Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

A RIBEIRA DE VIANA, QUEIMOU O JUDAS.      

                   

Este sábado de aleluia a tradição foi uma vez mais cumprida na cidade de Viana do castelo, com a Queima do Judas, tradição que as gentes da Ribeira fazem questão de levar por diante e manter, assim como mostrar à parte alta de cidade e aos muitos forasteiros que por estas alturas visitam a cidade.

Este sábado as gentes da Ribeira voltaram a levar por diante a tradição, juntaram-se no largo da estação e acompanhados pelo grupo de Bombos de S. Sebastião de Darque, partiram pelas artérias da cidade com rumo à terceira arvore de acesso ao Castelo de S. Tiago da Barra, onde por habito  o Judas é enforcado e queimado, passando como é obrigatório pela Praça da Republica.

Pelo percurso o anunciador ia informando atraves do funil, que a Queima acontecia ao meio dia, na terceira arvore do acesso ao castelo e anunciava os interessados em adquirir o trabalho de Amadeu Costa, sobre a Queima do Judas na Ribeira e o testamento de 1953, que o poderia fazer ali mesmo, apenas por um euro.

O cortejo saiu do largo da estação pelas 11 horas com os bombos a abrir, seguindo-se o e escrivão,os rapazes e raparigas com as motas de pau e as fisgas, para atirarem sobre o Judas,que seguia um pouco atrás.

Logo a seguir ao andor com o Judas, que carregava as notas e 100 e 500 euros a encher o saco, seguiam as carpideiras, ou seja aquelas pessoas que em tempos eram contratadas para fazer a choradeira nos funerais.

Na Ribeira, estava uma multidão, que superou os últimos anos, à espera de ouvir o testamento e ver a queimado Judas,com a ajuda de bombas estrategicamente colocadas no Judas que  o faziam despedaçar por partes.

A leitura do testamento, foi pacientemente esperada pela hora certa ao toque dos bombos e ao meio dia lá começou então a função.

E assim o Judas até começou por ser bonzinho e lá deixou algumas das suas moedas para a festa e até o Cavaco e  Maria foram contemplados,para lhe facilitar a entrada  num lar.

Não esqueceu de dar 20 por cento para a ponte, para o piso que diz enferma de urticaria e até não esqueceu a crise do Sporting.

Os estaleiros, também ali foram lembrados, desde a guerras dos gestores e doutores, até ao Hugo Chaves.

OS limites de Viana e Areosa, também foram lembrados e diz o testamento, que por entre muitos letrados, também há quem berre,  porque os de Areosa já querem Viana, Outeiro e Perre.

Para finalizar, não esqueceu os políticos que nos governam, dizendo não saber quem é o mais fraco, salientando serem genéricos de fezes e farinha do mesmo saco.

Para finalizar pediu para os queimar sem terem pena, ao som de uns copos de tinto, cantando a vila morena.

Foi assim cumprida a tradição da Ribeira, com enorme participação, mostrando que o povo está unido, nesta secular tradição.

 

 

30-03-13

ani

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub