Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

Miguel Alves visitou, esta semana, a freguesia de Vila Praia de Âncora. A visita foi acompanhada por Carlos Castro e teve como objetivo acompanhar algumas das intervenções que a Câmara Municipal realiza no dia-a-dia na freguesia, a fim de melhorar a qualidade de vida dos ancorenses. Segundo Miguel Alves “o que a Câmara Municipal tem feito em Vila Praia de Âncora evidencia uma nova forma de trabalhar no concelho. Desde logo, pelo total empenhamento dos trabalhadores municipais que não se furtam a esforços para qualificar a vila mais populosa do concelho. Por outro, na estreita sintonia que tem sido criada com a Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora e com o seu presidente, no sentido de identificar as necessidades mais prementes da população e concretizar obras que, em muitos casos, correspondem à vontade nunca satisfeita das pessoas” e acrescenta: “para além das obras que a Câmara tem feito e elas são evidentes, só no ano de 2014 o Município transferiu cerca de 100 mil euros para a Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora cumprir parte das suas competências, por um lado, e avançar com obra, como são exemplos a requalificação do tanque da Retorta ou a ampliação e pavimentação da Rua do Outeiro Negro. Num tempo de tantas dificuldades financeiras como aquelas que o Município de Caminha tem, a capacidade que a Câmara e a Junta tiveram de se mobilizar para poder levar a cabo tantas pequenas/grandes obras em tão pouco tempo é bem demonstrativa de vontade que todos temos de cumprir com o mandato que nos foi atribuído”
Os presidentes da Câmara Municipal de Caminha e da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora fizeram um périplo pela freguesia com o objetivo de darem a conhecer algumas das obras realizadas e alguns dos trabalhos que estão a ser executados, com destaque para as intervenções nas ruas 31 de Janeiro, Requeixo, Pontault-Combault, de Vales, Outeiro Negro, João António Baptista, da Lomba, Costa Araújo e Tanque de lavar da Retorta.

O périplo começou pela Área de Serviço de Manutenção para apoio a autocaravanas e autocarros de longo curso, inaugurada a 2 de maio de 2014. A instalação deste serviço no centro de Vila Praia de Âncora trouxe vários benefícios para a localidade: diminuiu a poluição no Rio Âncora e colocou Vila Praia de Âncora nos roteiros do auto caravanismo, como se pode constatar em http://www.campingcarportugal.com/areasServico.
A seguir os autarcas dirigiram-se para a Rua 31 de Janeiro, onde os funcionários do Município estão a executar um passeio, que vai beneficiar a circulação dos utilizadores da via. Esta rua ainda foi melhorada com a colocação de bases para a instalação de contentores e ecopontos, bem como foi alvo de trabalhos de drenagem de águas pluviais.
A Rua do Requeixo foi outro dos locais visitados. Esta intervenção, há muito reclamada pelos moradores, compreendeu o levantamento e reposição do pavimento que se encontrava em mau estado e colocava em perigo os utilizadores da via. Ainda foram executadas rampas de acesso, com vista a melhorar as condições de acessibilidade dos moradores.

Do percurso ainda fez parte uma visita à Rua Pontault-Combault e envolvente. Aqui realizaram-se alguns trabalhos que melhoraram o acesso às Piscinas Municipais, através da execução do passeio, e ao Pavilhão Municipal, com a execução de uma rampa de acesso à porta lateral, que era em terra batida. Nesta zona ainda foram realizados trabalhos de melhoramento, com destaque para a pintura dos candeeiros de iluminação pública, colocação de papeleiras na entrada do Pavilhão e ainda a execução de uma base para a instalação de ecopontos. A seguir os presidentes foram até à Rua de Vales, agora mais larga. Na verdade, aqui os trabalhos consistiram no alargamento da via do lado nascente, permitindo uma melhor circulação automóvelDo itinerário ainda fez parte uma visita à renovada Rua Outeiro Negro. Esta rua foi alargada e pavimentada. Trata-se de uma intervenção realizada pela Câmara Municipal de Caminha em parceria com a Junta de FreguesiaHouve ainda tempo para uma visita à Rua João António Baptista e à Rua da Lomba onde foram colocadas novas condutas de distribuição de água e instalados dois marcos de incêndio. Na verdade, ambas as ruas culminam com uma área florestal e os marcos visam facilitar o combate em caso de incêndio e a proteção das casas lá situadas. O renovado tanque de lavar da Retorta também foi alvo de passagem. Este tanque foi completamente requalificado. Esta foi outra das obras realizada pela Câmara Municipal em parceria com a Junta de Freguesia.
Na Rua Costa Araújo, os funcionários do Município estão a proceder à poda das árvores, de maneira a embelezarem o local. Trabalhos semelhantes são realizados com frequência no Monte Calvário e na envolvente à Igreja Paroquia
Estas intervenções traduzem o esforço diário que o Município faz para manter um espaço público de qualidade, capaz de beneficiar quem cá mora e atrair novos públicos para o concelho.

Este périplo pela freguesia de Vila Praia de Âncora enquadra-se na série de visitas que está a percorrer as freguesias do concelho de modo a constatar o trabalho que está a ser realizado pelas autarquias. Recorda-se que, em dezembro último, o presidente visitou a freguesia de Riba de Âncora.

-------------------------------------------------

Seixas acolheu  a primeira reunião descentralizada de 2015. Os seixenses estiveram em grande número no salão da Assembleia de Freguesia para ouvir e dialogar com o executivo caminhense. "Sentimos a responsabilidade da vossa exigência. Estamos aqui para fazer cada vez melhor. Seixas sabe que pode contar com a Câmara Municipal e a Câmara Municipal espera muito de Seixas", foi a mensagem deixada ontem aos seixenses pelo presidente da Câmara.

Na verdade, a reunião de ontem contou com 15 inscritos. O número de inscrições não passou despercebido a Miguel Alves que felicitou a freguesia pelas inscrições e pela participação das pessoas: "é um número recorde de inscritos. Esta participação demonstra a vontade das pessoas participarem e darem ideias ao executivo". Esta adesão traduz a importância que estas reuniões têm para as populações".

Rui Ramalhosa, presidente daquela Junta de Freguesia, agradeceu ao executivo o empenho e a colaboração que o Município de Caminha tem prestado à freguesia de Seixas na realização de várias intervenções.A Marginal de Seixas, a pesca, as espécies invasoras, a envolvente do Mosteiro de S. Bento, a recolha de lixo e assuntos diversos sobre vários arruamentos, foram os temas mais visados na reunião descentralizada.

Sobre a requalificação da Marginal de Seixas, "uma varanda junto ao rio Minho", Miguel Alves explicou que o objetivo do Município é valorizar toda a área. Por um lado, o executivo quer qualificar a Marginal, tornando-a ainda mais bonita, e por outro quer ajudar os pescadores, dotando-os das condições necessárias para realizarem o seu trabalho. No entanto, o presidente da Câmara esclareceu que é necessário encontrar financiamento para realizar a obra e lembrou, uma vez mais, que as linhas de financiamento comunitárias não se direcionam para o "betão". Miguel Alves explicou que a aposta na ecovia "Seixas/Lanhelas" pode ser uma "alavanca" para agarrar outro tipo de investimento.

Ainda sobre a construção do Viveiro, o vereador Rui Teixeira disse que a obra está atrasada e explicou que esse atraso se deve ao facto do atual projeto ter sido candidatado pelo anterior executivo sem projetos de especialidade. Isso significa que foi necessário elaborar os referidos projetos e agora o orçamento já não corresponde ao estabelecido na candidatura.

Relativamente à questão da vespa asiática, o vereador Guilherme Lagido recordou que o Município promoveu um encontro sobre essa espécie invasora e que se concluiu que não se conhece a biologia da espécie, logo é difícil prever o que vai acontecer. O vereador explicou que a Câmara, no protocolo que celebrou com as duas corporações de bombeiros do concelho, contemplou uma alínea que respeita ao apoio na destruição de ninhos de vespa asiática. Guilherme Lagido considera que esta é uma questão preocupante e acrescentou: "a Câmara de Caminha está atenta ao problema. Iremos acompanhar o desenvolvimento da próxima época e estamos disponíveis para ajustar os meios de combate da forma que acharmos mais adequada".

Sobre o parque infantil existente no Largo do Mosteiro de S. Bento, Miguel Alves assumiu o compromisso de alterar a sua localização, bem como ainda se comprometeu a alterar o queimador das velas.Ainda sobre a valorização do Mosteiro, o presidente da Câmara falou da importância de associar o Caminho de Santiago ao Mosteiro de S. Bento. E assumiu equacionar a possibilidade de se promover um evento cultural no Mosteiro, de forma a potenciar e a mostrar ainda mais esta atração do concelho.

A recolha do lixo foi outra das preocupações manifestadas pelos seixenses. Sobre esta questão, Guilherme Lagido assegurou que o município irá colocar mais contentores na Rua Vale do Coura, ou seja, irá reforçar com mais pontos de recolha aquele local "para que a situação fique equilibrada".

Quanto às questões ligadas aos arruamentos, o executivo ouviu-as atentamente e comprometeu-se a estudar cada um dos dossiês.

--------------------------------------------------------

A Câmara Municipal de Caminha vai promover o percurso pedestre “Pelos Caminhos da Montanha”, no Dia dos Namorados, 14 de fevereiro, no coração da Serra d’Arga. O percurso é gratuito, mas a inscrição é obrigatória.
“Pelos Caminhos da Montanha” tem início às 9 horas, no Centro de Interpretação da Serra d’Arga, em Arga de Baixo. Com uma extensão aproximada de 10 km, o percurso tem uma duração de 5 horas e um grau de dificuldade moderado.
Este percurso atravessa vários caminhos antigos, onde a ruralidade da Serra d’Arga está bem vincada. Os participantes vão percorrer os Caminhos do Pontão, Chá verde e do Guindeiro, Campado das Rosas, da Gandâra, Meijão, entre outros.
Importa ainda referir que o percurso é gratuito, mas a inscrição é obrigatória. Os interessados devem realizar a respetiva inscrição através do email: cisa@cm-caminha.pt, ou dos telefones 258 721 708 / 914 476 461

------------------------------------------------

Desfile de Carnaval noturno vai voltar a marcar o Carnaval em Caminha. O Carnaval em Caminha já tem tradição e no dia 16 de fevereiro, às 22 horas, esperam-se centenas de foliões no concurso desfile de Carnaval 2015 “A famosa cegada é o carnaval em Caminha”. Estão em jogo mais de 3 mil euros em prémios para as várias categorias. Esta edição conta com algumas alterações que beneficiarão não só o cortejo, mas também os concorrentes, a economia local e Caminha. “O Carnaval em Caminha tem tudo para se afirmar no contexto da região norte como o grande Carnaval, através deste desfile que é à noite. Tem tudo para se afirmar na mobilização do comércio e na noite de Caminha”, declarou Miguel Alves na última reunião de câmara.
Foram aprovadas na passada terça-feira, em reunião de câmara as alterações às normas de participação no concurso desfile de Carnaval 2015. Segundo explicou o presidente da Câmara, as alterações em causa foram propostas pelos comerciantes durante uma reunião que decorreu a semana passada e devem-se à forte adesão e à procura que o evento está a causar nomeadamente no que respeita a “comparsas” vindas do outro lado da fronteira. Miguel Alves explicou: “estas alterações vêm qualificar ainda mais o Carnaval de Caminha, que tem ganho distinção no contexto regional e que pode agora ganhar mais influência na Galiza”.
Assim as principais alterações prendem-se com a introdução de mais uma categoria a concurso, o “comparsa”, ou seja, grupos com mais de 15 elementos e com a avaliação do desfile. Esta alteração nas categorias a concurso, segundo explicou o presidente, “visa proteger aqueles que têm menos meios para se organizarem”.
Assim, ao concurso de Carnaval podem concorrer três categorias: individual (um indivíduo disfarçado, ou até ao máximo de dois elementos); grupo (composto por um mínimo de três elementos e até ao máximo de catorze elementos) e “comparsa” (composto por um mínimo de quinze elementos disfarçados com a mesma temática).Em jogo estarão mais de 3 mil euros em prémios.
A avaliação é outra das novidades. Este ano, a avaliação será feita em três momentos: fim da Rua Visconde Sousa Rego, Arcadas do Edifício Paços do Concelho e Rua d

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub