Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





ESCOAMENTO DAS AGUAS

por afifenoticias, em 26.11.11

  ESCOAMENTO DE AGUAS PLUVIAIS, JÁ NÃO SE FAZ, COMO ANTIGAMENTE.   

   

Desde tempos imemoriais, que o escoamento das aguas pluviais e o seu encaminhamento para o mar,foram uma preocupação, até porque se recuarmos ao seculo  dois antes de Cristo, todas as estações arqueológicas demonstram, redes de encaminhamento das aguas estudadas ao pormenor e que certamente cumpriram a sua missão. Mais tarde,foram as autarquias a legislar sobre a sua limpeza e manutenção por parte da população e não temos duvidas que as coisas sempre funcionaram em pleno e os estragos em situações anormais, até terão sido de reduzida monta.

Nos tempos que correm, as coisas não são assim, porque ninguém quer um rego foreiro, ou uma qualquer linha de agua a correr naquilo que é seu e muitas das vezes aterram estes regos, o que vai fazer com que as aguas depois tenham que andar perdidas e venham a causar estragos em outros locais. Por outro lado o Código de Posturas da freguesia está desactualizado e não é aplicável, já que este obriga os residentes a procederem  à limpeza e desobstrução destas linhas de agua.

Este rego foreiro, é um dos que escoa mais quantidades de agua,está como se pode observar, quanto o nivel de agua subir um pouco,este  não suporta o caudal,devido à falta de limpeza e o caminho vai ficar transformado num autentico rio,como tem sido habitual.

 

Depois ainda há outra situação na área da veiga, é que ninguém faz a manutenção das linhas de escoamento das aguas e também não se sabe que aí tem que proceder a estes trabalhos, assim sendo, o panorama é aquele que as pessoas já se habituaram em dias de maior pluviosidade,são os caminhos transformados em rios, que não permitem a circulação, são as leiras alagadas e transformadas em autênticos charcos de agua, que em muitos dos casos só secam já em pleno verão.

Há no entanto alguns atropelos a linhas de agua e até se passam licenças camarararias, para construir em cima de linhas de agua, há tambem que canalise regos foreiros e até quem os elimine, sem dar qualquer saida ás aguas, que depois se juntam em locais inadequados, causando estragos e inconvenientes.

Solução a curto prazo para desobstruir as linhas de agua na freguesia, não se vislumbram a curto prazo, a não ser a limpeza que é efetuada pela junta de freguesia, já que na área da veiga, precisamente o local onde se verificam mais problemas, é também o mais abandonado, pois aqui não se sabe muito bem quem gere o espaço da área do emparcelamento e por tal, não há responsáveis pela manutenção,tanto de caminhos, como das linhas de agua.

Agora que vem a altura das chuvas, só se pode esperar aquilo que é habitual, as leiras transformadas em charcos de agua, e os caminhos em autenticos rios, onde não se pode sequer circular.

 

29-11-11

ANI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos