Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AFIFE DIGIT@L jornal on-line de Afife

NOTICIAS LOCAIS E REGIONAIS ACTUALIZADAS SEMANALMENTE AOS SÁBADOS ÀS 21h30 ........ e-mail: afifenoticias@sapo.pt

ATO DE PURO VANDALISMO, PARTE EM MAIS DE 20 PARTES, PLACA COLOCADA EM 1984, EM SUBSTITUIÇÃO DE OUTRA QUE HAVIA SIDO IGUALMENTE DESTRUÍDA.

Placa, não escapa a mais uma ação de vandalismo no monte de Santo António, esta havia sido recolocada em 1984 pela então comissão de festas, agora só através desta imagem, se pode homenagear aqueles que contribuíram decisivamente para o monte ser o que foi e não propriamente o que é, porque alem de vandalismo, também esta abandonado.

DSC06155.JPG

                          Antes a placa partida, mas no local.

DSC03413.JPG

                                        No presente, ficou só o local da placa.

O vandalismo continua a marcar presença no Monte de Santo António, há cerca de ano e meio, noticiamos que haviam partido a placa evocativa da primeira festa realizada no Monte de Santo António em 1944 pela comissão de melhoramentos no monte, que era liderada pelo Afifense, Tomas Pinto. Esta placa havia sido colocada no cabeço virado a sul pela comissão de festas de 1984, com as mesmas indicações da placa que ali existiu e que havia igualmente sido destruída por idêntico ato de puro vandalismo. Agora a placa depois de já ter sido alvo de ação de vandalismo, que à pedrada partiu, como demonstra a imagem tirada na altura, mas que devido a ter sido colocado cimento no seu assentamento,conseguiu manter a placa segura ao granito. Agora e certamente que de novo à pedrada, esta veio a ser destruída em pequenos pedaços, o que indica que foi alvo do arremesso de varias pedradas. É lamentável que estas situações se venham a verificar, já que se destrói o património da freguesia, aquilo a que todos pertence, mas que ninguém tem o direito de destruir, sabe-se que  ao monte tem acedido veículos automóveis, especialmente para alem do chamado redondo, isto porque não se encontra na entrada o poste que assim impedia o acesso a veículos à parte central do monte, o que também é um erro, pois a autarquia não deveria permitir essa passagem.

DSC03453.JPG

 A placa ficou em mais de duas dezenas de pedaços.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub