Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

 

SARRAÇÃO DA VELHA, SAI A RUA NA QUARTA FEIRA À NOITE.

500x500.jpg

É nesta quarta feira, que se realiza  em Afife aquela que é a sua mais antiga tradição, a "SARRAÇÂO DA VELHA", tradição esta que foi recuperada pelo NAIAA, depois de um pequeno interregno há mais de três décadas. Esta  tem um todo cerimonial que lhe está ligado e que se inicia logo na quarta feira de Cinzas, onde depois do anoitecer os rapazes,  saiam  com os seus triquelitraques a tocar a Marcha e sempre que faziam uma paragem,tocavam o Esgalha, mas só em raras exceções é que tocavam o Sarra, pois este era  guardado especialmente para o dia da Sarração. O tocar o Sarra junto de qualquer residência no período antes da Sarração, poderia quer dizer que a Velha a Sarrar, morava por aquelas bandas. Estas saídas nocturnas dos triquelitraques, tinham como objetivo o anunciar da tradição, numa primeira fase e depois era o realizar o peditório,para a compra do papel, velas, por vezes pagar a um carpinteiro  para a confeção do boneco a Sarrar e que simbolizava a Velha, que no caso da tradição, era a mulher mais idosa da freguesia. Na quarta feira a meio da Quaresma e depois de tudo minuciosamente preparado, fazia-se a concentração das pessoas com os seus triquelitraques, que desde bem cedo faziam ouvir o som do Sarra, havia acima de tudo a curiosidade de saber, quem seria a Vela a Sarrar, mas isso era sempre guardado no segredo dos Deuses e as pessoas só se iriam aperceber, por qualquer pista que era deixada propositadamente no conjunto do boneco, como um tipo de indumentaria, ou mesmo uma qualquer alfaia que a pessoa mais habitualmente usava. Chegada a  hora  marcada, saía então o cortejo, com o andor da Velha à frente, seguido dostriquelitraques e o povo atrás. Depois de percorridos os caminhos determinados e neste caso era obrigatório que o cortejo passasse na residência da pessoas aSarrar,  tudo terminava, ou no largo da Casa do Povo, ou na centenária Mesa de Pedra do Cruzeiro, mas parece ser este local, onde mais vezes se queimou a Velha. Por volta dos anos 70, foi incluído o testamento na tradição, muito embora na altura tivesse havido a informação que por vezes algumas organizações já incluíam um pequeno testamento. Esta é a tradição original de Afife, porque mais tarde também se realizava a Velha do lugar deGateira, esta um pouco diferente, já que pertencia galhofar com qualquer situação que tivesse acontecido durante o ano na freguesia, era sempre um andor muito bem conseguido, artisticamente trabalhado pela famíliaCachenos e não se procedia à queima. Já no caso da tradição original, o objectivo era o de galhofar inofensivamente com a pessoa mais idosa da freguesia, mas por vezes também acontecia que a pessoas em causa não aceitava a tradição e insultava os organizadores, mas de uma maneira geral as pessoas aceitavam a pediam aos rapazes para que no ano seguinte a voltassem aSarrar.

DSC04237.JPG

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub