Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





CAMINHA

por afifenoticias, em 29.06.13
Caminha apresenta Plano Estratégico 2014-2020 para o concelho

 

O Município de Caminha apresentou hoje, dia 28, o Plano Estratégico para o concelho no intervalo temporal de 2014-2020. A principal proposta é a candidatura do rio Minho a Património Natural da Humanidade pela UNESCO.

O Plano Estratégico foi elaborado pela equipa de Custódio Oliveira, em estreita colaboração com o Município de Caminha. O consultor de comunicação explicou que "um plano estratégico de citymarketing é uma nova forma de gerir e encarar a gestão municipal, não é publicidade". O Plano foi elaborado de forma a "atrair visitantes, novos residentes e investidores", reforçou.

O plano está assente em quatro pilares fundamentais: a candidatura do rio Minho a Património Natural da Humanidade pela UNESCO, o projeto de navegabilidade do mar e do rio Minho, a constituição de uma Eurocidade Caminha, Vila Praia de Âncora e La Guardia (Espanha), e a defesa de Caminha como capital dos desportos de natureza.

Júlia Paula Costa destacou também o grau de exigência e de rigor que se impõe na gestão das vilas e das cidades, o que obriga a um rigoroso aproveitamento dos recursos existentes e a uma redução total dos desperdícios. "Esta tem sido a tónica da gestão do Município a qual queremos ampliar com este trabalho", explicou a Presidente da Câmara Municipal.

A autarca realçou ainda a promoção de atividades de desporto outdoor como um importante fator de atração de turistas e de visitantes ao longo de todo o ano, exemplificando com o caso do Trail da Serra de Arga. "Cada vez mais, há um novo tipo de turismo ligado às atividades de desporto de natureza e o concelho de Caminha tem condições excecionais para a prática destas modalidades, da mesma forma que possui ótimas infraestruturas desportivas", acrescentou.

O Plano Estratégico para o concelho de Caminha foi integrado no plano estratégico da CIM - Altominho para 2014-2020, o qual será o instrumento orientador para a gestão dos fundos comunitários do próximo quadro comunitário de apoio da Comunidade Intermunicipal. "Este foi um trabalho desempenhado pelo vereador Flamiano Martins que articulou a elaboração do plano de Caminha com o da CIM, dando contributos importantes sobretudo na área da rede de transportes e na lógica transfronteiriça", frisou ainda Júlia Paula Costa.

 

Começa hoje a Festa do Mar e da Sardinha .

A abertura oficial da Festa do Mar e da Sardinha está agendada para hoje às 19 horas, em Vila Praia de Âncora, com o Grupo de Bombos de S. Gonçalo de Dem a fazer as honras da casa. Esta é uma festa que durante 10 dias celebra as fortes ligações do concelho ao mar e dá a provar aos visitantes a “melhor sardinha de alvorada”.

A Festa do Mar e da Sardinha privilegia os recursos endógenos, as potencialidades e os talentos locais. Assim, os milhares de visitantes esperados vão poder degustar a famosa Sardinha de Alvorada, confecionada de várias formas.

A animação está a cargo de alguns grupos de animação locais, sendo que as concertinas, as cantigas à desgarrada, as danças e os cantares tradicionais são atividades previstas, ao longo dos vários dias de festa.

Este ano pretende-se um maior envolvimento de todos e por isso, uma das novidades desta edição é o “Show Wave Style”, Visual Penteados Artísticos, levado a cabo por várias cabeleireiras do Vale do Âncora. No dia 5 de julho vai-se dar a conhecer o que de melhor se faz por cá em termos de “styling” de cabelos.

Mas as novidades não ficam por aqui, também as “belezas naturais” da região vão ser distinguidas durante o concurso MISS PRAIA MINHO 2013, que vai acontecer no dia 6 de julho.

Outro dos destaques vai para as atividades ligadas ao mar. Vão ser realizados convívios de surf com demonstrações e provas, organizados pelo Surf Clube Praia de Âncora, durante os dias 6 e 7 de julho. De salientar também o Batismo em Kayak no Rio Âncora, no dia 30 de junho e a Descida de Sensibilização do mesmo rio em Kayak e recolha de lixo, no dia 5 de julho.

Ainda no âmbito do usufruto da natureza, vai decorrer uma maratona de BTT e uma caminhada, no domingo, numa organização dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

Ao longo de todos os dias vai ter lugar um Ateliê de artes do mar, para crianças dos 3 aos 16 anos, da responsabilidade da Associação Caminharte e Atelier de Arte Caminhense; e a Exposição “Saudade do nosso Mar”, de Carlos Castro e Carlos Vilas Boas.

A Festa do Mar e da Sardinha é um evento organizado pela Ancoreventos, com o apoio da Entidade Regional de Turismo e Norte de Portugal e a promoção da Câmara Municipal de Caminha.

Recorde-se que no ano passado foram mais de 80 mil os visitantes a marcar presença na Festa do Mar e da Sardinha.

 

Caminha e CIAB organizam ação de sensibilização sobre Literacia Financeira e Gestão do Orçamento Familiar.

No próximo dia 1 de julho, segunda-feira, a Câmara Municipal de Caminha e o Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Consumo (CIAB) vão desenvolver uma ação de sensibilização sobre literacia financeira e gestão do orçamento familiar. A iniciativa vai decorrer no Auditório do Museu Municipal de Caminha, pelas 21 horas e a participação é gratuita.

Depois da assinatura do Protocolo de Cooperação Técnico-Financeira, no passado dia 20 de junho, chega agora a primeira ação levada a cabo em parceria entre o Município de Caminha e o CIAB.

O objetivo da iniciativa passa por explicar aos participantes o conceito de literacia financeira, bem como apresentar estratégias que lhes permitam gerir adequadamente o orçamento familiar, sobretudo no contexto socioeconómico em que nos encontramos, que tem deixado muitos agregados familiares em situação de carência.

Assim, pretende-se mostrar como distinguir gastos supérfluos dos gastos essenciais; fornecer estratégias para a poupança e estratégias que evitem que as despesas sejam superiores aos rendimentos familiares; explicar como é que as famílias podem conseguir prever e planear as suas despesas e por último, sensibilizar os munícipes para a nova realidade económica de forma a evitar a adoção de estilos de vida desadequados às suas reais possibilidades.

A sessão está a cargo do CIAB e vai contar com a presença do Diretor Executivo do centro, Fernando Viana e do técnico do Gabinete de Apoio ao Consumidor Endividado, Miguel Amorim.

 

 

Pavimentação finaliza obras de saneamento em Riba de Âncora.

Até ao final do verão devem ficar concluídas as obras de pavimentação na rua que liga o Espírito Santo à Igreja de Riba de Âncora. Esta intervenção, que significa um investimento de mais de 60 mil euros, vem finalizar as obras de saneamento na freguesia.

Neste momento está a ser colocado um novo pavimento e está a ser feita também a betonagem das valetas.

É de salientar que a instalação do saneamento vem permitir uma melhor qualidade de vida dos munícipes, aumentar a salubridade das freguesias e contribuir para a sustentabilidade do concelho.

Com a conclusão das obras de pavimentação a circulação em Riba de Âncora vai voltar também à normalidade.

 

Investimento em saneamento já ultrapassa os 5 milhões de euros

 

Nos últimos anos, o município tem-se esforçado para conseguir dotar de saneamento as freguesias do concelho e já investiu mais de 5 milhões de euros com vista a melhorar a qualidade de vida das populações e a qualidade ambiental do concelho. Recorde-se que o saneamento básico já chegou a Venade, Vilarelho, Seixas, Lanhelas, Cristelo e Vilar de Mouros e estão ainda a ser executadas obras na zona sul de Vila Praia de Âncora, Vile, Riba de Âncora e Moledo.

O investimento nestas últimas obras ultrapassa os 2,7 milhões de euros, cofinanciadas em 85% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo a restante quantia assegurada pelo Município.

Estas obras resultam das candidaturas submetidas pela Câmara e aprovadas pela Comunidade Intermunicipal do Minho Lima, no âmbito do contrato de delegação de competências com subvenção global celebrado com a Autoridade de Gestão do O.N. 2, ao aviso de concurso no domínio "Ciclo Urbano da Água", do Eixo III - Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial, para a ampliação ou reforço das redes de saneamento e abastecimento de água.

 

Município de Caminha questiona CP sobre novas ligações Porto-Vigo.

A Câmara de Caminha enviou hoje um pedido de esclarecimento endereçado ao Presidente do Conselho de Administração da Comboios de Portugal, E. P. E., no sentido de averiguar se as novas ligações Porto-Vigo contemplam ou não paragens no concelho de Caminha e que alterações podem implicar nas ligações e horários em vigor.

Face às últimas notícias que dão conta de que, a partir do dia 1 de julho, as novas ligações Porto-Vigo não contemplam qualquer paragem no concelho de Caminha, o município questionou a Comboios de Portugal (CP) sobre se as atuais ligações existentes se vão manter, se haverá suprimento de ligações e se haverá alterações significativas nos atuais horários.

A Câmara de Caminha relembrou ainda que a ligação de comboio Porto–Vigo, com paragens no concelho de Caminha, é essencial para a rede de transportes públicos local e que uma supressão na oferta teria um impacto negativo significativo para a economia local e para os transportes dos trabalhadores e estudantes que diariamente utilizam esta ligação.

 

Hasteadas Bandeiras Azul e Praia Acessível nas praias do concelho.

Decorreu ontem, dia 25, a cerimónia do hastear das bandeiras Azul e Praia Acessível, nas praias do concelho de Caminha. No total foram hasteadas seis bandeiras e sob o mote “Seja qual for a sua ‘onda’, está é a sua praia”, foi ainda desenvolvida uma atividade de educação ambiental para as crianças presentes na cerimónia, promovida pela SUMA e Câmara Municipal.

A cerimónia começou em Caminha, na praia Foz do Minho, onde foram hasteadas as bandeiras Azul e Praia Acessível. Seguiu-se a praia de Moledo que recebeu pela primeira vez a bandeira Praia Acessível- Praia para Todos, a par da Bandeira Azul. Recorde-se que nesta praia foi colocada uma rampa que possibilita a entrada na praia de pessoas com mobilidade reduzida. A rampa, com pouca inclinação tal como é determinado por Lei, constitui uma opção para quem não consegue usar as escadas de acesso à praia.

Em Vila Praia de Âncora foi hasteada também a bandeira Praia Acessível. Assim, o concelho tem neste momento três praias consideradas acessíveis. Trata-se de um esforço do município em oferecer condições a todos para conseguirem usufruir da praia, independentemente das suas condições de mobilidade. É de salientar que para hastear esta bandeira é necessário oferecer condições de fácil acesso pedonal, estacionamento ordenado e lugares reservados no parque para viaturas particulares que transportem pessoas com mobilidade reduzida. As rampas de acesso ao areal são outro fator distintivo, bem como equipamentos que facilitem o acesso à água, nomeadamente o Tiralo, que é uma cadeira anfíbia, instalações sanitárias e acesso ao serviço de primeiros socorros.

Estas condições foram explicadas às dezenas de crianças que estiveram presentes nas várias praias, durante a cerimónia, por Flamiano Martins. O vice-presidente da Câmara de Caminha falou da importância de reunir condições de acesso à praia para todos, e enalteceu o trabalho desenvolvido, por exemplo, pelos concessionários, nadadores-salvadores e operadores turísticos no sentido de criar boas condições em todas as praias do concelho. Em Moledo, Flamiano Martins deixou mesmo a promessa de vir a fazer um estacionamento para bicicletas.

Também Luísa Oliveira, técnica da SUMA, explicou às crianças a importância de deixar a praia limpa e zelar pela sua boa conservação.

No final da manhã, a Praia da Gelfa recebeu a bandeira Azul, pelo primeiro ano. Esta praia foi galardoada, pela primeira vez no ano passado, com a Bandeira Azul, mas só este ano foi içada. Nesta praia, Flamiano Martins destacou as boas qualidades da praia do Forte do Cão, nomeadamente ao nível da água e da paisagem oferecida.

Na cerimónia, para além da presença do vice-presidente da Câmara de Caminha, de várias crianças e da Técnica da SUMA, compareceram ainda Presidentes das Juntas de Freguesia e representantes destas, bem como o Comandante Gonzalez da Capitania do Porto de Caminha, os concessionários das praias e os respetivos nadadores-salvadores.

 

Câmara vai financiar estágios nas empresas.

 

Ao todo são 50 jovens do concelho de Caminha que vão poder usufruir deste programa de estágios. A Câmara vai suportar metade do valor que caberia às empresas aderentes ao programa Impulso Jovem. O protocolo a celebrar com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) será submetido à aprovação na próxima Assembleia Municipal.

"O objetivo é facilitar a integração da camada mais jovem da população do concelho no mercado de trabalho, através do financiamento de estágios", explica Flamiano Martins. Assim, através de um protocolo com a Delegação Regional do Norte do IEFP, aprovado ontem, dia 25, em reunião de Câmara, prevê-se o apoio às empresas do concelho que queiram aderir ao Programa Impulso Jovem. Resta agora a aprovação do documento em Assembleia Municipal que se realiza no próximo dia 28 do corrente mês.

Para implementação deste programa de estágios, o Município encarrega-se de divulgar o programa Impulso Jovem junto das empresas e dos potenciais interessados, de apoiar tecnicamente as empresas na elaboração das candidaturas a esta medida e de financiar os estágios em 50% do valor a suportar pelas empresas.

Recorde-se que os estágios do programa Impulso Jovem são, na sua maioria, financiados pelo Estado em 80% do vencimento do respetivo estagiário, ficando a cargo das empresas os restantes 20% da bolsa de estágio. Com este protocolo, a Câmara de Caminha assume metade do valor que seria suportado pela empresa. Ou seja, dos 20% do valor do estágio que a empresa paga ao estagiário, a Câmara paga 10% e a empresa os outros 10%. Para o pagamento desta contribuição está previsto pelo Município de Caminha um investimento de 25 mil euros, que vai abranger cerca de 50 jovens do concelho.

Os candidatos a estes estágios têm de ser habitantes do concelho de Caminha e devem estar inscritos na Bolsa de Emprego a funcionar no Município.

Esta iniciativa insere-se no Caminha Empreende - o Programa Municipal para a Inovação, o Emprego e o Empreendedorismo, mais propriamente no Eixo 3 que prevê o apoio à criação de emprego.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos