturismo na região, associando os produtos regionais de qualidade aos espaços naturais, nomeadamente criando percursos em torno do património local e aliando igualmente o turismo rural a uma Rota do Vinho.

Tendo em conta o forte investimento da Câmara Municipal na estratégia de dinamização económica dos produtos endógenos regionais de qualidade, sendo um deles os Vinhos, esta é a demonstração do rumo da política autárquica, que vê reconhecida a sua aposta.

 .

Regresso do Gil Eannes a Viana do Castelo foi há 13 anos.   Navio_Hospital_Gil_Eanes

A Fundação Gil Eannes vai assinalar, na próxima segunda-feira (31 de Janeiro) o 13º aniversário do regresso do Navio Hospital Gil Eannes a Viana do Castelo. A efeméride vai ser assinalada com um programa que integra uma pequena ilustração teatral, uma palestra e a inauguração de duas exposições.

A comemoração do aniversário começa pelas 21h30 com uma ilustração teatral pelo Centro Dramático de Viana denominada “Vindos dos Mares do Fim do Mundo”, seguindo-se a palestra “Bernardo Santareno, entre o Céu e o Inferno” proferida por Vicente Batalha, presidente do Instituto Bernardo Santareno. Para finalizar, serão abertas as exposições “Bernardo Santareno pseudónimo e antónimo Martinho do Rosário: vida e obra” e “A Pesca do Bacalhau: navios bacalhoeiros de Viana do Castelo – Santa Maria Manuela”.

A História:

O Navio Gil Eannes foi construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo em 1955 tendo como missão apoiar a frota bacalhoeira nos mares da Terra Nova e Gronelândia. Embora a sua principal função fosse prestar assistência hospitalar a pescadores e tripulantes, o Gil Eannes foi também navio capitania, navio correio, navio rebocador e quebra-gelos, garantindo abastecimento de mantimentos, redes, isco e combustível aos navios da pesca do bacalhau.

Depois de cessar a sua actividade em 1984, teve vários proprietários e usos até que, em 1997, foi vendido a um sucateiro para abate, quando já estava profundamente degradado. Foi, nessa altura, que a Câmara Municipal de Viana do Castelo decidiu mobilizar a comunidade para o trazer para a cidade onde nascera, resgatando-o à sucata para ser exposto em Viana do Castelo como memória viva do passado marítimo e da construção naval da cidade e também do país.

Depois de uma enorme campanha que contou com o apoio de cidadãos de todos os grupos etários e sociais, de instituições e empresas, o navio-hospital regressou a Viana do Castelo em Janeiro de 1998, onde recebeu profundas obras de reabilitação nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo. Desde então, é propriedade da Fundação Gil Eannes e está fundeado na doca de Viana do Castelo como museu e também como original Pousada da Juventude flutuante com sessenta camas.

A Fundação Gil Eannes vai assinalar, na próxima segunda-feira (31 de Janeiro) o 13º aniversário do regresso do Navio Hospital Gil Eannes a Viana do Castelo. A efeméride vai ser assinalada com um programa que integra uma pequena ilustração teatral, uma palestra e a inauguração de duas exposições.

A comemoração do aniversário começa pelas 21h30 com uma ilustração teatral pelo Centro Dramático de Viana denominada “Vindos dos Mares do Fim do Mundo”, seguindo-se a palestra “Bernardo Santareno, entre o Céu e o Inferno” proferida por Vicente Batalha, presidente do Instituto Bernardo Santareno. Para finalizar, serão abertas as exposições “Bernardo Santareno pseudónimo e antónimo Martinho do Rosário: vida e obra” e “A Pesca do Bacalhau: navios bacalhoeiros de Viana do Castelo – Santa Maria Manuela”.

A História:

O Navio Gil Eannes foi construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo em 1955 tendo como missão apoiar a frota bacalhoeira nos mares da Terra Nova e Gronelândia. Embora a sua principal função fosse prestar assistência hospitalar a pescadores e tripulantes, o Gil Eannes foi também navio capitania, navio correio, navio rebocador e quebra-gelos, garantindo abastecimento de mantimentos, redes, isco e combustível aos navios da pesca do bacalhau.

Depois de cessar a sua actividade em 1984, teve vários proprietários e usos até que, em 1997, foi vendido a um sucateiro para abate, quando já estava profundamente degradado. Foi, nessa altura, que a Câmara Municipal de Viana do Castelo decidiu mobilizar a comunidade para o trazer para a cidade onde nascera, resgatando-o à sucata para ser exposto em Viana do Castelo como memória viva do passado marítimo e da construção naval da cidade e também do país.

Depois de uma enorme campanha que contou com o apoio de cidadãos de todos os grupos etários e sociais, de instituições e empresas, o navio-hospital regressou a Viana do Castelo em Janeiro de 1998, onde recebeu profundas obras de reabilitação nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo. Desde então, é propriedade da Fundação Gil Eannes e está fundeado na doca de Viana do Castelo como museu e também como original Pousada da Juventude flutuante com sessenta camas.

-

Câmara aprova protocolos para transferir 1,5 milhões de euros para as freguesias.

A Câmara Municipal vai assinar protocolos de colaboração com as quarenta freguesias do concelho no valor total de cerca de 1.5 milhões de euros, a entregar mensalmente. Em causa estão diversos melhoramentos da iniciativa das freguesias e a limpeza de caminhos municipais e permitem às freguesias avançar com investimentos próprios.

Os protocolos de colaboração destinam-se a transferências financeiras mensais para a qualificação de espaços públicos e infra-estruturas e melhoramentos diversos. Em causa estão também iniciativas como gestão e conservação de espaços públicos, a beneficiação de infra-estruturas e equipamentos na área do centro cívico da freguesia e a conservação da sinalização de sinalização das freguesias.

A Câmara Municipal aprovou também protocolos de colaboração com as Juntas de Freguesia mediante a transferência pontual de meios financeiros, no âmbito da colaboração técnico-financeira que o Município de Viana do Castelo tem vindo a desenvolver. Na última reunião de câmara, foram aprovados protocolos no valor total 135 mil euros destinados à capela mortuária de Vila Mou, Rua da Caldeira em Nogueira, infra-estruturas no Lugar de Moldes (Primeira Fase) em Castelo de Neiva, consolidação de um canal na Rua do Pinheiro na freguesia de Carreço, reparação de vias devido às recentes intempéries em Carvoeiro e para um muro de suporte na Bessa (Meadela.

-

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D



Favoritos