Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Maio

por afifenoticias, em 30.12.16

MILHA DEAFIFE, COM 93 PARTICIPANTES.

DSC05583.JPG

Foram 93, aqueles que concluíram o 18º Grande Premio de Atletismo deAfife, corrido em forma de Milha Urbana e a contar para o circuito distrital de milhas da associação de Atletismo de Viana. A prova teve uma menor afluência que em anos anteriores, mas teve uma boa prestação dos atletas da casa, que conseguiram tempos de realce e lugares cimeiros em vários escalões. A fraca participação de atletas, tanto nesta como em outras provas, é um caso que preocupa o treinador principal da ADA, Jaime Fernandes, que alerta os encarregados de educação e professores, pois os jovens estão a desviar-se daatividade desportiva e a optar por passar demasiado tempo em frente ao computador em jogos e outros. Refere que os clubes estão a sentir essa falta de jovens e alerta que até no futebol já se nota essa diferença. Jaime Fernandes, referiu que em termos de balanço da prova este é positivo, já que os atletas presentes elogiaram o traçado, a organização e a rapidez com que tudo se realizou, pois as 11 e meia, já os atletas estavam de partida para as suas casas, pois já haviam sido entregues os prémios. De realçar que este é o 18º grande premio  de atletismo deAfife e a organização sempre se pautou por concluir a entrega de prémios o mais rapidamente possível, pois as provas estavam a ser disputadas e os prémios a ser entregues.

 

MILHA DA ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA AFIFENSE.
Foram 93 aqueles que participaram na Milha de Afife e o vencedor em seniores, foi Marcelo Costa do Vila de Punhe.

Infantis.
1.Samuel Lima --- CAM
2.Gabriel Paço-----Ciclones
3.Duarte Monteiro-Ciclones

Femininos
1-Sara Cunha----CNC
2-Viviane Cunha--CAAV
3-Daniela Ligeiro--OGADD

INICIADAS.
1-Monica Costa----AMONT
2-BeatrizPeres------CAAV
3-Mariana Gonçalves---Ciclones

MASCULINOS
1-Ricardo Pedra---CAAV
2-Nuno Simões----AD AFIFENSE
3-Carlos Amorim----CAVV

JUVENIS
1-Ines Silva--CAVV
2-Ana Sousa--Ciclones
3-Ines Amorim--CAAV

MASCULINOS
1-Ricardo Pinto---AD AFIFENSE
2-Bruno Brito---Ciclones
3-Ivo Gonçalves---Vila de Punhe

ESCALÂO UNICO
1-Joana Carvalho--Ciclones
2-Cristina Rodrigues---CAM
3-Joana Rocha--CAAV

VETERANOS
1-Paula Costa CAAV
2-Fatima Dantas --Vila Punhe
3-Rosa Rodrigues---CAAV

MASCULINOS
1-Miguel Lenz ---IND
2-Manuel Branquinho---Vila de Punhe
3-Eugenio Barros--------Vila de Punhe

SENIORES
1- Maecelo Costa-------Vila de Punhe
2-Jose Araujo------NATAIPAS
3-Samuel Nunes---NAV
4-Sergio Lima-------Vila de Punhe
5-João Ramos CAAV
6-Mario Corujeira----AFIFENSE
7-Carlos Martins----CAOV
8-João Gomes----__-CAAV
9- Joel Martins-------Vila de Punhe
10-Mario Lourenço------IND

DSC05593.JPG

 O vencedor da milha, na reta final

DSC05595.JPG

O segundo classificado prestes a cortar a meta 

DSC05601.JPG

 

DSC05606.JPG

O atleta do Afifense, Mario Corujeira a cortar a linha de chegada.

DSC05616.JPG

 O presidente da junta de Afife na entrega de premios ao escalão unico feminino.

DSC05627.JPG

 O podio de veteranos.

.-----------------------------------------

--------------------------------------------------

----------------------------------------------------------

CASINO APRESENTOU O REVIVER, QUE FEZ LEMBRAR OUTROS TEMPOS.

DSC05146.JPG

Contando com o mau tempo que se fez sentir neste sábado em Afife, não poderia ter sido melhor, a primeira atividade desta nova direção do Casino Afifense, que apresentou um formato de jantar baile, com o fazer reviver, com a musica dos XORNAS, o que levou centenas ao Casino, como há muito tempo não se via.

DSC05169.JPG

O grupo emblemático de Afife, XORNAS, que nos anos 60 e 70, eram considerados como o melhor grupo musical da região, voltou dezenas de anos depois a reunir-se e a mostrar que a quem sabe nunca esquece e que as grandes musicas de outros tempos, são ao gosto das gentes de todas as idades.

DSC05192.JPG

 Nas violas, Felix e Armando Vale.

DSC05195.JPG

Na bateria do Rui Lopes.

DSC05199.JPG

 Nos teclados, Antonio Vale, na bateria ainda fez parte do grupo o Jose Poço

Aqui foram recordadas as musicas de Simon and Garfunkel, Beatles, Bee Gees e muitos outros e até canções Portuguesas, que ainda hoje se mantem na memoria de muitos. Em cada canção que tocavam acontecia sempre uma grande ovação por parte dos presentes e até faziam os coros, sempre muito bem afinados. O baile, também animou ao som das musicas mais antigas, a que muitos não resistiram a um pé de dança e a grande maioria não resistiu á saudade das danças que participaram ao som dos XORNAS em outras alturas do auge do grupo. Muitos foram ao Casino para ver os XORNAS e a direção, não deixou nada ao acaso, pois conseguiu que as pessoas se movimentassem por todo o espaço do edifício, já que colocou mesas por todos os espaços do casino, Como nas varandas superiores, frisas, palco salão e outros. O espaço para o conjunto, fez recordar aquilo que os XORNAS em outros tempos conheceram, ou seja atuaram muito perto do publico e com os guarda sois a servir de cobertura ao pequeno espaço onde atuavam. Foi de certa maneira muito positiva esta ação, primeiro porque levou ao Casino muita gente que se encontrava afastada da casa, foram muitos os forasteiros que quiseram estar presentes nesta atuação do grupo musical e depois e talvez o mais importante, é que se encontraram pessoas que se conheceram nos bailes em que os XORNAS atuaram e dezenas de anos depois se reencontraram e reviveram os tempos antigos. Uma das situações, passou-se com um Senhor de Lanhelas que quando soube que os XORNAS iriam atuar no Casino, se apressou a reservar mesa, porque dizia que foi num baile, onde os XORNAS atuaram em Lanhelas. Que conheceu a mulher com quem viria a casar. Não há duvidas que o Casino precisava de uma realização destas e tem que se saudar a direção pela ideia e por ter conseguido concretizar esta ação com êxito, o que será certamente um incentivo para continuar com outras ideias inovadoras como esta. Para o presidente da direção António Jardim, considerou em termos de balanço final de positivo, referiu que a direção continua empenhada em fazer mais e melhor, agora esperamos que os sócios venham a participar em outras realizações, tal como agora aconteceu, porque se assim acontecer, não temos duvidas que a direção vai conseguir por um pratica todas as ideias que tem e vai conseguir que o Casino venha a ser a terceira sala de espetáculos do concelho, como é pretensão da direção da associação. Brevemente outras atividades vão ocorrer no Casino, assim como será feita uma representação teatral, pelo grupo de teatro da Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço.

DSC05201.JPG

 

DSC05222.JPG

 

DSC05237.JPG

 

DSC05241.JPG

 

DSC05275.JPG

 

DSC05290.JPG

OUTROS TEMPOS

DSC05013.JPG

DSC05021.JPG

DSC05013.JPG

DSC05016.JPG

 ------------------------------------------------

----------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------

RALI DE PORTUGAL,COM MENOS GENTE A ASSISTIR AS PASSAGENS, NAS ZONAS DEAFIFE ECARREÇO.

DSC05460.JPG

A edição do rali de Portugal deste ano, registou uma menor afluência de publico as zonas deespetaculo, em relação ao ano passado, embora em termos deespetaculo, esse tivesse sido do agrado geral e ao contrario do que aconteceu o ano passado, a zona do salto, esteve muito despida deespetadores. A primeira passagem começou a acontecer pouco depois das 11 da manhã e a segunda a partir das 5 da tarde, no entanto a primeira passagem foi de mais ritmo competitivo, já que na segunda passagem os concorrentes tivessem encontrado o piso já muito empedrado, o que fez reduzir em termos de velocidade. As tasquinhas, foi coisa que não faltou ao longo das zonas deespetaculo,bem como casas de banho e locais para a deposição de lixo, só é pena que nem todos tenham respeitado essas normas, porque foram muitas as garrafas de cervejas, alem de outros lixos que ficaram por aquela área espalhados. Em outros locais ao logo da florestal deAfife, também se encontraramespetadores, como na zona doCuturo, aqui aconteceu um acidente, em que uma viatura concorrente na prova se despistou, saiu da estrada e parecia que estava em perigo de incêndio, aqui alguns daqueles que viam a prova, logo se deslocaram para o local na intensão de ajudar e foi mesmo o Carlos Gigante (pato) o primeiro a prestar assistência e para apagar as chamas tudo serviu, desde agua, terra e até cerveja. Outro acidente ocorreu na área da casa florestal e ainda se registou um terceiro na área deCarreço, mas todos sem danos pessoais para os concorrentes. O balanço, mesmo com menos gente a ver, foi positivo,no entanto e para aqueles que conheceram a estrada no inicio do rali, certamente que a não terão reconhecido no final,porque mais parecia que um camião de pedra ali tinha deixado a carga.

DSC05488.JPG

O meio aereo, tambem participou no espetaculo, com voos a baixa altitude e sempre a acompanhar os carros, já que o troço teve transmissão televisiva em direto. 

DSC05496.JPG

Os bares,num momento de descanso, pois era tempo de ver passar o rali. 

DSC05535.JPG

 Na area do salto, o ano passado, não havia um só espaço para ver, este ano escolhia-se o espaço para ver e fotografar.

DSC05544.JPG

 Na entrada da zona 14,o publico ficou muito aquem do ano passado.

DSC05560.JPG

 Foi assim que ficou a estrada, por onde passaram os carros a alta velocidade, muitas pedras eram projetadas a alta velocidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTADOR

estatisticas gratis


geo-visitas




Favoritos