Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

    PONTE DE CABANAS, FICOU MAIS FRAGILIZADA.      

 

       

As últimas cheias, deixaram de novo marcas na área da ponte de Cabanas, onde a levada ficou quase toda destruída, tendo as pedras sido arrastadas pela força das águas, ficando num amontoado, a jusante da ponte. As marcas não deixam dúvidas que a água do rio subiu até ao caminho de acesso ao antigo matadouro dos frangos e tudo se deve ao facto de o rio estar estrangulado nas suas margens devido ao crescimento da vegetação e acima de tudo pela falta de limpeza neste curso de água. Já anteriormente noticiamos a situação com que se deparava esta ponte nas cheias de Dezembro, onde a levada começou a ser destruída, foi levado este caso ao conhecimento da Assembleia de freguesia na sessão de Dezembro, no entanto a Junta foi inteirar-se da situação e verificou que em princípio a situação não iria criar instabilidade na estrutura da ponte, toda ela em granito.

 

                            

Aqui pode-se ver o pegão central, que se mostra fragilizado e pode  colocar a estrutura da propria ponte em perigo de derrocada.

 

 

O pegão central da ponte, o mais afectado pela força das aguas, esta com a sua, à vista e pode-se notar que deve ter sido consolidado com cimento há poucos anos, certamente por sido enfraquecido pela força das aguas. Tendo em conta que ainda estamos na altura das chuvas e das cheias, a ponte pode ser afetada por novas cheias e como a aceleração das águas nesse local e muito significativa, nada garante que a ponte não venha a sofrer danos consideráveis, até porque agora falta a levada, que era um ponto que reduzia a velocidade das águas e protegia a estrutura da ponte. O rio de Afife encontra-se numa situação nunca vista, já que ninguém procede ao corte da vegetação e à sua desobstrução, mas este trabalho compete ao organismo que tem responsabilidades nesta área. Só que este organismo por diversas vezes alertado pelas entidades locais, nem procede a estes trabalhos, nem tão pouco permite que outros o façam, pois a autarquia Afifense, já por diversas vezes tentou proceder a cortes e desobstrução dos rios e encontrou sempre problemas para o fazer. Não há duvidas que o rio está obstruído em quase todo o seu percurso, há situações que Já são consideradas preocupantes em termos de erosão, como o que está a acontecer nos terrenos adjacentes à ponte do Xisto, ou no Fial. Segundo nos contam as pessoas mais antigas, que em tempos de Inverno rigoroso e de cheias, nunca as águas passavam por cima da ponte do Xisto ou de outras, pois o rio estava sempre limpo e com o leito desobstruído, agora acontece precisamente o contrario, o rio está com o leito obstruído, e sempre que chove um pouco mais, já não se pode passar nas pontes do Xisto e Fial, porque a agua quase sempre galga o tabuleiro.

 29  de Janeiro de 2011

Afife Noticias Informação

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub