Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





CAMIINHA

por afifenoticias, em 26.02.11
 
Assembleia Municipal contra portagens na A28.   Assembleia Municipal contra portagens na A28

A Assembleia Municipal de Caminha acaba de aprovar, por unanimidade, uma moção de repúdio contra a implementação de portagens na A28 troço Viana do Castelo - Caminha, a partir do dia 15 de Abril. A Assembleia vai criar uma comissão de acompanhamento com representantes das forças políticas com assento na Assembleia. Está já a decorrer uma petição on-line para ser entregue aos grupos parlamentares e ao Governo.

A Assembleia Municipal de Caminha está contra a introdução das portagens na A28, troço Viana do Castelo - Caminha, a partir do próximo dia 15 de Abril, medida anunciada pelo Secretário de estado adjunto das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos. A Assembleia vai tomar posições. Isso mesmo ficou hoje claro durante a Assembleia, que está ao lado do executivo caminhense nesta luta contra a implementação das portagens.

Recorda-se que o executivo caminhense assumiu na última reunião de Câmara que vai promover uma série de iniciativas para sensibilizar o Governo. "Vamos elaborar uma petição a solicitar a suspensão e revisão da implementação das portagens na A28 entre Caminha e Viana do Castelo e solicitar reuniões com a tutela e com as bancadas parlamentares", comunicou o vice-presidente na reunião de Câmara. Flamiano Martins relembrou que a Câmara tem alertado para as consequências da implementação das portagens na A28 e de pouco adiantou. "Foram muitas as vozes de protesto e os alertas para as dificuldades que esta medida traria para a região norte", argumentou.

Tal como o executivo camarário também a Assembleia Municipal considera que a cobrança de portagens é prejudicial para todos, nomeadamente para o Município de Caminha. Aliás, a Assembleia encara a introdução de portagens como sendo a pior medida com que esta região se vê confrontada. Afecta o turismo, diminui a atracção de investimentos e a criação de emprego, diminui a competitividade das empresas, promove a desigualdade territorial e o desemprego.

Prejudica o Turismo, pois faz com que o número de pessoas que visitam o concelho de Caminha a região Norte diminua. Prejudica os estudantes do concelho que vão estudar para os grandes centros urbanos e os trabalhadores por conta própria que vêem as despesas em transportes aumentadas. E, mais grave ainda vai prejudicar as empresas cujos funcionários, cargas e mercadorias se deslocam com regularidade por estas vias.

A Assembleia Municipal de Caminha salienta que o Alto Minho continua num nível abaixo da média do resto do país: tem um baixo desenvolvimento económico, uma taxa de desemprego crescente e, ainda, está condenada ao pagamento de portagens em todas as principais vias de acesso. A implementação de portagens no troço entre Viana do Castelo e Caminha vai "agravar ainda mais a situação".

Por um lado, o Estado e o Município investem milhões de euros na requalificação das frentes ribeirinhas, através do projecto Polis Litoral Norte, mas por outro vai cobrar dinheiro para circular na auto-estrada, empurrando assim os camiões novamente para as estradas nacionais, para junto dos paredões, das ecovias e dos espaços verdes.

Tal como o executivo camarário também a Assembleia considera que, mais uma vez, o Município sai prejudicado. O executivo sempre defendeu o acesso da A28 entre Vilar de Mouros e Argela para potenciar a criação de um pólo industrial no interior do Concelho, de resto, já previsto em PDM e com parte do financiamento garantido. Ainda não está em funcionamento e já sofre este duro revés: a obrigatoriedade de pagamento de portagens na entrada e saída do Parque. Mais uma vez, não é justo. Não é coerente. É o Concelho de Caminha que sai gravemente prejudicado.

Câmara vai executar acção de fogo controlado nas freguesias de Azevedo, Vile e Riba de Âncora.  Câmara vai executar acção de fogo controlado nas freguesias de Azevedo, Vile e Riba de Âncora

Câmara Municipal de Caminha retomou as acções de fogo controlado no concelho. A próxima queima vai realizar-se no próximo dia 1 de Março, em áreas das freguesias de Azevedo, Vile e Riba de Âncora, se as condições meteorológicas assim o permitirem.

A Câmara Municipal vai continuar a executar acções de fogo controlado e de execução de queimadas, dando continuidade ao trabalho de prevenção e preparação para o Verão, contando com o apoio e colaboração dos Corpos de Bombeiros, Equipas de Sapadores Florestais e GIPS da GNR.

 
 
Obras na Praia da Gelfa aproximam-se do fim.Obras na Praia da Gelfa aproximam-se do fim
 

As obras na Praia da Gelfa aproximam-se do final. Na próxima época balnear, a praia estará mais atractiva e com novas valências. Será com certeza visitada por mais banhistas, que vão usufruir da beleza do local potenciada pelas novas condições.

A Câmara Municipal está a requalificar a praia da Gelfa, cujo investimento é de 1.359.670,54 euros, co-financiado em 80% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo a restante quantia suportada pelo Municipio.

Esta intervenção em Âncora traduz a forte aposta do Município na requalificação do litoral e na potenciação do turismo no concelho.

As obras na praia da Gelfa estão na recta final. A colocação das infra-estruturas hidráulicas está concluída. A zona de estacionamento, com uma capacidade de 120 lugares, e a rua principal já estão pavimentadas. O passadiço de madeira, que vai desde o parque de estacionamento até ao Forte do Cão, com cerca de 2 000 metros², está concluído. Agora está a ser executado o outro passadiço de madeira, com cerca de 1600 metros, que vai ligar ao Campo de Futebol.

Com esta requalificação, o Executivo pretende candidatar a Praia da Gelfa ao galardão Bandeira Azul da Europa.

O Município não descura nenhuma das suas freguesias. Na freguesia de Âncora, para além da requalificação da Praia da Gelfa, o Município comparticipou com 40.000 mil euros a Casa Mortuária, comparticipou o arrelvamento sintético do Campo do Centro Cultural e Desportivo Ancorense e as obras de beneficiação do Parque de Estacionamento da SIRA, que vai servir toda a freguesia.

 

 
 
 
 
 
Concurso de Máscaras vai animar Caminha Doce.Concurso de Máscaras vai animar Caminha Doce

A II Feira de Doçaria Tradicional e Conventual de Caminha, que decorre de 4 a 8 de Março, vai ser animada por uma mostra de máscaras. A autarquia convidou as escolas da região norte e da vizinha Galiza a concorrerem ao concurso "Máscaras na Rua".

Durante os dias do certame Caminha Doce que vai animar as ruas do centro histórico da vila, vão decorrer mais eventos paralelos. Um deles é a exposição dos trabalhos concorrentes ao concurso "Máscaras na Rua". Assim, os alunos concorrentes vão apresentar máscaras elaboradas com materiais reutilizados, mas que proporcionem alguma resistência, já que os trabalhos vão estar expostos ao ar livre.

Assim, a doçaria vai aliar-se à temática do Carnaval, e os visitantes vão poder, enquanto passeiam por Caminha, observar as várias máscaras a concurso, para além dos doces tradicionais e conventuais de todas as regiões do país.

Foram convidadas a participar as escolas da região norte do país, bem como da vizinha Galiza. Os alunos ou turmas podem ser do pré-escolar, do 1º, 2º e 3º ciclos ou do secundário. Os vencedores das três melhores máscaras vencerão prémios pedagógicos. O júri poderá ainda atribuir menções honrosas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D



Favoritos