Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

-

Grande Trail Serra D’ Arga com mais de 2000 atletas inscritosMais de 2000 atletas inscreveram-se para a edição 2014 do Grande Trail Serra D' Arga, o que representa um recorde. O evento foi apresentado ontem em Caminha, no Teatro Valadares. Na verdade, a procura é muita e as inscrições para o Trail Curto e para o Trail Longo do Grande Trail Serra d' Arga estão esgotadas. Restam algumas (muito poucas) inscrições solidárias - para a ultra - a reverter para Pedro Cunha. A par das notícias sobre o Trail, ficou-se a saber também que está a ser preparado um plano estratégico para o desporto ao nível do concelho, que deverá ser anunciado já em outubro.

O presidente da Câmara, Miguel Alves, agradeceu a Carlos Sá; às autarquias participantes (câmaras de Viana do Castelo e Ponte de Lima e Junta de Freguesia de Dem), assim como ao vereador do desporto do Município de Caminha, Rui Teixeira e a toda a sua equipa.

Miguel Alves mostrou-se muito satisfeito com a elevada participação e chamou a atenção para Carlos Sá, enquanto exemplo de superação e inspiração para "corrermos atrás dos nossos objetivos e dos nossos sonhos".

Rui Teixeira referiu-se à caminhada que ontem abriu o programa, com uma elevada participação. Na opinião do vereador, a adesão comprova a disponibilidade de muita gente para fazer desportos outdoor, o que é um bom indício, e anunciou um plano estratégico para a área do desporto em Caminha, em fase de elaboração e que deverá ser apresentado já no próximo mês.

Caminha tem excelentes condições naturais e alguns eventos importantes, como é o caso, mas precisa de uma estratégia para os próximos anos e é nisso que a equipa do Município está a trabalhar.

O Grande Trail da Serra D´Arga é organizado pela Carlos Sá Nature Events® com o apoio e colaboração da Desnível Positivo. Conta ainda com a colaboração das câmaras municipais de Caminha, Viana do Castelo e Ponte de Lima, juntas de freguesias de Dem, São Lourenço da Montaria, Estorãos, Arga S. João, Arga de cima, Arga de Baixo.

 

GRANDE TRAIL SERRA D'ARGA, 27 e 28 de Setembro de 2014

Programa / Horário

 

27 SETEMBRO (SÁBADO):

08h00 - Abertura secretariado e entrega de dorsais no parque de campismo de Pentieiros (Ponte de Lima)

10h30 - GTSA - Vertical Race (4,5 km com 800m D+)

11h30 - III Trail Jovem (Alto da Serra D'Arga - Srª do Minho)

13h00 Fim das atividades da parte da manhã

16h00 - Abertura secretariado e entrega de dorsais - Hotel Porta do Sol (Caminha)

 

IV Jornadas Técnicas do Trail

Local: Hotel Porta do Sol (Caminha)

17h30 - Abertura das Jornadas - Hotel Porta do Sol

Nutrição para trail a cargo da Nutrifit

Desafios a cargo de Carlos Sá

Ficha Técnica Grande Trail Serra D'Arga

 

19h30 - Sessão de Autógrafos

 

28 SETEMBRO (DOMINGO):

6h00 - Abertura secretariado e entrega de dorsais (Sede Junta Freguesia - Dem)

7h30 - Controle zero Ultra Trail e Trail Longo

8h00 - Partida Ultra Trail e Trail Longo (DEM)

8h30 - Partida dos autocarros para S. Lourenço da Montaria - local da partida do Trail Curto

9h00 - Partida da caminhada (Dem)

10h00 - Partida Trail Curto (S. Lourenço da Montaria)

10h - Atuação do Grupo de bombos de S. Lourenço da Montaria (Recinto da chegada do Trail Longo e partida do Trail Curto em S. Lourenço)

11h00 - Chegada prevista dos primeiros atletas do Trail Longo (S. Lourenço da Montaria)

12h - Chegada prevista dos primeiros atletas do Trail Curto (Dem)

12h30 - Inicio do serviço de almoços. Os almoços serão servidos a todos os atletas, caminheiros e acompanhantes que requisitem este serviço, desde as 12h30 até aos últimos atletas a terminarem as provas. (Centro Cultural de Dem).

13h00 - Chegada prevista dos primeiros atletas da Ultra Trail (Dem)

14h30 - Atuação Grupo Cantares A Ponte Estorãos

15h00 - Cerimonia de entrega de prémios aos atletas do Trail Longo e Trail Curto.

15h30 - Cerimonia de entrega de prémios aos atletas da Ultra Trail.

16h00 - Atuação Grupo Bombos S. Lourenço da Montaria.

18h - Encerramento

 

PROVAS:

 

No dia 27 Setembro decorre o GTSA - Vertical e o III Trail Jovem.

GTSA Vertical - prova com uma distância de cerca de 4,5 km's e 800m D+, com partida no Parque de Campismo de Pentieiros (Ponte de Lima), e chegada no mítico alto da Senhora do Minho.

O III Trail Jovem terá os seguintes escalões e distâncias:

Até aos 7 anos - 500m

Dos 7 anos aos 10 anos - 1000m

Dos 10 anos aos 13 anos - 1500m

Dos 13 anos aos 16 anos - 2000m

No dia 28 Setembro de 2014 decorrem em simultâneas três provas competitivas, Ultra Trail, Trail Longo, Trail Curto e ainda uma caminhada.

- O Ultra Trail tem início às 8:00h, percorre trilhos da magnífica Serra d'Arga na distância de cerca de 53 km's, e um desnível de 6 000 metros acumulado, com início e fim no centro da freguesia de DEM. Esta fantástica prova passa por várias aldeias preservadas como (S. João d'Arga, Mosteiro S. João de Arga, Arga de Baixo, Arga de Cima, Cerquido, S. Lourenço da Montaria com o seu fantástico rio Âncora e Dem, pertencentes a três concelhos: Caminha, Ponte de Lima e Viana do Castelo.

- O Trail Longo, parte às 8h00 em Dem, terá uma distância de cerca de 33km e um desnível de 3800m acumulado com chegada na freguesia de S. Lourenço da Montaria, percorrendo trilhos da Serra d'Arga passando por aldeias preservadas como, (S. João d'Arga, Mosteiro S. João de Arga, Arga de Baixo, Arga de Cima, Cerquido, S. Lourenço da Montaria).

Terminada a prova em S. Lourenço da Montaria os atletas terão lá os seus banhos. Os atletas serão transportados pela organização para o local da partida após os mesmos, onde funciona toda a logística de almoço, entrega de prémios...etc.

- Trail Curto tem início às 10h, e terá uma distância de cerca de 20km, e um desnível de 2000m acumulado. Parte na Freguesia de S. Lourenço da Montaria, percorrendo trilhos da Serra d'Arga com passagem pelo fantástico rio Âncora, Pedrulhos e com chegada a Dem.

----------------------------------------------

Câmara gastou menos 1,2 milhões de euros no primeiro semestre

Os resultados de gestão do Município de Caminha, relativos ao primeiro semestre deste ano, revelam uma situação financeira controlada, marcada por uma diminuição muito acentuada da despesa. As despesas correntes caíram globalmente 1,2 milhões de euros relativamente ao mesmo período do ano passado e o maior esforço de contenção aconteceu na área da aquisição de bens e serviços. A aquisição de bens de capital também baixou e só os gastos com pessoal contrariaram esta tendência, por força de elevado número de contratações realizado pelo anterior Executivo no último mês do seu mandato e da reposição dos subsídios de férias.

Fazer mais com menos era um imperativo deste Executivo e está a ser cumprido. No primeiro semestre, as taxas de execução de receita e despesa estão equilibradas. A execução global da receita situou-se nos 38 por cento, enquanto a execução global da despesa ficou nos 40 por cento.

O Executivo enfrentou problemas sérios em termos de receita, tendo à sua disposição muito menos meios do que os que existiam em igual período do ano passado. "Uma das grandes dificuldades que temos neste exercício é que a realidade da receita de junho de 2014 é substancialmente diferente da receita de junho de 2013", refere o presidente da Câmara. "Agora, até ao mesmo dia do ano, cobramos menos dois milhões de euros e a explicação é simples: para além das dificuldades da conjuntura económica do país, no ano passado a Câmara recebeu a receita extraordinária do PAEL (1.6 milhões de euros) a que este ano não temos acesso. Além disso, as amortizações com mais este empréstimo estão a ser suportadas por exte Executivo", conclui Miguel Alves.

 

Execução notável na despesa

 

Mas, apesar "castigada" pela queda da receita, a execução orçamental é positiva, mercê do notável comportamento da despesa. O único contratempo foram os gastos com pessoal, como referimos atrás. Em junho deste ano tinham sido gastos mais 256.473,27 euros relativamente ao mesmo período do ano passado. Este acréscimo deve-se ao pagamento de salários aos trabalhadores que entraram no quadro do município em agosto e setembro de 2013, mas que não entraram nas contas do primeiro semestre desse ano. A necessidade de reposição dos subsídios de férias engrossou o "bolo".  

Recorde-se que o anterior Executivo, apesar de ter obrigação de reduzir em 2% o número de efetivos (número que se devia aferir ao número de pessoas no quadro no final de 2012), colocou 36 pessoas no quadro, por contrato por tempo indeterminado, só no ano de 2013, contra uma saída apenas. Só no mês de setembro, mês das eleições, entraram e assinaram com o Município de Caminha contrato por tempo indeterminado 24 pessoas.

Para além dos reflexos no aumento da despesa, as decisões do passado ameaçam as receitas do Município em mais de 100 mil euros, montante que pode vir a ser retirado pelo Governo, em virtude do incumprimento na redução de efetivos.

À parte a componente do pessoal, as despesas correntes caíram em 1,2 milhões de euros. De referir que os gastos com a aquisição de bens e serviços diminuíram em 1,3 milhões de euros relativamente a 2013 e a aquisição de bens de capital teve um decréscimo de 270 mil euros.

 

Contenção visível nos números das cabimentações

 

"Em junho de 2014 temos cabimentos efetuados que correspondem a menos 7,5 milhões de euros relativamente ao ano passado e temos compromissos assumidos que correspondem a menos 8,2 milhões de euros", explica Miguel Alves.

Assim, feitas as contas, sabemos que o anterior Executivo assumiu, à mesma data, mais 5,5 milhões de euros de compromissos em despesa corrente, face àquela que foi assumida até agora, e mais 2,7 milhões de euros de compromissos de despesa de capital do que foi assumido até final de junho de 2014.

Acresce que, a Câmara no verão de 2013 tinha assumido compromissos no valor de 25 milhões de euros (mais dois milhões do que tinham orçamentado para 2013 e 3,5 milhões do que a receita efetivamente cobrada) - "quando chegamos, tivemos de pagar os compromissos e assegurar a gestão corrente. Apesar do esforço e do sacrifício dos serviços e da população, estamos a gastar menos e a pagar mais. Este sempre foi o nosso compromisso", conclui Miguel Alves

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub