Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





TDT

por afifenoticias, em 24.09.11

     TELEVISÃO  DIGITAL,CONTINUA SEM RESPOSTA E SEM SINAL.            

      

Continua a ser dada uma resposta, se vai ou não haver micro cobertura do sinal digital de televisão para as freguesias que se encontram em zona de sombra,como é o caso de Afife, Carreço e Areosa, no concelho de Viana e Vale do Ancora e outras do concelho de Caminha. Foram já 13 os autarcas dos concelhos de Viana e Caminha, que no inicio do mês enviaram um abaixo assinado aos organismos competentes e com responsabilidades nestas áreas, mas as respostas é que não chegam e começa já a pairar no ar a ideia que o apagão vai ser prolongado mais algum tempo e que não vai haver outra solução que a receção do sinal por satélite,o que fica, mais dispendioso.

Para já são os representantes das populações, neste caso os seus autarcas que se mostram preocupados em que as suas freguesias fiquem dentro das zonas de sombra. Mas quando o apagão acontecer, certamente que as pessoas não vão gostar de ficar sem a captação do sinal televisivo e certamente que os protestos vão ser ouvidos.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, através do seu presidente, já  tomou posição sobre esta situação.

 

Acontece que há cada vez mais concelhos do interior que aperceberam-se que vão ficar de fora do sinal e começam já a mostrar o seu descontentamento e pena é que na devida altura, não se tivessem juntado ás 13 freguesias dos concelhos de Caminha e Viana, que foram os primeiros  a alertarem para a situação depois do autarca de Afife, Arlindo Sobral, ter reclamado por esta freguesia não ser abrangida pelo sinal digital de TDT

da Câmara de Viana do Castelo alertou para a “situação injusta, desigual e inaceitável” da falta de acesso de parte da população à TDT (televisão digital terrestre). Em ofício enviado ao Governo, e divulgado, José Maria Costa lembra que “algumas freguesias do concelho não têm captação do sinal, digital de televisão.

 

Por aquiloo que  apuramos de fonte não oficial, vai ser difícil a PT ceder à colocação da micro-cobertura, para a nossa área, tal como havia sido ventilado aquando da reunião tida a em Afife com a ANACOM, pois esta pode originar a variados protestos pelo País, pois são muitas as áreas que ficam na sombra, mas também nos garantem que a porta não está fechada, pois no caso da nossa área, trata-se de um enorme aglomerado populacional e isso deve ser levado em conta.

Espera-se que para os próximos dias,  mais informação sobre o desenvolvimento dos contactos que estão a ser efectuados nos vários organismos, fonte não oficial, garantiu-nos que o apagão,para o norte e interior do País,  vai acontecer já para alem de Abril e pode mesmo ser feito em Dezembro se 2012,devido a esta e outras situações. 

Preocupado com esta situação,o deputado socialista pelo circulo de Viana, Jorge Fão, solicitou ao Governo que por intermédio do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, seja prestada a seguinte informação:

1 - Admite o Governo adiar a data prevista de Abril de 2012 prolongando o prazo estabelecido para desligar o sinal analógico?

2 - Quais são as razões técnicas que provocam a existência das "zonas sombra" no território do Alto Minho?

2.1 - A colocação de mais equipamentos de retransmissão não poderá resolver este problema?

3 -Até à data prevista para desligar o sinal analógico, prevê o Governo, através da Portugal Telecom, resolver tecnicamente o problema da falta de cobertura integral do território da Alto Minho com serviço gratuito de Televisão Digital Terrestre?

Certamente que ou o governo,ou o ministro adjunto dos assuntos parlamentares, venham a interpelar a PT,sobre esta situação e que finalmente se venha a saber se vai,ou não ser feita alguma coisa para levar o sinal de TDT ás freguesias que se encontram em sombra e não são elas assim tão poucas.

 

 

Em 2008 foram atribuídos à Portugal Telecom os direitos de utilização de frequências necessárias ao desenvolvimento de uma rede para cobertura de todo o território nacional que permitisse o acesso terrestre e gratuito ao sinal dos quatro canais públicos RTP , RTP2 , SIC e TVI que passarão a ser emitidos usando a nova tecnologia da televisão digital.

As primeiras emissões da TDT em Portugal tiveram início em Abril de 2009 e a cobertura do país com este serviço tem vindo a ser alargada, atingindo cerca de 87% da população em Dezembro de 2010.

Na actualidade essa percentagem da cobertura do território mantêm-se estabilizado, assumindo a PT Comunicações que, até à data estabelecida para o desligamento definitivo (swich-off) do sinal analógico, perto de 13% da população portuguesa não tem e provavelmente não virá a ter acesso à nova televisão digital por via terrestre.

Este processo (swich-off) está previsto ter início em Janeiro de 2012 e concluir em Abril do mesmo ano em todo o território nacional, data a partir da qual terminará definitivamente a difusão de sinal analógico e consequentemente o acesso aos canais públicos livres de televisão no sistema actualmente existente

Na região do Alto Minho, que se encontra dotada de cinco emissores de TDT, em algumas zonas do seu território, nomeadamente em várias freguesias dos concelhos de Paredes de Coura, Viana do Castelo e Caminha, verifica-se a existência das denominadas "zonas de sombra" nas quais não é possível captar sinal terrestre, o que discrimina a população residentes nessas localidades excluindo-a de acesso à TDT de forma gratuita e "impondo" a esses cidadãos a "obrigatoriedade" de os onerar com a colocação de um kit TDComplementar (DTH Direct to Home), ou pior ainda a aquisição de serviços privados de disponibilização de TV digital.

 

24-09-11

ANI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos