Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

 JUNTA DE AFIFE,PEDE ESCLARECIMENTO A JOSÉ RELVAS, sobre a qualificação atribuida à freguesia, que deixa de ser rural.           

         

A Junta  e Assembleia de Freguesia de Afife, não concordando com a atribuição da qualificação que foi atribuída à freguesia, que assim deixa de ser  classificada de freguesia rural,como sempre  a classificaram todos os organismos oficiais, enviou a José Relvas o ministro adjunto e dos assuntos parlamentares,um pedido de esclarecimento referente aos critérios de qualificação da tipologia da freguesia de Afife, atribuída conforme o documento publicado sobre a reforma administrativa local.

A freguesia teve a atribuição de mista, ou seja, urbana/rural,situação em que Assembleia e junta de freguesia não concordam e querem que esta se mantenha rural, dado as suas carateristicas próprias e que sempre a definiu assim. No documento agora enviado a José Relvas, é manifestada a total discordância relativamente à aplicação dos criterios de classificação de freguesias cuja consequencia levará à extinção da freguesia de Afife,enquanto unidade de divisão territorial, apontando um conjunto de razões.

È salientado no documento enviado, que Afife é uma freguesia tipicamente rural, com uma longa historia e luta pela afirmação através dos tempos.

Salientam que a população ficará mais desprotegida com a desarticulação de todos os serviços prestados pela junta de freguesia e dão conta dos inúmeros serviços que a autarquia presta à população.

Deixam bem claro que  os critérios utilizados levam a situações aberrantes de classificação que apontam no sentido de agregação de freguesia de Afife, penalizando-a comparativamente a outras freguesias e a outros municípios.

No ponto 7 do documento elaborado,apontam que os textos dos critérios de classificação das freguesias que constam do livro verde,não estão perceptiveis no que concerne a Afife, pelo que solicitam que sejam exaustivamente descritos os critérios de qualificação da tipologia da freguesia.

O documento refere que a existência de uma freguesia não pode depender unicamente de critérios de gabinete elaborados a muitos quilómetros da realidade.

Refere ainda o documento que acabar com a historia e memoria próxima de um povo e restringir  a sua participação democrática é profundamente negativo e trás consigo consequencias muito graves.

Assim junta e assembleia de freguesia pedem esclarecimentos sobre os critérios que classificaram a freguesia como AMU, quando foi sempre considerada  por todos os organismos oficiais, como  FREGUESIA RURAL.

O documento que teve a concordância de todos os elementos que compõe a Junta e Assembleia de Freguesia de Afife e foi já enviado, esperando-se agora uma resposta oficial, com o respetivo esclarecimento.

Com esta qualificação e dentro daquilo que aponta o documento verde da reforma administrativa,a freguesia de Afife,terá que  ser agregada, ao contrario daquilo que acontecia se se mantivesse como freguesia rural.

Esta é uma situação em que os Afifenses mais identificados  com aquilo que se pretende no documento verde e referente à reforma administrativa das freguesias e com a mudança de qualificação de Afife, levantam já a sua voz, discordando e não aceitam que Afife deixe de ser rural,já que essas são e sempre foram as suas características próprias.

26--11-11

ANI

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub