Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

O CHARCO, VOLTOU E O RIO, ESTÁ A REGRESSAR AO ANTIGAMENTE.

DSC01988.JPG

Este ano a praia de Afife, contou com o charco, pois era assim que antigamente se designava a quantidade de agua que  ficava retida no areal, logo que o caudal do rio baixava e o mar criava uma barreira, não deixando assim a agua desaguar no oceano. O charco era habitual  acontecer  durante os meses de verão, que ia enchendo com a entrada mas marés mais altas e só as maresias de Agosto o faziam rebentar, ou seja fazer a abertura, para as aguas virem a desaguar no  mar. O charco era e continua a ser a alegria dos mais pequenos, porque ali podem tomar banho com segurança e até a temperatura da agua é sempre agradável. Nos últimos anos não se tem formado o charco, porque o mar destruiu a densa duna do rio, o que veio a alterar o trajeto deste curso de agua, que assim passou a sair diretamente para o mar. Este será certamente um caso cíclico, porque reza a historia que já, tal situação havia acontecido anteriormente e até nos anos 50 a junta de freguesia de então, mobilizou as pessoas da freguesia para abrir a duna, para o rio desaguar diretamente no mar, só que pouco tempo depois a natureza fez com que tudo voltasse ao mesmo. O charco forma-se agora, porque o rio está a voltar ao seu trajeto antigo e desaguar junto das chamadas pedras do rio. Este ano o charco ainda se mantêm, porque não aconteceram as marés vivas de Agosto,isto porque o mar se encontrava de pequena vaga, no entanto dizem os entendidos, que elas não ficam lá, o que quer dizer que ainda vão acontecer nos meses que se lhe seguem. Durante a época balnear, o charco foi alegria de miúdos e graúdos, pois registava-se mais gente a tomar banho no charco, que no mar.

DSC02650.JPG

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub