Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

ROMEIROS DE AFIFE AO S. JOÃO DE ARGA, MANTIVERAM A TRADIÇÃO.   

      

     Afife manteve a tradição dos romeiros ao S. João de Arga e tal como manda a tradição, pelas  5 da manhã do dia 28, e depois de se concentrarem no largo do Casino, partiram rumo as sete serras, a caminho do S. João de Arga. A caminhada demorou cerca de sete horas a percorrer e era já quase meio dia, quando entraram no recinto da capela.

Este ano o grupo foi menor que em anos anteriores, já que alguns dos habituas pelas mais varias razões não lhes foi possível participar e assim foram onze, aqueles que se fizeram à caminhada, embora outros se lhes juntassem pelo caminho. A saída de Afife,  foi feita ainda de noite, foi utilizado o caminho da Senhora da Cabeça e até à serra, ainda aconteceram algumas paragens para reabastecer e outras habituais, nas antigas tabernas, que agora já quase que nenhuma resta, mas à passagem é sempre recordada, até para dar a conhecer aos mais novos.

Alguns destes participantes, passaram a noite em S João de Arga e no dia seguinte regressaram de novo a pé e pelos mesmos caminhos.

Na porta do quartel ainda se pode ver o preço que se pagava anualmente pela sua utilização.

A noite e ao longo de mais de 30 anos, é passada num quartel,  onde  pernoitam, quartel esse que na altura se pagava qualquer coisa como 200 escudos por ano, tal como ainda se pode ver nas portas.

depois de abrir a porta do quartel, era altura de acomodar as coisas.

No entanto este pode ter sido o ultimo ano  a ocupar o quartel, já que vão ser feitas obras nos quarteis e capela já este mês e não se sabe que medidas serão adotadas em relação aos quarteis, mas tudo aponta que venham a ter utilidade turística durante o ano.

O grupo chegou já perto do meio dia e tal como manda a tradição deram as três voltas à capela e depois, cumprem-se as promessas e por norma dá-se a esmola ao Santo e ao diabo, que está representado no lado esquerdo da capela.

Tambem é norma, dar-se, no caso de moedas, as brancas ao Santo e as pretas ao diabo, ou seja este leva as de menor valor.

Este ano notou-se uma menor participação de gentes de Afife na festa, bem como a falta de alguns tocadores de concertinas de Afife, no entanto o Lopes de Areosa e o Dr. Abílio, por lá andaram com as suas concertinas.

Na noite de 28 para 29, notou-se que havia, menos gentes que o ano passado, embora  o numero de tocadores de concertinas fosse maior e estes até vieram dos mais variados pontos do nosso País, encontramos alguns que há 30 anos a esta parte, tem sempre marcado presença com as suas concertinas. Na procissão e como vem, sendo habitual nos últimos anos, o Manuel Domingos, tem colaborado a levar o palio e este ano voltou a faze-lo.

 

Quanto à festa em si, manteve os habituais Afifenses que passam uns dias na serra, para acompanharem a festa, o transito voltou a fazer-se num sentido nos dias altos da festa e as casas de banho, não chegaram para atender todos, porque se faziam longas fulas, o que por vezes motivava que as pessoas tivessem que se socorrerem de outras alternativas, na floresta.

Depois e para aqueles que vão passar a noite na romaria e depois regressam as suas casas, devem seguir a regra de não beber bebidas alcoólicas, porque senão esse procedimento pode sair caro, já que  poucos foram aqueles que passaram alem de Dem, sem soprar ao balão. Mas esta situação tem sido habitual, com ações de fiscalização, não só nesta romaria, como igualmente tem acontecido em outras, assim, mais vale beber agua, que também mata a sede, como diz o povo.

-

-

O Camilo Ramos encontrando-se com os habituais participantes da romaria

-

Afifenses que passam uns dias na romaria e fazem-o há bastantes anos

-

Tocadores de concertina,  Rogerio e o lopes

-

Na procissão as mulgers vão sempre com os seus fatos regionais

O andor de S João

-

-

-

-

-

-

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub