Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A empreitada 2ª fase da requalificação do Nó da Erva Verde, em Vila Praia de Âncora, está em fase de conclusão.

22_11_2017_-_visita_obra_No_da_erva_Verde_4.jpg

Estima-se que a obra fica pronta até ao Natal. Trata-se de uma obra estruturante para Vila Praia de Âncora, orçada em mais de meio milhão de euros. “Esta é uma obra que era urgente. E, é uma obra que faz justiça com Vila Praia de Âncora e com uma zona central de grande visibilidade de Vila Praia de Âncora. É um investimento fortíssimo da Câmara Municipal de Caminha.  É um investimento em termos absolutos e sem fundos comunitários. É o investimento de todo o concelho nos últimos anos que tem um esforço mais significativo da parte da Câmara Municipal, mas é um investimento justo, justo para esta zona”, realçou ontem o presidente da Câmara durante uma visita ao local com o objetivo de acompanhar os trabalhos.
Miguel Alves sublinhou a importância da Vila: “estamos fortemente empenhados em apostar em Vila Praia de Âncora. É uma das nossas prioridades poder requalificar o espaço público que ainda tem muitos problemas por resolver e vamos continuar dentro das possibilidades da câmara, dentro dos recursos que nós temos a apostar neste que é um dos grandes centros do concelho de Caminha e um dos fatores de atratividade da nossa região”.
Decorreu ontem uma visita à obra de requalificação do Nó da Erva Verde, em Vila Praia de Âncora. A visita contou com a presença do presidente e vereadores da Câmara Municipal de Caminha; empreiteiro e técnicos responsáveis pela obra e pelo projeto. Para Miguel Alves, Vila Praia de Âncora ganhou uma nova centralidade: “ganhamos uma nova centralidade em Vila Praia de Âncora. Ganhámos um espaço de usufruto público, que permitirá potenciar a utilização da Ludoteca e dar uma visibilidade diferente a toda esta zona do Nó da Erva Verde”. A obra está em fase de conclusão. Está a ser colocado o tapete betuminoso e estão a ser realizados os acabamentos de pavimentos na área envolvente à Ludoteca e a ultimar alguns espaços verdes. A previsão é de que a obra fique pronta até ao Natal.
Esta obra estruturante vai trazer muitos benefícios à população de Vila Praia de Âncora. Recorda-se que, esta era uma zona que se encontrava degradada e pouco funcional, no que respeitava à desorganização viária, ao desgaste de pavimentos, tanto dos passeios como das vias de circulação. Esta zona ainda apresentava deficiências ao nível de infraestruturas de águas pluviais e carência de bolsas de estacionamento. O presidente da Câmara realçou as mais valias desta obra para os ancorenses: “esta obra vai beneficiar a população com mais estacionamento, com passeios que permitem a locomoção, com uma pavimentação, que agora sim entra no século XXI, e com toda a infraestrutura que está por baixo, que vai permitir resolver muitos problemas de encaminhamento de águas pluviais de Vila Praia de Âncora”.
De facto, esta intervenção vai permitir várias melhorais. Foi eliminado o conflito existente nas ligações entre a Rua Miguel Bombarda, a Rua Lourenço Rocha e a EN13, procedendo-se à hierarquização das redes viárias. Previu-se a promoção da acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada através da definição de percursos pedonais e criação de passadeiras sobre-elevadas, niveladas com os passeios, inibidoras de velocidade, de forma a promover e garantir a travessia das vias existentes sem barreiras arquitetónicas e em segurança. Foi criada uma nova entrada para a Ludoteca/Biblioteca de Vila Praia de Âncora, através da cedência de área de terreno ao domínio público e o acesso de viaturas por uma entrada lateral, possibilitando o estacionamento privativo e, por conseguinte, o desafogo de área de estacionamento público. Ao nível das águas pluviais foram requalificadas as infraestruturas existentes e adaptadas ao novo arranjo urbanístico, bem como, se construiu uma nova galeria hidráulica, com grande capacidade de escoamento.
Sobre a obra, o presidente da Câmara mostrou-se satisfeito: “estamos muito satisfeitos. Esta é uma obra possível através do empenhamento dos técnicos da Câmara, dos arquitetos, dos engenheiros, do trabalho da empresa que ganhou o concurso, e também da compreensão da população que durante estes meses viu afetado esta zona toda em virtude destas obras”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos