Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





A CIENCIA DO TIRO

por afifenoticias, em 06.08.12

A CIÊNCIA DO TIRO                

 

 

        Há anos, uma patrulha da G.N. R., perseguiu, ao longo de quarenta quilómetros , dois assaltantes que se puseram em fuga num automóvel roubado, depois de desrespeitarem a ordem de paragem e tentarem atropelar um agente. Um dos suspeitos acabou por ser baleado num pé, quando conduzia a viatura já com os pneus furados, na sequência  de disparos de sucessivas patrulhas na perseguição pela EN 13, entre Moledo e Valença.

        E a primeira pergunta que eu faço é como foi possível dar um tiro no pé do condutor, quando os tiros furaram os pneus? Se os disparos foram feitos para imobilizar o veículo furtado, como atingiram o condutor? Para mim, que fui militar, graduado, na Guerra de África, que dei fogo com diversas armas, desde a espingarda “Mauser”, de calibre, 7,9 até  `sofisticada G-3, passando por diversas pistolas e pistolas metralhadoras, custa-me a aceitar que um disparo duma arma feito para um pneu dum carro em movimento, atinja ao mesmo tempo, um dos ocupantes desse mesmo carro.

       É preciso que os utilizadores de armas de fogo saibam que não é a arma que mata ou fere uma pessoa, mas sim quem faz um disparo nessa mesma arma.

       Dar um tiro com precisão tem a sua ciência que passa não só pelo conhecimento total da arma que se utiliza, mas também por um treino intensivo, quer nas carreiras de tiro, quer no terreno, com alvos em movimento, simulacro de perseguições , parecido com situações reais. Só assim, quem utiliza uma arma de fogo poderá efectuar um disparo certeiro

para um determinado alvo, e só para esse alvo. Caso contrário, e infelizmente já aconteceu, haver vítimas que não tinham nada a ver com uma perseguição ou um assalto e depois, lá vem os comunicados oficiais a dizer que tudo foi feito com o maior rigor e precisão. Se houver feridos, vão para os hospitais, se houver mortos vão para os cemitérios e como as averiguações demoram muito tempo, tarde ou nunca se sabe se há culpados ou não.

      A  P.S.P. e a G.N.R. receberam  novas pistolas “GLOK 19”, mais leves e mais precisas que as anteriores.  Seria bom que antes de as utilizarem em operações, os agentes daquelas Forças de Segurança, tivessem um treino adequado e preciso, de modo a evitarem situações, às vezes trágicas, que é necessário evitar, como aquela que o nosso colega Correio da Manhã, acaba de relatar, ocorrida em  Fânzeres, Gondomar.

       Segundo aquele matutino, os militares da GNR, deram ordem de parar a uma viatura, que transportava três jovens. Como os jovens não obedeceram , os militares da GNR, segundo o relato dum Sr. Major às cadeias de televisão, efetuaram dois disparos para o ar e depois, vários disparos para os pneus trazeiros, disparos esses que imobilizaram a viatura e causaram a morte a um dos passageiros, com cerca de vinte anos, com antecedentes criminais. Ora eu fico muito admirado quando ouvi um Sr. Major, que como Oficial Superior da GNR, tem a obrigação profissional de saber o que diz, afirmar que o disparo que matou o jovem, foi feito para os pneus e não para os passageiros da viatura. Um bom atirador, quando faz um disparo para os pneus duma viatura, o alvo são os pneus e não os passageiros. Qualquer dia ainda leio nos jornais que alguém fez um disparo para o ar…e matou um transeunte!

 

Antero Sampaio

Jornalista

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos