Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

Concurso Arte Doce tem por tema Namorar Caminha

Caminha volta a ser a capital dos doces de 13 a 17 de fevereiro. Este ano, a Caminha Doce – VI Feira de Doçaria de Caminha volta em força e vai decorrer na Praça Pontault-Combault. Terminam a 20 de janeiro as inscrições para participar quer no certame, quer no concurso Arte Doce.
A Caminha Doce visa divulgar, promover e comercializar a doçaria tradicional e conventual, bem como servir de incentivo à produção e comercialização de compotas, chocolate, mel, frutos secos doces, licores e outros produtos doces.
Esta VI edição do certame promete e conta com algumas novidades. Avançamos que a Caminha Doce vai reunir no mesmo espaço doceiros, animação, exposição de bolos a concurso e workshops.
À Caminha Doce podem concorrer doceiros e pasteleiros, agentes económicos/empresas cuja atividade se enquadre no âmbito do certame e artesãos da área alimentar. As inscrições devem ser submetidas até ao dia 20 de janeiro, via internet, através do preenchimento do formulário disponível no sítio do Município, em http://www.cm-caminha.pt/ver.php?cod=0Z0S, do endereço eletrónico cultura@cm-caminha.pt ou por correio para Município de Caminha/Setor da Cultura e Turismo/Largo Calouste Gulbenkian/4910-113 Caminha.
Concurso Arte Doce subordinado ao tema “Namorar Caminha”
A Caminha Doce volta a integrar o concurso Arte Doce, este ano subordinado ao tema “Namorar Caminha”, já que o Dia de São Valentim ou Dia dos Namorados se celebra a 14 de fevereiro. Os bolos a concurso estarão expostos durante o certame.
O concurso tem como objetivos: promover a arte e o design na doçaria, através da apresentação de criações próprias e originais; fomentar a inovação e a criatividade e promover pastelarias, confeitarias, cake designers, doceiros amadores e escolas com formação na componente de pastelaria.
Assim, ao concurso Arte Doce podem concorrer pastelarias, confeitarias, cake designers, doceiros amadores e escolas com formação na componente de pastelaria. As inscrições devem ser submetidas até ao dia 20 de janeiro, via internet, através do preenchimento do formulário disponível no sítio do Município, em http://www.cm-caminha.pt/ver.php?cod=0Z0S, do endereço eletrónico cultura@cm-caminha.pt ou por correio para Município de Caminha/Setor da Cultura e Turismo/Largo Calouste Gulbenkian/4910-113 Caminha.
É de realçar que o concurso limita o número de participantes a 20, contabilizados através da data de entrada da ficha de inscrição e cada participante poderá concorrer apenas com um trabalho. Os trabalhos serão avaliados por um júri previamente selecionado e os critérios de avaliação são: a criatividade, originalidade, decoração, apresentação e ingredientes utilizados. Os três primeiros classificados serão premiados e a entrega de prémios vai decorrer durante a sessão de encerramento da Caminha Doce, no dia 17 de fevereiro, às 18h00

--------------------------------------------------------------

Câmara Municipal de Caminha acaba de aderir ao projeto “Dar e Receber.pt”, uma iniciativa da ENTRAJUDA e da Cáritas Portuguesa. O objetivo é facilitar o encontro entre quem quer dar e quem precisa de receber, incentivando a participação da sociedade civil.
O projeto Dar e Receber.pt é uma estrutura inovadora com origem num sítio online e que tira proveito de todas as vantagens da internet. A facilidade de acesso e a pesquisa tornam as ações de partilha e pedidos mais simples, rápidos e transparentes.
Este projeto assenta em três pilares: “Ajuda Social”, “Tempo” e “Bens e Equipamento”.
A plataforma possibilita “pesquisar, de forma simples e intuitiva, as respostas sociais existentes. Aqui há um encontro entre quem necessita de ajuda e as instituições que têm capacidade de dar resposta perto da sua r de realçar que “é o maior sítio português de voluntariado, tendo 25 000 voluntários registados e mais de 1300 instituições inscritas. Visa dinamizar o encontro de necessidades com as disponibilidades do voluntariado, juntando num mesmo espaço voluntários de todas as idades e níveis socioculturais, todo o tipo de organizações e instituições na área da solidariedade social e ambiental e, por fim, empresas que tenham preocupações de sustentabilidade e de responsabilidade social”.
Esta ferramenta online “coloca em contato as pessoas e empresas que doam bens e equipamentos com as instituições e organizações responsáveis pela distribuição”.
Este projeto é descrito como “uma montra que permite verificar as necessidades materiais das instituições e organizações no desenvolvimento do seu trabalho.

------------------------------------------------------------------------------------------

CEVAL e o Gabinete de Apoio às Atividades Económicas (GAAE) do Município de Caminha vão promover no próximo dia 20 de janeiro, às 11h30, no Auditório Municipal (Edifício da Biblioteca e do Museu), a primeira sessão pública de esclarecimento/divulgação dos apoios financeiros disponíveis, às empresas deste concelho.Estão abertos, até ao dia 13 de fevereiro de 2015, os concursos para apresentação de Projetos Conjuntos integrados no Sistema de Incentivos "Qualificação e Internacionalização das PME" no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), de acordo com os avisos: Aviso N.º 1 / SI / 2014 - Projetos Conjuntos - vertente Internacionalização; Aviso N.º 2 / SI / 2014 Projetos Conjuntos - vertente Qualificação das PME.O primeiro programa pretende, com uma comparticipação a fundo perdido de 50% dos custos elegíveis, a internacionalização das empresas portuguesas, com o apoio dos agentes territoriais diretamente envolvidos no processo. Dos diversos custos elegíveis neste projeto destacamos: a participação de feiras e exposições no exterior; estudo/levantamento de potenciais clientes externos; marketing internacional; sites e lojas virtuais.O segundo programa pretende, com uma comparticipação a fundo perdido de 50% dos custos elegíveis, a melhoria da qualificação, competitividade e capacidade de respostas das empresas portuguesas. Dos diversos custos elegíveis neste projeto destacamos: melhoria do layout produtivo com vista ao aumento da produtividade; certificação de qualidade; reorganização do espaço; auditoria ambiental; eficiência energética; formação. A primeira sessão pública de esclarecimento/divulgação dos apoios financeiros disponíveis abordará estas questões, sendo do maior interesse a participação dos empresarios.

----------------------------------------------------------------------

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub